Este blog, criado em janeiro de 2007, é dedicado à minha filha Flavia e sua luta pela vida. Flavia vive em coma vigil desde que, em 06 de janeiro de 1998, aos 10 anos de idade, teve seus cabelos sugados pelo sistema de sucção da piscina do prédio onde morávamos em Moema - São Paulo. O objetivo deste blog é alertar para o perigo existente nos ralos de piscinas e ser um meio de luta constante e incansável por uma Lei Federal a fim de tornar mais seguras as piscinas do Brasil.

E os réus continuam querendo ganhar mais tempo

- 25 de abril de 2008
Como tenho dito aqui em posts anteriores, o processo de Flavia está a caminho de Brasília. Esta decisão é oficial e publicada no Diário Oficial de São Paulo. Estou em contagem regressiva, aguardando que meu advogado diga: - Odele, o processo de Flavia, finalmente chegou ao Superior Tribunal de Justiça em Brasília. Tão logo esta notícia me seja dada, o que espero aconteça em aproximadamente 30 dias, vou pedir a colaboração de vocês para uma nova blogagem coletiva. No momento adequado estarei passando mais informações.

O que me deixa perplexa, é que apesar da gravidade do acidente e mesmo tendo se passado todo esse tempo, – NOVE ANOS!!! – em que luto na justiça paulista por uma indenização adequada para os cuidados com Flavia, os réus do processo de minha filha continuam querendo ganhar mais tempo, mais do que já ganharam. Jacuzzi do Brasil e Condomínio Jardim da Juriti continuam se esquivando às suas responsabilidades e apresentando agravos aos recursos de Flavia, com a nítida intenção de ganharem tempo, de protelar ainda mais uma decisão final, mesmo sabendo que o processo dela vai mesmo, ser julgado em Brasília. Mas ainda assim, os réus tentam com seus agravos, ganharem mais tempo, embora saibam que o tempo que eles já ganharam, Flavia perdeu.

Mesmo com as evidências da responsabilidade dos réus, mostradas na perícia técnica feita na piscina, chegam os réus Jacuzzi e Condomínio, ao absurdo de com suas manobras protelatórias alegarem em seus agravos que sou culpada pelo acidente com minha filha, por não estar com ela na piscina, no momento em que o ralo lhe sugou os cabelos e a prendeu embaixo dágua. Ora, Flavia, tinha 10 nos, altura de 1,50m e a piscina onde nadava, tinha 95 cm de profundidade. Além disso, Flavia sabia nadar com desenvoltura e não estava sozinha na piscina, mas acompanhada de 3 adolescentes, o irmão de 14 anos, e dois amigos dele, ambos de 15 anos. Mas basta nos virarmos de costas por alguns minutos para que um sistema de sucção, funcionando de forma irregular, com um motor super potente e totalmente desproporcional ao tamanho da piscina, como aquele existente na piscina do condomínio onde Flavia nadava, cause uma tragédia da proporção desta que a deixou em coma vigil irreversível.

É lamentável, a postura do Condomínio Jardim da Juriti, que insiste ao longo dos anos em isentar-se de sua responsabilidade no acidente que vitimou Flavia. E lamentável que empresas do porte da Jacuzzi do Brasil se preocupe apenas em auferir lucros na venda de seus produtos, não se importando com as vítimas de acidentes causados por seus sistemas de sucção, vendidos sem a devida orientação técnica e alertas sobre os riscos que um equipamento fora dos padrões técnicos adequados, possa causar aos usuários da piscina onde esse equipamento for instalado.

Por uma melhor qualidade de vida para Flavia, esperemos que em Brasília, a Justiça mesmo que tardia, se faça. Mas não vamos esperar de braços cruzados. Conto com vocês para mostrarmos aos juízes de Brasília, que Flavia já não conta só com a mãe dela nesta luta, mas conta também com muitos amigos que solidários conosco, não pactuam com a negligência, tampouco com a impunidade.

Muito obrigada e até o próximo post.

Meu nome não é Odete, como algumas pessoas escrevem nos comentários, é Odele, com L e não com T.
Obrigada.

25 comentários

  1. Muito obrigada pelo teu cravo vermelho! Deixo um ABRAÇO de ABRIL! Beijos minha querida amiga...

    ResponderExcluir
  2. Belo argumento o dos réus... até parece que a sua presença faria com que um ralo com capacidade de sucção muito maior do que a necessária funcionasse da forma adequada e não prejudicaria sua filha. É cada coisa que a gente tem que ouvir.... Mas é melhor pensar positivo, acreditar que tudo isso vai chegar ao fim da forma mais justa.

    Beijo,
    Anelize.

    ResponderExcluir
  3. Olá Odele não desista. Força.
    Bjinhos para ambas do CRIANCICES!

    ResponderExcluir
  4. É claro que sabes que estaremos sempre contigo e que não desistiremos.
    Mas sempre quero dizer que é com muita raiva que eu vejo que a maioria das empresas, grandes ou pequenas, só querem ver o lucro, os números, os dividendos. Que malvada sociedade esta, que insensível, que estimula o progresso mas se esquece das pessoas.
    Bolas! Essa gente que dirige as empresas, tem família, filhos, parentes. E perante um drama, cuja responsabilidade tem que ser assacada, em primeiro lugar, a quem vende e monta equipamentos perigosos, o que lhes ocorre fazer é usar de todos os expedientes possíveis para se esquivarem ao que nem sequer seria preciso a Justiça obrigar.
    Tenho um filho a terminar estudos na área da gestão de empresas. Espero bem que ele não venha a transformar-se num desses tecnocratas insensíveis e desumanos, para quem o sofrimento alheio ndaa conta.
    Força Odele, mulher gigante!
    Estamos contigo!
    E eles têm de saber que já somos muitos!

    ResponderExcluir
  5. Olá Odele hoje também eu sinto a alegria da revolução dos cravos, pois eu também a vivi.
    Obrigado pela visita e pelo comentário.
    Beijinhos para si, para a Flávia e um bom fim de semana.
    Contem comigo para a blogagem colectiva.

    PAULA

    ResponderExcluir
  6. Odele:
    Vo torcer para que esse processo ande mais célere. E conte connosco para blogagens colectivas quando entender.
    Gostei de ver o cravo vermelho aqui.
    O Escrito a Quente completou um ano no 25 de Abril e lá, uma das fatias de bolo é sua.
    Beijos. Para si e para a Flavia. Do coração.

    ResponderExcluir
  7. Odele. O que mais me deixa indignada é a inculpação da mãe. Isso é de uma tremenda maldade. Mais não vou falar para não atrapalhar, em vez de ajudar.
    VOCÊ É UMA MÃE MAIS QUE EXEMPLAR.
    Conte comigo sempre.
    bj

    ResponderExcluir
  8. Paula Calloni25 abril, 2008

    Procura-se homens que honrem as calças que vestem, assumindo suas próprias responsabilidades diante de uma tragédia que poderia ter sido evitada, caso simples normas técnicas de segurança tivessem sido obedecidas. Se não querem enxergar a própria culpa, vamos pra Brasília mostrar ao país todo de quem foi a verdadeira culpa por Flavia estar assim. Beijos, Odele.

    ResponderExcluir
  9. Embora afastado da leitura dos blogues amigos,por motivos de saúde,venho sempre dar uma espreitadela no blogue de Flávia. Pode contar,comigo na blogagem colectiva e não só, quando achar que é hora certa para o fazer.
    Realmente é chocante,quando os donos de grandes empresas apenas vêm os lucros e as vendas sem se preocuparem com os danos humanos causados,pelos produtos que comercializam e pela incompetência técnica de quem os instala.
    Todas as manobras que executam com a justiça têm como objectivo fazer com que as pessoas desistam de lutar e os deixem impunes aos crimes que cometem por negligência.
    Um abraço solidário e nunca, mas nunca deixe de lutar.
    Seu amigo Raul

    ResponderExcluir
  10. Odele,
    Porque te considero uma pessoa que através das palavras demonstras ser livre de gestos e pensamentos, e porque quero que assim continues, dei-te o merecido destaque no meu blogue, ao atribuir-te o "Prémio Florido".
    Depois passa por lá para o receberes.
    Parabéns... e continua a ser livre nos gestos e no pensamento.
    Bjs.

    ResponderExcluir
  11. Odele
    obrigada pelo cravo de Abril.
    É claro que estaremos sempre contigo! Já Somos e cada vez seremos mais! para mostrar a esses senhores que não podem ficar impunes.Força!
    Um beijo para Flávia e para ti também.

    ResponderExcluir
  12. Odele

    Que faltas de carater deste pessoal.

    Mas vamos torcer e rezar para que se encurte o caminho ate Brasilia.

    Beijinhos para vc e Flavia.

    ResponderExcluir
  13. Uma grande empresa como esta ainda se diz ter grande porte. E na hora da responsabilidade? Quanto ao Condomínio, se atrasasse um dia a taxa do mesmo, garanto que já iam em cima. Nada mais que justo, claro. Agora, que se faça a justiça no caso Flavia. Conte comigo para a blogagem coletiva, para que eu possa passar para as amigas blogueiras, para o pessoal da faculdade, amigos que conheço. Abraços, minhas queridas !!! Eliana.

    ResponderExcluir
  14. " ...chegam os réus Jacuzzi e Condomínio, ao absurdo de com suas manobras protelatórias alegarem em seus agravos que sou culpada pelo acidente com minha filha, por não estar com ela na piscina,....

    é simplesmente revoltante que tenham tido o dscaramento de fazerem uma afirmação destas ...

    que raiva ...


    beijinhos para ti, querida Odele.

    ResponderExcluir
  15. Lara Criscuolo27 abril, 2008

    Olá... eu acompanho já faz um tempo o Blog da Flávia, e sempre pensei em ajudar de alguma maneira mas nunca soube como. Não tenho blog e não sei como faço para participar dessa blogagem coletiva, tem alguma outra maneira em que posso ajudar?
    Se der mande um beijo meu a Flávia, diga a ela que faz parte das minha orações.
    Torço por vocês duas.
    Lara

    ResponderExcluir
  16. Lara,
    Se você não tem blog, por favor, me envie um e-nail para que possa contatá-la e lhe dizer de que forma você poderia estar colaborando com a causa de Flavia, por exemplo enviando ao seu mailing list o link dos posts que aqui escrevo. Isto é DIVULGAÇÃO.

    Obrigada e um abraço.

    ResponderExcluir
  17. Odele
    É absurdo essas empresas procurarem culpabilizá-la pelo acidente com Flávia. Claro que estão a procurar ganhar tempo e claro que, provavelmente, e isso nunca se prova, sabem como fazer sentir as suas influências. Mas nós estamos aqui e não nos calaremos. Os nossos blogues gritarão em uníssono tão alto e o tempo que for preciso. E deitaremos mão a outras formas de luta. Deus não dorme e nós também não. A justiça há-de ser feita.
    Beijo para ti e outro para Flávia

    ResponderExcluir
  18. Oi Odele!!!
    Quanto tempo né?
    Tenho passado por aqui corrida, sem tempo de escrever... mas hoje tirei um tempinho para ler todo o post e te escrever.. Vou ser repetitiva aqui nos comentários, realmente é revoltante a alegação dos acusados... Mas enfim, a justiça há de ser feita!!!
    Essa semana te ligo para combinarmos o horário de 5ª e sábado q vou atender Flá!!! Vou tirar a saudade né? :) Beijos em vcs duas!!!!

    ResponderExcluir
  19. Revoltante...Sem palavras querida Odele, sera que eles querem que caia em prescriçao? Vai saber...
    Um excelente inicio de semana e que os anjos façam vc resolver o mais rapido possivel.
    Big kiss

    ResponderExcluir
  20. Odele

    Passando para deixar um beijo.
    fiz novo perfil no globoonliers mas já adicionei voce e agora estou com blog no Blogger.
    um beijão querida.

    ResponderExcluir
  21. HOLA ODELE!!!
    Después de tanta espera el caso llega a Brasilia, ohh bien, allá deberán nuevamente explicar lo inexplicable, AMIGA todo está así, pero FUERZA Y ADELANTE!!! creo que esta vez no tendrán argumentos para zafar de las responsabilidades.
    Miles de chuik chuik y abrazos perfumados.
    He recibido tu mail con la dirección, cuando necesites de mi ayuda en mi cas estoy.

    ResponderExcluir
  22. Tem um selo lá no CRIA II (borboletaazulzinha2.blogspot.com) para você, Flávia. Com todo carinho e pensando sempre em você.
    Beijo!

    ResponderExcluir
  23. Oi Odele. Vi que você visitou meu blog e fez um comentário sobre o link que coloquei lá como UTILIDADE PÚBLICA.
    Na verdade, visitando o blog da Susan (De cara pra lua), vi e conheci todo o drama que você vive procurando por justiça. Claro que essa causa tem que ser de todos, afinal, é um acidente que pode acontecer com qualquer um. Se precisar de minha ajuda de blogueiro, pode contar comigo. Vc pode me encontrar em dois blogs, http://wishinandhopin.blogspot.com e http://receitapassoapasso.blogspot.com
    Um grande abraço e muita força em sua luta.

    ResponderExcluir
  24. As grandes e pequenas empresas procedem assim e quando apertadas fecham portas para a falência, abrindo na outra esquina com os mesmos "cabeças ôcas" e com outro nome.
    A Jacuzzi do Brasil e o Condomínio mesmo tentando queimar tempo, irão sofrer as consequências desta incúria e podes contar comigo para a blogagem colectiva. Mais...a própria empresa deveria receber "uma palavrinha" de quem rodeia Flávia e aí...talvez parassem e resolvessem de uma vez por todas o processo judicial.

    Dá uma baita de uma raiva, mas não desesperes que em breve terás o que mereces.

    Beijos para vocês

    ResponderExcluir
  25. Olá!

    Gostaria de dedicar a você e a sua família minha solidariedade; e também de dizer que entendo completamente a sua dor e sua frustração.

    Também sou vítima da negligência e do descaso de uma grande empresa e sofro com a lentidão dramática e conveniente de nossa justiça; que valoriza apenas os poderosos.

    Sou vítima de doença profissional e me encontro inválido hoje. Desde 1999 luto na justiça contra um grande banco para conseguir uma indenização que banque os tratamentos que necessito. Mas aí, você sabe o que acontece.

    Seu drama é infinitamente maior do que o meu, contudo, me coloco a sua disposição para auxiliar nessa blogagem coletiva. Tenho alguns blogs com uma certa audiência e ficarei feliz em ajudar.

    Sei que isso não é nada, face ao seu drama, mas a união de forças pode ajudar muito a suportar todo o descaso e desprezo que sofremos das autoridades.

    Conto minha história no blog
    www.umpaischamadouati.com/blog

    E coloco a sua disposição todos os meus outros blogs (são 7) para a blogagem coletiva. Basta me avisar.

    Tenha forças e não desista da luta. Demora muito, mas certamente a justiça será feita e os culpados punidos. Também sou pai e entendo sua revolta. E sei que devem ter tentado de tudo para impedir que você levasse adiante essa luta judicial. Não esmoreça jamais e não se entregue.

    Rezarei por vocês. Um beijo e um abraço em todos. Paz e esperança.

    ResponderExcluir

Related Posts with Thumbnails