Este blog, criado em janeiro de 2007, é dedicado à minha filha Flavia e sua luta pela vida. Flavia vive em coma vigil desde que, em 06 de janeiro de 1998, aos 10 anos de idade, teve seus cabelos sugados pelo sistema de sucção da piscina do prédio onde morávamos em Moema - São Paulo. O objetivo deste blog é alertar para o perigo existente nos ralos de piscinas e ser um meio de luta constante e incansável por uma Lei Federal a fim de tornar mais seguras as piscinas do Brasil.

Flavia, aniversário e silêncio

- 16 de dezembro de 2016

Para Flavia

Flavia,  hoje completa 29 anos, 19 dos quais vivendo em coma, desde que teve seus cabelos sugados por um ralo de piscina que funcionava fora dos padrões de segurança. Flavia vive em silêncio, mas de alguma forma o seu silêncio GRITA para alertar outras pessoas para o perigo dos ralos de piscinas. 

E mesmo em silêncio, Flavia me ensina e me dá a oportunidade do exercício diário do amor. Ao longo desses 19 anos, em coma, Flavia me ensina a ser uma pessoa melhor. E como na música TEMPO de Caetano Veloso, " ...de modo que meu espirito ganhe um brilho definido... e eu espalhe benefícios..."

Meu nome não é Odete, como algumas pessoas escrevem nos comentários, é Odele, com L e não com T.
Obrigada.

11 comentários

  1. Parabéns para a tua nossa menina e para ti minha grande amiga e que Deus continue a dar-te forças para levares por diante toda essa carga na qual pegas com o teu maior amor de mulher e mãe com "M" do tamanho da galáxia.

    Beijos mil às duas por mais este aniversário, de sempre e para sempre

    ResponderExcluir
  2. Muito linda tua mensagem de amor Odele!
    Deixo um beijinho para ti e para Flávia e votos de que tenham as duas um Natal pleno.
    Da amiga de sempre,

    Branca

    ResponderExcluir
  3. Olá querida...
    Admiro sua coragem, fé, amor incondicional... enfim...nesta luta diária para dar a sua filha os dias mais confortáveis possíveis...
    19 anos nessa luta...é uma vida...e os 29 de Flavia vieram para ela com algum propósito. Deus está no controle e Ele usa vcs para alertar as pessoas sobre o risco que correm nessas malditas piscinas.
    Que Deus continue dando forças e consolo para vcs.
    Um forte abraço!
    Cris

    ResponderExcluir
  4. Linda a História e confortante para nossa família que acaba de ter que buscar as mesmas forças que você.Uma pessoa amada e querida nessa mesma situação, não pelos mesmos motivos da Flávia. Afinal, parece que o motivo fica solto quando se deseja que a pessoa acorde e a realidade possa mudar em nossa volta.

    ResponderExcluir
  5. Suas mensagens de coragem, fé e amor nos transmite aquilo que deveria ser no nosso cotidiano o tripe para termos tempos melhores.
    Um Natal de PAZ e AMOR.
    bjsss

    ResponderExcluir
  6. Grande admiração por sua dedicação. Só um amor muito grande...

    ResponderExcluir
  7. Ola, Odele!
    Há algum tempo observava sempre seu blog,as palavras de uma mae guerreira sempre presente na vida da sua querida filha... vcs sempre estiveram presentes em minhas oraçoes, mas com as circunstancias da vida deixei de passar por aqui com frequencia. Hj, aqui em minha casa, uma florzinha foi abrindo suas pétalas, com toda a sua simplicidade e força, bem diante dos meus olhos... eu lembrei de Flávia na hora. Fiquei muito emocionada e resolvi te escrever.
    Muita força pra voces nesse ano que se inicia.
    Um abraço carinhoso e que Deus continue cuidando de suas vidas.
    Nara.

    ResponderExcluir
  8. Sempre que vejo notícias de acidentes em sistema de sucção de piscinas me recordo do caso dela, que Deus abençoe sua família e previna novas acidentes

    ResponderExcluir
  9. "... essa dor está aqui, está tatuada na minha alma, mas eu consigo administra-la de forma a conversar com as pessoas sem cair em prantos, mas o pranto está represado e de vez em quando eu desabo, mas eu acho que com o passar do tempo a gente administra a dor, mas não se livra dela jamais, ela fica para sempre tatuada na alma" Odele Souza, reportagem programa DiaDia

    Não há o que dizer, só sentir...

    ResponderExcluir
  10. Eu tb tenho uma irmã que vive há 7 anos em coma vigil devido a uma cirurgia mal sucedida. Aprendo com ela diariamente tb. Não é facil mas agradeço a Deus a oportunidade de poder cuidar dela pois é uma lição de vida

    ResponderExcluir
  11. Procuro trabalhar na Fe e no amor eu tenho este blog como

    ResponderExcluir

Related Posts with Thumbnails