Este blog, criado em janeiro de 2007, é dedicado à minha filha Flavia e sua luta pela vida. Flavia vive em coma vigil desde que, em 06 de janeiro de 1998, aos 10 anos de idade, teve seus cabelos sugados pelo sistema de sucção da piscina do prédio onde morávamos em Moema - São Paulo. O objetivo deste blog é alertar para o perigo existente nos ralos de piscinas e ser um meio de luta constante e incansável por uma Lei Federal a fim de tornar mais seguras as piscinas do Brasil.

Morre menina de 10 anos por sucção em piscina.No Hilton Hotel da Turquia

- 30 de julho de 2015
 Sofía El-Khoury, 10 anos
Hilton Hotel - Turquia

"Fallece Sofía El-Khoury, la niña colombiana que sufrió accidente en piscina de hotel en Turquía"

Domingo, Julio 26, 2015

La niña colombiana Sofía El-Khoury Cepeda, de diez años, hermana de la presentadora de televisión Carolina Soto, que estaba en coma desde el sábado pasado cuando sufrió un accidente en la piscina de un hotel de Dalaman, en el suroeste de Turquía, falleció este domingo, informaron medios locales.

El accidente tuvo lugar el sábado pasado por la tarde, cuando Sofía El-Khoury jugaba en una piscina infantil del hotel Hilton en Dalaman y se acercó a la rejilla de desagüe.

"La niña tenía los cabellos largos y el agua los succionó; no pudo liberarse", relató el padre de la menor en una entrevista.

La menor fue trasladada este sábado a una clínica en Israel, donde especialistas le declararon muerte cerebral tras practicarle varios exámenes." 

Fonte: NTN24

Lamentavelmente temos mais uma morte de criança, ocorrida neste mês de Julho de 2015. Sofia, a menina colombiana que morreu vítima de um acidente por sucção na piscina do Hilton Hotel da Turquia, tinha 10 anos. Flavia, minha filha que há quase dezoito anos vive em coma, também tinha 10 anos e também era linda  e saudável, assim como Sofía. E assim como Sofía, Flavia foi vítima do descaso dos administradores de piscinas com a segurança de seus usuários. Esse tipo de negligência precisa de punição EXEMPLAR.

Segurança nas piscinas, esta é uma causa de todos nós!

Morre criança em piscina de hotel em Goiás. Não havia salva vidas no local

- 27 de julho de 2015
Hospital onde criança foi internada

Uma menina americana de três anos, morreu afogada no dia 15 deste mês de  julho, em uma piscina de um  hotel em Caldas Novas, Goias. A criança caiu na piscina, foi levada ao Hospital mas não resistiu. 

"Segurança
Um dos principais pontos turísticos de Goiás, Caldas Novas tem mais de 100 hotéis. A maioria deles possui piscinas e área de lazer.

O Corpo de Bombeiros informou que os estabelecimentos que recebem mais de 50 pessoas por dia são obrigados a ter um profissional salva-vidas. No entanto, o gerente do hotel onde a criança se afogou confirmou que o lugar não possui esse tipo de serviço. “Lá na beirada da piscina não tinha, a família estava toda junta com a piscina, e a piscina só tem 80 cm de profundidade”, afirma o gerente."

Fonte, da notícia e da foto:  G1

Claro que não se deve prescindir da supervisão dos pais, mas um  momento de distração pode ser fatal. As piscinas de hotéis são consideradas de uso público, por isso têm que ter salva vidas. A falta desse profissional em piscinas de hoteis é INADMISSIVEL

A sucção nas piscinas, Kevin sobreviveu mas poucos têm a mesma sorte

- 25 de julho de 2015
O menino Kevin, acidentado na Indonésia, no início de Julho de 2015

Este acidente aconteceu no Family Park "Citra Gran Cibubur"em Jatisampurna, Bekasi, na Indonésia. O menino da foto, Kevin, teve a  barriga  sugada pela bomba de sucção da piscina (ralo)  e ficou preso embaixo dágua por 7 minutos. Foi reanimado,  seguiu com tratamento médico intensivo e sobreviveu. 

Sabemos que nem todas as crianças  que sofrem este tipo de acidente têm a mesma sorte de Kevin. A maioria morre  já que a sucção no ralo é tão forte que poucos conseguem escapar. Minha filha sobreviveu, mas como muitos sabem,  Flavia vive em coma vigil  há quase 18 anos desde que aos 10, sofreu afogamento por ter tidos os cabelos sugados pelo ralo da piscina onde nadava. 

A piscina  do local onde Kevin sofreu o acidente, foi fechada e a polícia assumiu a investigação. 

Fonte: AQUI

Segurança nas Piscinas! As necessárias cercas de proteção

- 26 de maio de 2015
  
Artur,de um ano e meio,morreu afogado na piscina durante almoço em família.

"Um menino de um ano e meio morreu afogado em uma piscina neste domingo (24), em Sorriso, distante 420 quilômetros de Cuiabá, em Mato Grosso. De acordo com informações do Corpo de Bombeiros, Artur Mendes da Silva, estava almoçando com os pais na casa de familiares quando o acidente aconteceu.

A criança se afastou dos adultos e foi encontrada já desmaiada, dentro da piscina. O local estava coberto com uma lona de proteção. Contudo, os familiares não informaram de que forma ela estava fixada.

"Eles sentiram a falta dele e, quando procuraram, já o encontraram debaixo dessa lona. A lona é colocada na superfície da água, mas qualquer peso que caia por cima ela já vai afundar. O garoto foi encontrado perto da borda. Pode ser que ele tenha caído perto ou em um local que estava aberto e a lona o encobriu", explicou Jairo Demori, sargento do Corpo de Bombeiros.

A criança foi socorrida pelos pais e levada para um hospital da cidade pelos Bombeiros. "No caminho, fizemos massagem cardíaca, mas ele já tinha sofrido uma parada cardiorrespiratória. Os médicos do hospital tentaram reanimá-lo, mas algumas horas depois ele morreu", disse Demori.

A madrinha de Artur, Ivete Dias, afirmou que a casa pertence a uma tia do pai da criança. "Eles estavam almoçando. Daí o procuraram e não acharam. Ele estava dentro da piscina", lamentou.

O corpo do menino está sendo velado na Capela Mortuária, em Sorriso. A previsão é que o enterro ocorra no período do final da tarde no cemitério local. A mãe de Artur tem uma outra filha recém-nascida de 40 dias."

Copiado na íntegra  DAQUI

Cercas de proteção com portões autotravantes podem evitar este tipo de acidente que vitimou o pequeno Artur. 

Carta para minha filha em coma, Dia das Mães, Maio de 2015

- 10 de maio de 2015
1998. Flavia, aos 10 anos de idade, uma semana antes do acidente que lhe deixou em coma


Querida filha,

Neste dia das mães de 2015, faz 17 anos que no dia de hoje, eu te escrevo uma carta, em retribuição à cartinha que todos os anos você me escrevia no Dia das Mães. Se por estar em coma você não pode me escrever, eu escrevo para você. Eu escrevo por você filha.

Flavia querida, você já é uma pessoa adulta, muito embora a passagem de menina a mulher tenha acontecido para você de uma forma diferente das outras pessoas. Não vou entrar em detalhes para não te entristecer filha, em vez disso, quero falar do quanto você tem sido importante para mim e para muitas pessoas, que por causa do que te aconteceu tomaram consciência de um perigo que poucos sabiam existir: A sucção dos ralos de piscinas que pode matar ou deixar uma pessoa vivendo em coma

Mas porque hoje é Dia das Mães filha, quero falar menos de dor e mais de amor. Quero falar de gratidão, de carinho e atenção. Dizer muito obrigada aos amigos antigos que continuam em contato e agradecer pelos novos amigos que fizemos, pessoas que mesmo só nos conhecendo virtualmente se fazem presentes em nossas vidas de forma a nos fazer sentir queridas.

Ontem por exemplo filha, recebi um e-mail muito especial de um rapaz que nos escreveu durante a madrugada do dia 08 de maio, após ter lido vários posts de seu blog. Coincidentemente o nome dele é Flavio, tem só dois anos a mais do que você e também nasceu em dezembro. No e-mail, Flavio menciona o Dia das Mães e nos dirige palavras muito carinhosas. Vou ler o e-mail dele mais tarde para você. Entre as coisas bonitas que Flavio escreveu tem frases como estas:

Sei que a sua luta tem objetivos muito maiores do que apenas ouvir palavras de carinho.. Mas também acho que estas palavras podem medir a dimensão daquilo que fazemos!

....Te parabenizo pela luta que, tenho certeza, é válida para evitar tantos outros casos como o que aconteceu com sua filha.

...E fico feliz pela Flávia, pela vida ter dado a ela a chance de ter você como mãe. Muito embora eu saiba que a recíproca também é verdadeira e que você deve ter muito orgulho da força com que a Flávia luta contra essa adversidade da vida!”

Verdade filha, assim como me orgulho de seu irmão, também tenho muito orgulho de você. 

Quero enviar, com muito carinho, um beijo para a mãe do Flavio que me escreveu o e-mail carinhoso na madrugada deste 08 de maio. Um abraço forte para todas as mães que estejam lendo este post. Feliz Dia das Mães.

Sucção do ralo, também em banheira de hidromassagem

- 7 de abril de 2015


"Um empresário chinês que visitava a cidade de Macau, em seu país, morreu ao se afogar na banheira de hidromassagem do hotel em que estava.

Wu Jisheng relaxava na banheira do hotel Four Seasons com a esposa e um filho quando o incidente ocorreu. Segundo informações, um problema no ralo do equipamento fez com que o fluxo de água sugado fosse maior que o normal, puxando a vítima para dentro d´água.

A mulher e o filho tentaram salvar Wu, mas não foram capazes de emergir seu corpo da água.

Somente depois de 20 minutos após o acidente os funcionários do hotel conseguiram desligar o equipamento. Apesar disso, Wu já havia se afogado.

O caso está sendo investigado."


Fonte:  Gadoo

Embora menos do que as piscinas, as banheiras de hidromassagem também oferecem risco de sucção através do ralo de escoamento da água. Há alguns anos nos Estados Unidos, uma avó que dava banho em sua netinha na banheira, não conseguiu salvar a criança que teve os cabelos sugados pela sucção do ralo da banheira. Portanto, fica o alerta.

Dia Internacional da mulher e duas são especiais para mim: Maria Julia e Flavia

- 8 de março de 2015
Flavia bebê, no colo da avó, minha mãe Maria Julia

DIA INTERNACIONAL DA MULHER - "Todas as manhãs ela deixa os sonhos na cama, acorda e põe sua roupa de viver"- do livro "Perto do Coração Selvagem", de Clarice Lispector.
Eu sei e todos nós sabemos que as mulheres deveriam ser tratadas com carinho e respeito todos os dias, e que nem precisaria ter um dia dedicado só a elas. Melhor o carinho e o respeito diário do que receber flores e homenagens uma vez por ano. Mas já que existe existe dia, quero aproveitar para enviar meu abraço para aquelas mulheres batalhadoras, muitas delas anônimas, muitas delas solitárias, que lutam bravamente para melhorar não só a própria vida, mas também a vida de outros seres humanos. Meu abraço vai também para as mulheres que tiveram a infelicidade de nascer em países que as consideram inferiores aos homens e que por isso diariamente aviltam a sua dignidade.

Neste dia Internacional da Mulher, quero enviar um forte e carinhoso abraço para todas as mulheres de meu Facebook, algumas, amigas reais, outras virtuais mas que por aqui vão sabendo de mim e eu delas e por isso, criamos um vínculo de afeto. E hoje, por ser o Dia Internacional da Mulher, minha especial homenagem vai para MARIA JULIA minha mãe, infelizmente já falecida, e para FLAVIA, minha filha, com quem 24 horas por dia, divido minha vida. Maria Julia e Flavia, duas das mulheres mais valentes e mais guerreiras que já conheci. A sua bênção minha mãe, o meu abraço minha filha.

Pessoas em coma e estímulos visuais - flores para olhar de Flavia

- 22 de fevereiro de 2015
Flavia, no passeio diário ao jardim do prédio onde moramos.

Aqui em São Paulo tem feito bonitos dias de sol. E o calor nos deu uma certa trégua. E nesses dias bonitos, invariavelmente Flavia é levada para passar uma hora no jardim do prédio onde moramos, com os necessários cuidados,obviamente. Se necessário, para  proteção dela, ela usa um chapéu e óculos de sol. Os olhos de Flavia são bastante sensíveis à luz solar.

Há alguns anos Flavia foi submetida a um exame oftalmológico  que mostrou que a visão dela está preservada, tanto que lhe foi prescrito  o uso de óculos com  lente, mas a  medicina ainda não consegue precisar,  como as imagens são processadas no olhar de uma pessoa em coma. Na dúvida, sugiro a quem tem um ente querido nas condições em que se encontra minha filha, que lhe proporcione estímulos visuais bonitos, como por exemplo, um quarto decorado com fotos de pessoas queridas, objetos que a pessoa gostava,  assim como levá-la ao  jardim para conviver,   por uma  hora diária que seja, com o vento no rosto, com o verde, flores e o cantar dos pássaros. 

Quando os dias estiverem chuvosos ou frios, ainda assim  pode-se programar uma hora de estímulos visuais agradáveis para quem vive num mundo de  dependência e silêncio. Por exemplo, ler um livro para a pessoa ou um programa de TV. Ambos, cuidadosamente escolhidos, claro. 

Bom domingo a todos e até o próximo post. 

Em tempo: Quero publicamente agradecer à Betty Vernieri por  ter feito, antes o original e agora, algumas atualizações no layout do blog de Flavia, como por exemplo,  ter colocado os botões de compartilhamento dos posts, recurso que considero muito útil. Betty, mais uma vez obrigada pela paciência e pelo carinho para comigo e Flavia.

Sucção dos ralos de piscinas. Mais um acidente aconteceu hoje no Brasil

- 9 de fevereiro de 2015
simulação

Nesta segunda feira, aconteceu, infelizmente,  mais um acidente causado por sucção de ralo de piscina. Desta vez uma menina de oito anos, em Santa Maria - RS. Os pais, com uma tesoura, conseguiram cortar os cabelos da criança, livrando-a da morte por afogamento. Encaminhada ao Hospital da Caridade, ainda não se tem notícias do  real estado de saúde da menina.

Fico revoltada com a inércia e o descaso das autoridades, desta vez, do SENADO FEDERAL, que mantém engavetado o Projeto de Lei Federal para Segurança nas Piscinas, projeto esse já  aprovado por três comissões. Essa Lei, se aplicada e fiscalizada com o devido rigor, evitará muitos acidentes causados nas piscinas do Brasil, a maioria deles, fatais, como tenho documentado aqui no blog de Flavia.

Abaixo, transcrevo na íntegra a matéria publicada hoje no Diário de Santa Maria.

"Menina de oito anos tem os cabelos sugados por ralo de piscina em Santa Maria
Ela foi socorrida pelo Samu e encaminhada ao Hospital de Caridade

Uma criança sofreu um acidente em uma piscina de Santa Maria no início da tarde desta segunda-feira. Segundo informações da Brigada Militar (BM), uma menina de oito anos estava brincando na piscina quando teve os cabelos sugados pelo ralo.

A criança recebeu atendimento e foi encaminhada pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) ao Hospital de Caridade. O acidente aconteceu por volta das 13h, em uma casa localizada na Rua Silva Jardim, quase esquina com a Rua Visconde de Pelotas, no bairro Rosário.

De acordo com assessoria de Associação Franciscana de Assistência à Saúde (Sefas), que coordena o Samu, a criança estava tomando banho de piscina na casa, por volta das 12h30min, quando a avó estranhou que ela não voltava para a borda. A avó puxou a menina e então percebeu que ela estava com os cabelos presos no sugador. Os pais cortaram os cabelos da criança com uma tesoura e a retiraram da piscina.

Quando a equipe do Samu chegou, policiais da BM já estavam tentando reanimar a criança. Ela foi reanimada e encaminhada ao Hospital de Caridade.

O hospital não confirma o estado de saúde da menina.

DIÁRIO DE SANTA MARIA"



VERÃO. Ralos de piscinas, a sucção que mata ou deixa para sempre em coma.

- 15 de janeiro de 2015
Piscina com ralos sem tampas anti aprisionamento = perigo

De novo é verão. E de novo as piscinas ficam lotadas de adultos e crianças, em busca de lazer e alívio para o imenso calor que costuma fazer no mês de janeiro, neste nosso país tão carente de uma Lei Federal que torne mais seguras as piscinas do Brasil. Uma Lei que obrigue a instalação de dispositivos de segurança que evitam a sucção dos ralos além de cercas de proteção para evitar acidentes com crianças pequenas, guarda vidas para piscinas públicas, entre outras obrigações que evitariam os terríveis acidentes que temos visto acontecer por todo o Brasil, em piscinas funcionando sem a devida preocupação com a segurança dos usuários.

No mês de janeiro de 2014, portanto há um ano, tivemos três acidentes fatais vitimando crianças, acidentes esses causados pela sucção dos ralos de piscinas. Para lembrar: Kauã  Davi de Jesus Santos, 7 anos, em Goiás, Mariana da Silva Rabelo de Oliveira, 8 anos, em Minas Gerais e Naisla Loyola, 11 anos, em Vitória, Espírito Santo. Essas mortes foram noticiadas no programa Fantástico da TV Globo. Essas mortes poderiam ter sido evitadas se os ralos das piscinas onde aconteceram os acidentes estivessem equipados com tampas anti aprisionamento. Essas mortes, é bom ressaltar, são as que chegam até a mídia. Outras tragédias pelo mesmo motivo devem acontecer, mas não são divulgadas. 

Em janeiro de 2014, foi mostrado pela reportagem do Fantástico que a Lei Federal para Segurança nas Piscinas, há anos aguardando aprovação em Brasília, seria votada até março do mesmo ano, conforme prometido pelo então relator Dep. Darcisio Perondi, (PMDB – RS) em entrevista à repórter Sonia Bridi. Infelizmente, o prometido à repórter e ao povo, não se cumpriu.

O  projeto  mestre ao qual todos os demais são considerados apensados, é o 1162/2007 de autoria do Deputado Mario Heringer (PDT–MG) projeto esse que recebeu o adendo que conforme já divulgado aqui  no blog de Flavia, entregamos em mãos do Deputado Darcisio Perondi,  incluindo entre outros itens, os dispositivos de segurança que evitam a sucção dos ralos. Nesse mesmo ano de 2014, o projeto da Lei Federal para Segurança nas Piscinas foi aprovado por três importantes comissões, a CSSF – Comissão de seguridade Social e Família, a CDU – Comissão de Desenvolvimento Urbano e foi aprovado também pela câmara dos Deputados. O projeto então foi encaminhado para o Senado, onde até hoje aguarda aprovação. Desde 2007 uma Lei de tamanha importância não ter sido ainda aprovada é inaceitável, principalmente porque sua aprovação significaria salvar muitas vidas de afogamentos em piscinas. 

No Senado o projeto 1162/2007 recebeu novo número. É o 071 de 2014. Os dois textos em azul foram por mim copiados do site da câmara. Quem quiser acompanhar a tramitação o link é este:
http://www.senado.leg.br/atividade/materia/detalhes.asp?p_cod_mate=118220

"Em 15.07.2014 o projeto da Lei Federal para Segurança nas Piscinas foi encaminhado à CMA – Comissão do Meio Ambiente.

15/07/2014 ATA-PLEN - SUBSECRETARIA DE ATA - PLENÁRIO 
Ação: A Presidência recebeu da Câmara dos Deputados a presente matéria.
Ás Comissões de Meio Ambiente, Defesa do Consumidor e Fiscalização e Controle; e de Assuntos Sociais.
Publicação em 16/07/2014 no DSF Página(s): 224 - 242 (Ver Diário) 
Encaminhado para: CMA - Comissão de Meio Ambiente, Defesa do Consumidor e Fiscalização e Controle"


E em 18.12.2014, 

"18/12/2014 CMA - Comissão de Meio Ambiente, Defesa do Consumidor e Fiscalização e Controle 
Ação: A presente proposição continua a tramitar, nos termos dos incisos do artigo 332 do Regimento Interno e do Ato da Mesa nº 2, de 2014."


Pois é. O Projeto da Lei Federal para Segurança nas Piscinas, CONTINUA A TRAMITAR lá em Brasília. Gostaria que o atual relator deste tão importante Projeto de Lei ou o Presidente do Senado, o senhor Renan Calheiros,(PMDB-AL) nos explicassem, pelo amor de Deus, o porquê de tanta demora em se aprovar uma Lei que pode salvar muitas pessoas do afogamento nas piscinas do Brasil. Quantas crianças ainda ficarão presas pelos cabelos ou por outras partes do corpo, e por isso vão se afogar, morrer ou viver em coma, até que essa Lei seja aprovada e se comece a ter uma base de trabalho para se coibir a negligência que existe com a segurança nas piscinas de nosso país?! Meu sentimento por tanta demora na aprovação da Lei Federal para Segurança nas Piscinas é, no mínimo, de INDIGNAÇÃO.


Related Posts with Thumbnails