Este blog, criado em janeiro de 2007, é dedicado à minha filha Flavia e sua luta pela vida. Flavia vive em coma vigil desde que, em 06 de janeiro de 1998, aos 10 anos de idade, teve seus cabelos sugados pelo sistema de sucção da piscina do prédio onde morávamos em Moema - São Paulo. O objetivo deste blog é alertar para o perigo existente nos ralos de piscinas e ser um meio de luta constante e incansável por uma Lei Federal a fim de tornar mais seguras as piscinas do Brasil.

13 anos sem a voz e sem a alegria de Flavia

- 6 de janeiro de 2011

AQUARELA - Composição de Toquinho, Vinicius de Moraes, G.Morra, Fabrízio.
 Flavia gostava MUITO desta música. Filha, pra você Princesa.


06 de janeiro de 1998 > 06 de janeiro de 2011.
Hoje faz 13 anos que minha filha vive em coma, porque teve os cabelos sugados por um ralo de piscina mal vendido, mal instalado e mantido de forma inadequada.

"Numa folha qualquer
Eu desenho um sol amarelo
E com cinco ou seis retas
É fácil fazer um castelo..."

"...E o futuro é uma astronave
Que tentamos pilotar
Não tem tempo, nem piedade
Nem tem hora de chegar
Sem pedir licença
Muda a nossa vida
E depois convida
A rir ou chorar..."

(trechos da música deste vídeo)

28 comentários

Maíra disse...

Querida, que Deus lhe dê sempre forças para vencer todas essas batalhas e para cuidar do seu anjo! A justiça dos homens é falha, mas a de Deus é perfeita! Confie nisso!

Beijos

betty disse...

Cara Odele,

Quatro anos faz o blog da Flavia, que poderia hoje ser um blog como os de tantas mocinhas da idade dela. Falaria das músicas preferidas, escreveria poemas e suas opiniões sobre os fatos da vida, com certa irreverência como fazem os mais jovens, porém sem deixar de lado a seriedade e a delicadeza. É desse modo que acho que seria...

A voz de Flavia se calou há 13 anos por causa de um ralo de piscina, de onde deveria apenas escoar água, nunca uma vida que começara a desabrochar. Agora passado todo esse tempo, a Princesa Adormecida só pode falar através da sua voz, e é o que você tem feito com a coragem de uma guerreira e com a força maior do amor maternal. Todos nós, que acompanhamos emocionados a sua luta por justiça e seu grito de alerta, reiteramos nessas duas datas importantes nossa solidariedade e nosso afeto.

Beijinhos para você e Flavia.

Fatyly disse...

!3 anos inadmissivelmente num estado que ninguém desejaria e tu desta janela vais dando o "alerta" para que outros não passem o que tu e a tua/nossa menina já passaram.

Adoro esta música e este video é uma delícia e que continues a pilotar com a ternura, aceitação(?) e zelo a "astronave" em que vos meteram, desenhando sempre "um sol amarelo".

Beijos meu doce e mil em Flavia junto com aquele abraço de sempre e para sempre

Isabel Filipe disse...

simplesmente te deixo um grande beijo ...

as tuas palavras estão lindas ...
a música é linda ....

não sei o que mais te poderia dizer...

deixo-te a minha amizade.

Graciela disse...

Querida amiga, não perco a esperança, contra o prognóstico dos médicos -acredito em eles, mas sempre pode ter algo que a acorde-, sabes que é meu desejo....muitos abraços e beijos!

Rosamaria disse...

Força, solidariedade, amor, minha querida.
Bjim pra ti e pra Flavinha.

Vanessa P disse...

Olá Odele,

Chamo-me Vanessa e vivo em Lisboa, Portugal.

Hoje, através de um post de uma amiga no facebook, vim parar ao vosso blog e tive conhecimento da vossa história e do perigo das piscinas.

Emocionei-me bastante ao ler os seus posts e cartas para a Flávia.

Queria dizer-lhe que admiro a sua força e coragem e que acredito seriamente que todo esse Amor chega à Flávia de forma intensa e terna, muito embora ela não consiga demonstrar da forma que todos gostariamos...

Assinei a petição criada por si para a criação da lei que visa a segurança nas piscinas e postei no meu facebook o link para os meus amigos assinarem também e encaminharem. Espero sinceramente que o objectivo seja alcançado e essa luta pela existência da lei seja atingida para se evitarem mais acidentes como esse...

Não consigo imaginar o seu sofrimento, mesmo após tantos anos, e queria apenas dar-lhe um abraço a si e à Flávia muito solidário e o desejo de que um milagre aconteça e oiça novamente a linda voz da sua filha.

Vanessa Batista Pedroso

Observador disse...

E hoje é dia de reforçarmos a solidariedade para com a Flávia e a Odele.

Beijinhos para ambas.

Larissa disse...

Nossa, me emocionei muito lendo seu blog. Parabéns pela força, e por nunca desistir! Desejo muito amor, paz e carinho a você e a Borboleta Flávia! Que os deuses iluminem seus caminhos...

Cristina Ramalho disse...

Oi Odele, como as datas nos marcam não, sejam elas alegres ou tristes... querida vc tem expressado muita força por sua filha, é um amor incondicional, tenho certeza que Flavia sente isso, lindo vídeo, linda lembrança do que sua filha gostava, vou compartilhar com meus amigos do facebook.... bjos,

eduardo disse...

Andei à procura dum poema que fizesse restaurar um canto do poeta que não sou.
Andei à procura duma forma que fizesse acordar uma Bela adormecida para um Novo Ano onde faz dia.
Corri atrás do vento. Abri de par em par todas as janelas que encontrei. Todos os portões onde passei, das estradas por onde andei. E tinham fugido todas as palavras. O Mar tinha sugado o silêncio que me amarrava. Todos os castelos mais as setas de Cupido.

Todavia, não desisti. Continuo à procura da forma e do poema e das amarras do meu cais que este nosso Mar separa, Odele. Para que possamos transformar os dias maus em dias bons.

MICAELA disse...

oi Odele, vi a sua historia e da sua filha na revista época e me emocionei, admiro sua força e perseverança, você realmente sabe o significado de ser mãe, e rezo a Deus que não se passem 14 anos sem que ouças a voz da tua menina, e que ela desperte desse sono profundo, confie em Deus, pois com ele tudo pode, tudo acontece. Força sempre, beijos

Letícia Losekann Coelho disse...

Odele,
Minha total solidariedade contigo e com Flávia. Eu admiro tua força e a maneira como tu luta para alertar as pessoas dos riscos nas piscinas.
Te deixo um grande beijo.

Ana Martins disse...

Minha boa amiga,
imagino o que está sentindo.

Beijinho muito amigo para si e Flavinha.

Ana Martins

peciscas disse...

Há alturas em que as palavras são tão pobres que nem as sabemos usar, porque não conseguem dizer tudo aquilo que deveria ser dito.
13 anos passados e ainda nem acreditamos totalmente que o que aconteceu tenha mesmo acontecido.
Mais do que a tristeza que estará sempre presente nos nossos corações, permanece a raiva. Por terem impedido que a Flavia pudesse continuar a cantarolar as músicas de que mais gostava. Como esta que aqui lembras, que é, afinal, uma música que fala de beleza, de esperança, de sonho. Beleza, sonho e esperança que retiraram da querida Princesa. E isso não tem perdão. Por muito tempo que passe.

SANDY disse...

QUERIDA ODELE, NADA NESTA VIDA É EM VÃO!!!
TENHA A CERTEZA DE QUE DEUS ESTÁ ABENÇOANDO À MUITAS PESSOAS ATRAVÉS DO SEU BLOG!!!
VOCÊ É UMA GRANDE GUERREIRA!!!
COM CARINHO,

SANDRA SASAKKI

SUELY disse...

Odele,
FORÇA... sempre!
bjs
Suely

Vivian disse...

...Odele querida,
os caminhos de Deus são tantos,
e a gente fica sem saber por
onde começar a trilhá-lo,
embora sabendo ou não.

de qqr forma cá estamos nós
nas trilhas da evolução
espiritual, esta que nos
ajuda a crescer seja pelo
amor, ou seja pela dor.

13 anos que a tua menina dorme
feito anjo, e 13 anos que
você como mãe zelosa vela
este sono como o Pai Maior
vela por nós todos.

se revolta, indignação,
desilusão e decepção
tivesse o poder de
resgatar a saúde de
Flávia, isso de longe
já teria acontecido.

mas não...

Flávia continua vítima
da irresponsabilidade
de tantos.

buscar por quês, pouco
ou nada modificaria a
situação dolorosa de
toda a família e estendida
tbm aos que os querem bem.

resta-nos então o entendimento
de que nada acontece por acaso,
e que portanto a misericórdia
Divina trabalha em silêncio
para um bem maior!

beijinhos ternos à Flavia,
e afagos pra você,
exemplo de mãe guerreira!

Fátima Campilho disse...

Deus abençoe vocês em todos os dias dos seus dias.
Beijos

viviana disse...

Que Dios las tenga siempre bajo su protección,.... tu y Flavia siempre unidas, que ejemplo de MADRE ODELE.

Te deseo que este 2011 sea de mucha paz y que tus proyectos se cristalizen.
Besos,.... las quiero,
VIVIANA.

betty mello disse...

Minhas queridas:ando muito afastada da blogosfera, mas não desconectada das pessoas que prezo como vocês. Andamos também trilhando uns caminhis um tanto espinhosos, mas a coragem para prosseguir tem sempre que ser maior, pois o que nos alimenta é o amor, o carinho e a fé.A Fé em nós mesmos, nas pessoas que nos amparam e na justiça divina - esta não falha...Que este ano seja mais suave e mais terno.Um beijo carinhoso, |Betty e Família

Vivian disse...

...Odele querida,
não é preciso agradecer.

Fiz o post por amor,
porque tbm sou mãe,
e tbm avó, e sei bem
dos sentimentos que
nos toma diante das
injustiças com nossos
amores.

A Flávia merece que toda
blogosfera se una para
acordar todas as mentes
em favor de que a justiça
seja exercida como rege
as leis divinas!

bj

Luisa Dias disse...

Odele, obrigada pelo recado carinhoso. É bom receber visita surpresa em um começo de ano.
Que o ano se renove para você na esperança da justiça e na certeza de que Flávia se sente muito amada!

SILÊNCIO CULPADO disse...

Odele

Tocante esta forma de dizer amor sobre o vazio. Um vazio preenchido de dedicação, de luta, de transformação das fraquezas em forças para que outros possam ser alertados para os perigos, para que outras lágrimas se possam secar com o calor das tuas. Treze anos de Amor a Flavia e de dor perante a meia Justiça que não se cumpriu e o facto da situação de Flavia não ter tocado o coração dos homens no ponto da verdade e da reparação.
Um beijo muito especial às duas

Simone Marques disse...

Muito obrigada pela visita!!!!
Fiquei mto feliz!!!
bjos a vc e a Flavia!!!
Força sempre!!!!

Daniel Savio disse...

Mesmo sendo um aniversário triste, faz treze anos que você não se deixou abater e luta para justição e prevenção vençam...

Fiquem com Deus, menin Odele e menina Flávia.
Um abraço.

LILIANE disse...

Odele, querida....
como você é uma mulher forte.
que soube transformar uma situação dolorosa em algo que ajude outras pessoas.
neste dia, peço que a força divina esteja em sua vida e em sua família.
não me esqueço de você e de seu exemplo de força!
beijo na Flavia.
beijinho em você.

Professora Lúcia disse...

Oi Odele, em primeiro lugar um abraço fraterno com muito calor humano, moro no interior da Bahia e assistir ao caso da Flávia e me emocionei muito, este é meu nome preferido - amo de coração - uma longa história... Estou visitando este blog para registrar o meu apoio a esta causa e dizer-lhe que a partir de hoje estarei orando para você e Flávia,para que Deus possa lhe agraciar a cada dia com mais força!

Related Posts with Thumbnails