Este blog, criado em janeiro de 2007, é dedicado à minha filha Flavia e sua luta pela vida. Flavia vive em coma vigil desde que, em 06 de janeiro de 1998, aos 10 anos de idade, teve seus cabelos sugados pelo sistema de sucção da piscina do prédio onde morávamos em Moema - São Paulo. O objetivo deste blog é alertar para o perigo existente nos ralos de piscinas e ser um meio de luta constante e incansável por uma Lei Federal a fim de tornar mais seguras as piscinas do Brasil.

DESTINO: BRASÍLIA, NOVE ANOS DEPOIS

- 9 de março de 2008
Como muitos sabem, um dos focos deste blog tem sido protestar contra a lentidão da justiça brasileira em condenar os culpados pelo acidente com Flavia, a lhe pagarem uma indenização adequada à gravidade do acidente que lhe deixou em coma vigil, estado em que permanece há 10 anos.

Já li nos argumentos da empresa JACUZZI, por mim processada, que uma indenização maior do que aquela concedida, em torno de 50 mil reais, me tornaria rica, ao que respondi neste blog: ”Rica eu era senhores, quando Flavia era saudável e seu sorriso lindo iluminava tudo e todos”.

Só mesmo empresas que estão mais preocupadas com seus lucros do que com vidas humanas, podem usar um argumento desses, pois nenhum dinheiro do mundo pagaria uma perda desta proporção: - a saúde de minha filha. Acaso não sabem os senhores da Jacuzzi que o sofrimento não tem preço?! As indenizações concedidas após 5 e 7 anos foram aviltantes e o valor não seria suficiente para eu cuidar de Flavia pelo resto de sua vida. Mas com isto os responsáveis pelo ocorrido com minha filha, não se importam e até agora a justiça paulista também não.

Seria preciso que os juízes que julgam processos que envolvem perdas causadas por acidentes graves ou fatais, se dessem conta de que a condenação exemplar dos culpados poderia inibir negligências e evitar novos acidentes, além claro, de possibilitar cuidar das vítimas e lhes oferecer o que for possível em qualidade de vida. A condenação dos culpados teria que ocorrer em um curto período de tempo. Mas a justiça é lenta e por isto se torna injusta. O processo de Flavia, há nove anos na justiça paulista, teve finalmente a autorização para ser julgado em Brasília – última instância. A decisão foi publicada no Diário Oficial de São Paulo.

Como o despacho que autoriza o encaminhamento do processo de Flavia à Brasília é escrito num vocabulário nem sempre fácil de entender para quem não é da área jurídica, pedi para meu advogado me dizer em outras palavras o que está escrito no documento originado no Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo.

" Por decisão de 25 de Fevereiro de 2008, o Desembargador J.G.JACOBINA RABELLO, em exercício na Presidência da Seção de Direito Privado do Tribunal de Justiça de São Paulo, admitiu o recurso especial ofertado por FLAVIA SOUZA BELO e sua mãe ODELE SOUZA, para julgamento, em Brasília, pelo SUPERIOR TRIBUNAL DE JUSTIÇA. Desse modo, serão revistas, finalmente, as precedentes decisões proferidas em São Paulo, porquanto reconheceu o Sr. Desembargador que o Tribunal Paulista dissentiu de outras decisões judiciais ao examinar a apelação de ambas. O recurso tem amplo objetivo: Elevar o ínfimo valor das indenizações até aqui conferidas à mãe e filha a título de danos físico e moral, suprimir a co-responsabilidade atribuída a ODELE pelo ocorrido, impor uma reparação pecuniária diante do gravíssimo dano estético e neurológico que acomete FLAVIA e, principalmente, ver responsabilizada a fornecedora e fabricante do equipamento superdimensionado adquirido pelo Condomínio, a empresa JACUZZI. O processo será enviado a Brasília dentro de 60 dias aproximadamente. Lá será distribuído, para exame e julgamento, a um dos Ministros daquela Alta Corte. Uma decisão final, porém, ainda poderá levar anos."Após nove anos lutando na Justiça Paulista para fazer valer os direitos de Flavia, ler a frase que encerra o parágrafo acima, de que a decisão final do processo poderá ainda demorar anos, é no mínimo, frustrante. No entanto, aprendi ao longo desses 10 anos em que minha filha está em coma, que diante das dificuldades da vida, só temos mesmo duas opções: Desabar ou lutar. Pelo que venho escrevendo neste blog, acho que já ficou claro que escolhi a segunda opção.

Até o próximo post.

Meu nome não é Odete, como algumas pessoas escrevem nos comentários, é Odele, com L e não com T.
Obrigada.

58 comentários

  1. A Luta continua até que se faça justiça. Flávia merece a maior qualidade de vida possível e para isso são necessárias condições económicas para que sua mãe, Odele, possa dar a Flávia todos os cuidados que ela necessita. Estou aqui para apoiar Odele nesta luta. Estou aqui também para Odele poder desabafar sempre que for necessário, até que sua luta lhe dê a vitória merecida.

    ResponderExcluir
  2. Odele querida, agora chorei!!! Realmente perguntei pro Adriano e ele me disse que pode demorar anos ... mas tenho fé, como você!!!Vamos juntos, lutar!!! Quanto ao recadinho lá na Drika, o concurso eu prestei este ano, então tem chão!!! Mas sigo em frente, lutando (nem um grãozinho da sua luta é claro). Sei que sou capaz, e, algo bom está por vir. A nova faculdade vai me ajudar muito, principalmente para meu crescimento pessoal, pois "descobri", que no Brasil só funciona na base do quem indica!!! E ser "indicado" é um privilégio pra poucos. Fiquem com Deus, e, sábado retornarei!!! Beijos ... Eliana.

    ResponderExcluir
  3. Odele
    Nós não desistimos. Nunca.
    Um abraço

    ResponderExcluir
  4. Desculpa a msg colada...

    Viemos aqui para lembrar voce que amanha eh dia de nossa coletiva pela
    valorizacao da mulher brasileira ! Ja contamos com cerca de 200
    pessoas que assim como voce abracaram com carinho essa linda campanha
    pelas mulheres. Amanha eh dia de luta na blogosfera e contamos com seu
    apoio.

    Se ainda esta sem ideias para seu post, busque inspiracao em nossos
    blogs pois la voce encontrara varias ideias de abordagem. Se ainda nao
    for suficiente nos escreva que podemos lhe ajudar sem duvida.

    Um forte abraco e amanha fique certo que nos e mais um monte de
    pessoas estaremos aqui para ler o que voce tem para nos contar !

    Meire - http://meiroca.com/2008/02/05/pela-vlorizacao-da-mulher-brasileira/
    Lys - http://universodesconexo.wordpress.com/coletiva-pelas-mulheres/

    ResponderExcluir
  5. Pelo que aprendi e vi durante quase trinta anos, pode levar sim, mas aqui e nesta fase é que seria de maior justiça a intervenção da sociedade civil, dos media, dos jornalistas, dos bloguistas e sobretudo a insistência de quem de direito no processo de Flávia. Falar, divulgar, escrever, mandar emails, protestar mas sempre...com civismo porque todos sentimos raiva, desespero e indignação pelo relato dos factos, mas nunca e nada será mudado judicialmente se não for pela via "diplomáticamente falando".
    Arranja mais um dia para uma blogagem colectiva, sem ser preciso agradeceres a todos para não chegares à exaustão.
    Vamos todos mandar emails para a empresa que tem emperrado o assunto e para os orgãos de soberania brasileiros e até portugueses apelando pela rapidez
    Vamos todos divulgar a história de Flávia e
    vamos todos e por mim falo, mantermo-nos unidos e não deixar que caias e que te cales.

    Força garota e vamos vivendo um dia de cada vez.

    Beijocas sinceras e uma festinha muito especial a Flávia
    Vamos todos escreve

    ResponderExcluir
  6. Querida Odele,

    Sem dúvida que aquela ultima frase é frustrante ...

    mas como és uma mulher de FORÇA não desistes e fazes muito bem ... estamos todos aqui para te apoiar ...

    e ... estou de acordo com o que diz a Fatyly ...

    quando o processo já estiver em Brasília é altura de pensares numa nova blogagem colectiva.

    beijinhos e bom fim de semana

    ResponderExcluir
  7. Uma dura luta! A injustiça da lentidão da justiça. Que a força te acompanhe sempre, vocês merecem. Um beijo grande daqui para vós.

    ResponderExcluir
  8. Olá Odele
    A justiça só existe realmente quando é célere quando o não é torna-se injusta.
    Em toda esta demora apenas existe um sinal positivo.
    Um sinal de que a Flávia sairá vitoriosa do caso é a própria demora dos tribunais em atrasar a resolução do caso, na esperança de que voçês desistam por cansaço.
    FORÇA PARA SI E PARA A FLÁVIA PARA A RESOLUÇÃO DE TUDO ISTO.

    BEIJOS E ABRAÇOS SOLIDÁRIOS PARA VOÇES.

    PAULA PEREIRA

    ResponderExcluir
  9. Não tenho palavras, apenas FORÇA!
    Jinhos mil

    ResponderExcluir
  10. você fez a escolha certa nas opções..
    conte com toda a minha força quando o caso chegar aqui em Brasília!

    ResponderExcluir
  11. Odele,

    starei sempre acreditando na sua fé, na sua força de vontade de lutar pela vida de Flavia.
    Nunca desista.Deus estará sempre ao seu lado, creia.
    Qto a mim, estarei sempre torcendo para que a justica seja feita e que vc continue sendo esta pessoa, esta mae maravilhosa que é.
    Nunca esqueça;jamais vcs estarão sozinhas, vc tem amigos verdadeiros que torce por vcs, principalmente eu.beijos a vc e meninos.
    Pri Coimbra

    ResponderExcluir
  12. Olá, Flavia!
    Então, como vão essas praias?
    - Tu é que me podias dizer o que é que tens andado a fazer...
    Eu não te minto. Tu sabes, que não.
    - Mas quem falou aqui que tu me mentias?
    Sabes, eu ando ocupado com aquele problema que já te disse, faz muito tempo.
    - E como vão as coisas?
    Agora já vão um pouco melhor.
    - Assim, já estou mais contente. -, Não gosto nada de te ver atrapalhado.
    Obrigada pela tua preocupação, minha amiga.
    - Já quanto às praias, como perguntas-te ao princípio, têm corrido muito bem.
    Estou muito contente por isso.
    Agora vou-me embora, mas com uma garantia: para a semana que vem, vou contar-te coisas espectaculares...
    - Espero bem que sim, porque novidade, ainda que venhas sempre atrasado, não é costume trazer nenhuma.
    Mas para a semana trago, garanto.
    Abraços.

    David Santos

    ResponderExcluir
  13. Oi, Odele!

    Não é fácil mesmo lidar com a nossa justiça...
    Ao mesmo tempo q recebe a notícia de que o processo finalmente vai para Brasília, fica sabendo que ainda pode levar anos até chegarem a uma decisão... Vamos torcer para que o processo caia nas mãos de alguém que seja humano o suficiente para entender o que se passa com a Flavia.

    Beijo!
    Desculpe o sumiço.
    Ane.

    ResponderExcluir
  14. Oi, Odele!

    Não é fácil mesmo lidar com a nossa justiça...
    Ao mesmo tempo q recebe a notícia de que o processo finalmente vai para Brasília, fica sabendo que ainda pode levar anos até chegarem a uma decisão... Vamos torcer para que o processo caia nas mãos de alguém que seja humano o suficiente para entender o que se passa com a Flavia.

    Beijo!
    Desculpe o sumiço.
    Ane.

    ResponderExcluir
  15. Oi, Odele!

    Não é fácil mesmo lidar com a nossa justiça...
    Ao mesmo tempo q recebe a notícia de que o processo finalmente vai para Brasília, fica sabendo que ainda pode levar anos até chegarem a uma decisão... Vamos torcer para que o processo caia nas mãos de alguém que seja humano o suficiente para entender o que se passa com a Flavia.

    Beijo!
    Desculpe o sumiço.
    Ane.

    ResponderExcluir
  16. "Não há mal que nunca acabe, nem bem que sempre dure..." Começo com esta frase, para vos dizer minhas queridas, que estou convosco nesta luta, vou estar aqui para vos apoiar sempre, e estou também de acordo com as palavras da Fatyly, VAMOS TODOS EM MASSA pedir POR FAVOR sejam o mais rápidos possível, mas sem correr e sem pressas para não haver falhas...

    Parece uma contradição, mas não é, quem esperou 10 anos, e agora leva com esta de "alguns anos", entristece, desmotiva... Mas tu és forte, a Flávia é forte, e nós somos a tua muleta, apoia-te nela sem receio que te ajudaremos a alcançar a Justiça...

    Beijão grande para as Duas GUERREIRAS di Séc. XXI.

    Beezz

    ResponderExcluir
  17. Odele
    que bom que vc escolheu lutar.Fique na fé.

    ResponderExcluir
  18. Quando a gente lê estes posts em que relatas os meandros deste incrível processo, a nossa indignação e revolta, crescem ainda mais.
    Então essa alegação da empresa, de que, com uma indemnização mais justa, te tornarias rica, é de um insensibilidade horrorosa.
    Tenho um filho que está a acabar um curso de Gestão. Espero bem que ele, um dia, não venha a ser um director numa qualquer empresa, em que só esteja preocupado com balanço de contas, com gráficos de lucros, com números. Porque, para além disso tudo, estão pessoas. Carne, sangue, nervo.
    Se isso acontecer e eu estiver cá para ver, considerarei que também fui eu que falhei, pois não soube incutir-lhe outros valores.
    E, perante essa coisa a que teimam em chamar justiça, já vão faltando palavras para manifestar a nossa repulsa.
    Então, depois deste tempo todo, ainda vais ter de esperar um número indeterminado de anos?
    É por essas e por outras, que há gente que, em desespero de causa, comete actos tresloucados. Que todos, evidentemente reprovamos, mas que têm atrás de si todo um historial de violência que os desencadeou.Quase sempre, muito subtil, muito encoberta, muito falinhas mansas. Mas violência. Sem outra palavra.
    Força e coragem, Odele, sabemos que as tens.
    Que estamos contigo, também sabes.

    ResponderExcluir
  19. Já te conhecemos como lutadora, Odele, e sabemos que não és das que desitem. Estamos por aqui para te dar força nesta caminhada. Torcemos pelas duas.
    Abraço do Zé

    ResponderExcluir
  20. Odele, se vier a Brasília em época que eu estiver por aqui (imagino que pelo tempo que você disse, 60 dias, eu já esteja aqui permanentemente transferido rs...) por favor avise! No que puder ajudar, nem que seja apenas com a presença, farei! Comentei com alguns colegas do trabalho sobre o caso e todos ficaram tocados - só não passei o link do blog ainda porque ninguém lá tem acesso à internet no trabalho, e pouquissimos costumam acessar a internet em casa...

    Te desejo toda sorte do mundo, muita paciência e fé!

    Johnny C

    ResponderExcluir
  21. Queridas: INfelizmente não me surpreende esta "frase final"...já passei por um processo quando sofri um acidente de carro em 84 provocado por um advogado bêbado e drogado, mas cheio de amigos advogados e...juízes ! Uma corja miserável,que desconsiderou TUDO alegando que o fulano estava tentando escapar de um outro veículo que acabou abalroando-o(não havia qualquer sinal de batida, amassado ou raspão no carro deste fulano)...Mas acho que vc não tem outra opção mesmo (pelo aspecto financeiro, emocional, moral, etc...) Parece que são todos feitos de PLÁSTICO !!! Não tem sentimentos, família, princípios, NADA ! Será que a atitude seria a mesma se o sobrenome de vocês fosse outro, "mais interessante ou mais expressivo "? Com certeza que não !
    Se tivessem amiguinhos espalhados pelos "lugares chave" do governo/partidos/país/ da mídia o tratamento , a atenção e o impenho/interesse dedicados seriam os mesmos ? Certamente que não !
    A lentidão, o desinteresse, o adiamento, a insensibilidade são as diferentes facetas da injustiça que reina no nosso país, e que acarretam "catastrofes sociais" cujas dimensões ninguém se dá ao trabalho de analisar.Tenho vergonha de ser brasileira nestes momentos, de me sentir amarrada, impossibilitada de ajudar, de convencer, de transformar tudo isso - que já é péssimo, horrível, absurdo e totalmente desnecesário - e que poderia ser resolvido com apenas uma gotinha de humanidade, de compaixão (no sentido etmológico da palavra mesmo, e não como "pena ou dó"), de RESPEITO, de DIGNIDADE.
    De que natureza são estas pessoas que insisitem em "adiar",em se "des-responsabilizar" por uma decisão tão óbvia...Nem os animais os aceitariam em seus grupos - e olha que são irracionais...-deveriam ser banidos da raça humana, e constituir uma "escória à parte", última casta dos seres viventes insignificantes.
    Desculpe-me, mas foi "demais para mim".
    Confio que a Justiça Divina consiga tirar as vendas desta (In)juntiça humana, mas não apenas "lá no céu", e que vcs possam ser (de uma maneira mínima) ressarcidas de tudo. Um beijo carinhoso de todos nós, Betty, Ju, Arteiras Artesãs e suas famílias

    ResponderExcluir
  22. Agradeço sua visita ao nosso blog, mas muito mais pela maravilhosa oportunidade de conhecer de perto a sua luta. Fiquei muito sensibilizado e - certamente - indignado. Jacuzzi é o nome da empresa, né? Estarei editando algo sobre o assunto no nosso modesto espaço ilustrado com a belíssima foto da querida Flávia.
    Por não acreditar nos homens, creio que a justiça não está aqui ou ali, tampouco nos ministérios e nas togas de homens. Justiça nasce de um processo da indignação das vítimas e pelo que podemos aglutinar em volta dos descalabros. Não existe poder que não tenha seu "pé de Aquiles". O tempo, o processo invisível que vc vem tecendo vai resultar em algo que não trará Flávia de volta, mas renderá frutos para que outras Flávias não sejam vítimas de uma situação crônica de crimes e injustiças.Deus, que de perto tudo vê, fará sua justiça no devido tempo. Parabéns!

    ResponderExcluir
  23. Odele minha querida pode deixar quantos recadinhos vc quiser para Eliana lá no meu bloguinho ,vcs duas são muito queridas.
    Vc já provou que não desiste assim tão fácil,então eles não vão te ganhar pelo cansaço.FORçA!
    Bom domingo
    Drika
    fashion-family.zip.net

    ResponderExcluir
  24. Pois é, a todos nós que estamos junto com Odele nessa luta, é hora de arregaçarmos as mangas. Vamos pensar juntos maneiras de pressionar a Justiça de uma forma civilizada, pra que nossa Flavia tenha suas necessidades atendidas de uma forma minimamente digna. Agora, é um por todos e todos por Odele e Flavia.

    ResponderExcluir
  25. Odele, minha querida mãe coragem, dá-me um abraço! Obrigada pela força que nos dás, TU que tinhas razões para ficar pelo caminho! Estamos contigo minha amiga. Estamos com a tua Flávia. No sofrimento,na esperança, no carinho, na solidariedade...bem-hajas...beijos...

    ResponderExcluir
  26. odeLe,
    todos aqui têm certeza de q vc não vai esmorecer.
    boa sorte, sempre.
    abs
    ana

    ResponderExcluir
  27. Odele
    que poderei acrescentar a tudo o que aqui já foi dito? Apenas que pode contar com a minha solidariedade e apoio!
    Força!
    Um beijo cheio de carinho para as duas.

    ResponderExcluir
  28. Já li tantos comentários falando do descontetamento com a justiça que nem quero falar mais nada, acho que tudo que sinto já foi dito.
    Gostaria de saber se tem alguma coisa que possamos fazer, em materia de internet, para precioná-los, tipo mandar e-mail, publicar nos blogs.
    Saiba que me solidalizo com seu sentimento de indignação.
    Desejo boa sorte e que Deus te dê forças para mais essa caminhada.
    Beijo

    ResponderExcluir
  29. João MC Santos10 março, 2008

    É impressionante o seu relato, tão impressionante que fiquei sem saber o que escrever.
    Desejo que um dia (espero próximo) sua filha acorde desse Coma, e que você veja a justiça se cumprir.
    Não desanime minha amiga e que Deus lhe dê forças para continuar a lutar, como tem feito ao longo destes 10 anos

    ResponderExcluir
  30. "O processo será enviado a Brasília dentro de 60 dias aproximadamente. Lá será distribuído, para exame e julgamento, a um dos Ministros daquela Alta Corte. Uma decisão final, porém, ainda poderá levar anos."
    Odele é preciso entrarmos numa luta cerrada. O processo não pode levar anos. Pensa no que é preciso fazer.
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  31. Neste mundo de injustiça
    cada vez mais descontente
    é preciso que a preguiça
    não dexe travar a gente.

    É preciso que a Odele
    ganhe um novo julgamento
    em que se faça justiça
    pelo dano e sofrimento.

    É preciso que a Flávia
    tenha os cuidados devidos
    durante uma vida inteira
    de muitos escolhos sentidos.

    Deste lado do Oceano
    deste país nosso irmão
    estamos todos reunidos
    em torno desta questão.

    E vamos todos gritar
    seja onde for em que o grito
    parta o muro de indiferença
    e se torne um novo rito

    que se fará ouvir sempre
    até que a acorde a justiça
    até que doa a garganta
    enquanto a sorte que enguiça

    não mudar a sua roda
    contra tão grande injustiça.

    ResponderExcluir
  32. Podem contar comigo na divulgação deste caso.
    Espero que a coragem e esperança, não vos abandone...

    ResponderExcluir
  33. É muito injusto e cruel o que você e Flávia passam, mas a justiça há de vir e bem mais cedo do que você pensa. Assim torcemos!

    ResponderExcluir
  34. Acabo de conhecer o blog de Vocês.
    A estória de sua filha já conhecia-infelizmente se deu o fato.
    Quero te parabenizar pela força Odele, com certeza não é fácil!
    Sou uma mulher que também tem aprendido na dor, e estou comentando isto porque li vários de seus posts e me emocionei com todos eles.
    Também tenho convivido com a lentidão da Justiça do nosso país.
    Mas desejo à Flávia e você, o que desejo às minhas filhas e a mim.
    Coragem, continue lutando e a partir de hoje conte com minha solidariedade.
    Saiba que estarão em minhas orações.
    Receba minha energia positiva e minha admiração por sua luta. Nada pode ser mais forte que seu amor por Flávia, por este motivo vocês hão de vencer tudo pelo que passarem.

    Abraços fraternos e emocionados,
    Daniela Nascimento.

    ResponderExcluir
  35. Onde digitei estória, leia-se história.

    Danni

    ResponderExcluir
  36. "...Uma decisão final, porém, ainda poderá levar anos." !!!!
    dizes e bem ser frustante,
    mas eu acrescento que é absurda
    e algo estranha a forma como termina o despacho!
    aguardemos pelos próximos capítulos
    para que se faça justiça de uma vez por todas.

    bj Odele e Flavia

    ResponderExcluir
  37. Odele
    Uma mulher como você não desiste nem perde a esperança.
    Acredito que há muita luta ainda a travar e que talvez seja necessário endurecermos a forma como o fazemos.
    Não podemos facilitar e deixar que o caso se arraste durante anos e anos.
    Força Odele.

    Beijão

    ResponderExcluir
  38. Odele
    Uma decisão judicial não pode levar anos porque Flávia precisa de cuidados permanentes.
    A dor não tem preço mas o dinheiro garante o apoio que Flávia precisa por tempo indeterminado.

    Se ela acordar, e bem o espero, continua a precisar dum apoio especializado e ter garantida uma vida que muito dificilmente poderá ser aquilo que já foi.

    Odele diz o que é preciso e nós faremos.


    Beijinho para ti e para Flávia

    ResponderExcluir
  39. Boa noite e saudações amigas

    ResponderExcluir
  40. ...
    Uma empresa cujo argumento assenta na preocupação com a maior ou menor riqueza que uma indemnização pode trazer a quem ficou privado da mocidade, da juventude, da vida, não merece respeito.
    Só mesmo desprezo.
    Desprezo e um boicote ostensivo.

    Um beijo para a Flavinha.

    Um abraço

    ResponderExcluir
  41. eu já deixei um comentário no blog http://silencioculpado.blogspot.com/ e digo novamente que isto leva imenso tempo, infelizmente. por vezes as forças parecem faltar, mas nunca desistir. lutar, lutar sempre até ao último fôlego...

    ResponderExcluir
  42. Olá Odele!
    Nem tenho palavras que descrevam o sentimento de injustiça e revolta que senti quando soube da tua história e da tua filha, a Flavia...
    Também nós em Portugal temos um sistema de justiça lento e muitas vezes injusto. A minha esperança é que pessoas como tu não se calem jamais e continuem a lutar pelos seus direitos, dando esperança a todos aqueles que se sentem menos preparados para fazer o mesmo.
    Muita força e coragem!
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  43. Aqui estou eu também, Odele, para te dar uma forcinha. Vamos à luta até onde for preciso.

    Beijinhos para ti e Flávia

    ResponderExcluir
  44. Também o "Beja" se associou a este movimento de solidariedade colocando o link deste blog.

    Bjs

    ResponderExcluir
  45. Nossa meemocionei com sua historia!! Que barra né, bom estou apartir de hojebotando vc e sua filha em minhas orações, que faça justiça nesse pais, sorte!!

    ResponderExcluir
  46. A lentidão da justiça, contrasta com a velocidade com que as grandes empresas ou até os próprios governos fogem das susas responsabilidades.....

    Em Portugal é igual....

    Abraço, e beijo para a Flávia

    ResponderExcluir
  47. Odele
    Estou aqui para lhe dar força.
    "O processo será enviado a Brasília dentro de 60 dias aproximadamente. Lá será distribuído, para exame e julgamento, a um dos Ministros daquela Alta Corte. Uma decisão final, porém, ainda poderá levar anos."

    É preocupante e inadmissível. Temos que fazer algo mais contundente.

    ResponderExcluir
  48. olá Odele / Flavia

    é tempo de agir e sendo assim
    já passei das palavras aos actos.
    A blogosfera está a caminho de Brasília...
    :-)
    bjs Odele / Flavia

    ResponderExcluir
  49. Força mãe coragem! Sofialisboa

    ResponderExcluir
  50. Odele,que seja feita a justiça!!!E que Deus esteja sempre presente em suas vidas!!!
    tenho uma sobrinha linda que vai fazer dois anos e ela veio ao mundo faltando um pedaço do braço direito(só tem até o cotovelo) e olho pra ela e minha irmã(que é a mãe dela) e vejo o quanto são felizes e transmitem paz!Deus escolhe as mães certas para filhos especiais,e que mães,viu?Vcs,mães de filhos especiais, são realmente especiais!Parabéns por ser essa mãe!!!

    ResponderExcluir
  51. Grande Mulher, Grande Mãe, grande Ser Humano, grande lutadora!

    Força Mãe coragem!

    Um abraço

    ResponderExcluir
  52. Oi Odele!

    O mais importante você já faz: não desiste. E isso vale mais que tudo.

    Boa sorte na cruzada, força e fé.

    beijos,

    ResponderExcluir
  53. Oi Odele, me chamo João, sou de São Paulo - SP.
    Achei este blog por coincidência, procurando o que ler e me chamou a atenção sua história.
    É triste o fato ocorrido e mais triste ainda a lentidão da justiça do meu país (não sei se você é Brasileira ou Portuguesa).
    Espero que você consiga os seus direitos, mas espero ainda mais que isso, que sua filha fique boa, que saia do estado em que está.
    Nunca presenciei, mas já ouvi falar de casos parecidos e que as pessoas voltaram a viver normalmente.
    Desejo que Deus olhe por sua família e que vocês sejam abençoados com a recuperação da sua filha.
    No mais, a gente corre atrás.
    Bjs e até +

    ResponderExcluir
  54. Oi Odele, me chamo João, sou de São Paulo - SP.
    Achei este blog por coincidência, procurando o que ler e me chamou a atenção sua história.
    É triste o fato ocorrido e mais triste ainda a lentidão da justiça do meu país (não sei se você é Brasileira ou Portuguesa).
    Espero que você consiga os seus direitos, mas espero ainda mais que isso, que sua filha fique boa, que saia do estado em que está.
    Nunca presenciei, mas já ouvi falar de casos parecidos e que as pessoas voltaram a viver normalmente.
    Desejo que Deus olhe por sua família e que vocês sejam abençoados com a recuperação da sua filha.
    No mais, a gente corre atrás.
    Bjs e até +

    ResponderExcluir
  55. Roque Barros06 abril, 2008

    Odele e Flavia: Esta notícia sobre o encaminhamento do processo a Brasília representa uma nova fase, a definitiva, a respeito desta luta de Odele na Justiça. Gostaria que soubessem que seus nomes já estão em minhas orações no Terço, e Jesus e a Virgem já estão fazendo o melhor. Um forte abraço, Roque.

    ResponderExcluir
  56. Olá querida Odele e Flavia!
    Nunca havia post. em um Blog, nem sequer entrado em um. Alias nem sei por aonde cheguei aqui, mas não importa to feliz por ter tido essa oportunidade.
    Por mais que eu tente controlar as palavras e as emoções, fica difícil não ter vontade de sair correndo para te abraçar, te flar:-Ei to aqui, to por Ti!!!
    E to mesmo, no que eu puder fazer por vcs e por todos esses valiosos amigos virtuais que vc conquistou. Esses que com seus relatos, experiências lições de Vida, aliviam as dores uns dos outros, eu farei!!!
    Nesse Momento o que tenho para oferecer são pensamentos de Luz e Força iluminando todos os envolvidos nesse e em tantos outros casos que aqui relatam para unidos em pensamentos possamos acreditar na agilidade e satisfação do caso concluído. Acredito na co-responsabilidade, e a minha com Vcs será de manter meu estado de animo sempre a toda, pois assim poderei de uma forma humilde emanar oq tem de melhor em mim!!!
    Perdoa-me não ter conseguido ser sucinta, mas estou tomada de emoção de ter descoberto uma porta para que eu pudesse mais efetivamente compartilhar, trocar doar o bem e o bom q existe em mim.
    Bjin de Solidariedade e Amor no coração de todos!!!

    ResponderExcluir
  57. Quantas vezes nós pensamos em desistir,
    deixar de lado, o ideal e os sonhos;
    Quantas vezes batemos em retirada,
    com o coração amargurado pela injustiça;
    Quantas vezes sentimos o peso da responsabilidade,
    sem ter com quem dividir;
    Quantas vezes sentimos solidão,
    mesmo cercado de pessoas;

    Quantas vezes falamos, sem sermos notados;
    Quantas vezes lutamos por uma causa perdida;
    Quantas vezes voltamos para casa com
    a sensação de derrota;

    Quanta vezes aquela lágrima, teima em cair,
    justamente na hora em que precisamos
    parecer fortes;

    Quantas vezes pedimos a Deus
    um pouco de força,
    um pouco de luz;

    E a resposta vem, seja lá como for,
    um sorriso, um olhar cúmplice,
    Um cartãozinho, um bilhete, um gesto de amor;

    E a gente insiste;
    Insisti em prosseguir, em acreditar,
    em transformar, em dividir,
    em estar, em ser;

    E Deus insiste em nos abençoar,
    em nos mostrar o caminho:

    Aquele mais difícil,
    mais complicado, mais bonito.
    E a gente insiste em seguir,
    por que tem uma missão,
    Ser Feliz e Fazer as pessoas Felizes !

    ResponderExcluir
  58. Oi meu nome é Camila Castro e estou comovida pela a história da tua vida e da Flávia,estou lendo teu blog deste de manha e agora são quase 10 horas da noite e me sintu como se tivesse levado um tombo,sempre achamos que temos problemas e que nenhum problema é maior que o nosso,tenho 19 anos e ás vezes acho que minha vida é uma "droga" e me arrependo tanto de pensar assim,pois vendo a tua história,a tua luta... Me sintu uma tola de achar que nada dá certu pra mim,de hj em diante serei mais uma que faz pensamentos positivos pra tua filha,incluirei vocês em minhas orações sempre...Forças e que Deus te abençõe hj e sempre...Beijos...Ha sou eu que fiz o comentária acima anonimo é que eu naum tenho blog...

    ResponderExcluir

Related Posts with Thumbnails