Este blog, criado em janeiro de 2007, é dedicado à minha filha Flavia e sua luta pela vida. Flavia vive em coma vigil desde que, em 06 de janeiro de 1998, aos 10 anos de idade, teve seus cabelos sugados pelo sistema de sucção da piscina do prédio onde morávamos em Moema - São Paulo. O objetivo deste blog é alertar para o perigo existente nos ralos de piscinas e ser um meio de luta constante e incansável por uma Lei Federal a fim de tornar mais seguras as piscinas do Brasil.

PISCINAS! que deixem de ser armadilhas submersas

- 27 de abril de 2014


 
Mariana Silva Rabelo de Oliveira, oito anos, falecida em 03 de janeiro de 2014 quando teve seu cabelo sugado pelo ralo da piscina no Clube Jaraguá, Minas Gerais.

" 27/4/2014 às 00h45 (Atualizado em 27/4/2014 às 12h17)
Laudo diz que erro de engenharia causou morte de garota em piscina de clube

De acordo com a assessoria da Polícia Civil, o delegado responsável pelo caso, Thiago de Oliveira Souza Pacheco, da 3ª Delegacia de Polícia Civil de Venda Nova, informou que uma falha constatada na bomba de sucção da piscina oferecia risco aos banhistas. (negrito meu)
O inquérito sobre a morte de Mariana Silva Rabelo de Oliveira, de oito anos, não foi encerrado e o delegado ainda ouve algumas testemunhas. O policial também pediu dilação do prazo à Justiça.

O afogamento da menina ocorreu no dia 3 de janeiro deste ano, quando Mariana sofreu uma parada cardiorrespiratória após ser sugada pelo ralo de uma das piscinas do Clube Jaraguá.

Com a morte de Mariana, o espaço de lazer decretou luto por três dias e a piscina onde aconteceu o acidente foi interditada.

Entenda o caso neste link do R7MG"

Fonte: R7Noticias

"...uma falha constatada na bomba de sucção da piscina oferecia risco aos banhistas."

É preciso eliminar com urgência o risco que as bombas de sucção oferecem  aos usuários de piscinas. E  como ainda não existe no Brasil Lei sobre segurança nas piscinas, os acidentes vão causando vítimas graves ou fatais, principalmente entre crianças.

Quando  16 anos atrás, Flavia sofreu  este mesmo tipo de acidente que em janeiro de 2014, levou Mariana à morte, Flavia também teve parada cardiorespiratória e já saiu da piscina em coma, estado no qual minha filha   foi condenada a viver para sempre. Os acidentes causados pela sucção dos ralos de piscinas, são devastadores e quase sempre causam a morte da vítima, que presa embaixo dágua, se afoga.

Quando um acidente ocorre e se constata falta de segurança na piscina, esta deve sim ser interditada imediatamente e só reaberta quando os problemas de seguranca forem resolvidos. Em assim não sendo,  outras tragédias poderão ocorrer no mesmo local.

Esperemos  que  a Lei Federal para Segurança nas Piscinas, em trâmite na Câmara, seja votada com a  devida urgência  e na sequência, seja providenciado o respectivo regulamento para  que a Lei possa  sem demora, ser implementada e sua aplicaçao fiscalizada, de forma a evitar os inúmeros acidentes  que temos visto ocorrendo  pelo Brasil afora, acidentes esses, muitas vezes, causados por sucçao dos ralos.  A sucção dos ralos, tem vitimado, quase sempre crianças maiores: Flavia, Jaqueline, Luiza, Naisla, Gabriel, Rafael, Kauã, entre tantos outras. A sucção dos ralos pode ser evitada com a obrigatoriedade das piscinas terem instalados dispositivos de segurança  como por exemplo tampas anti aprisionamento, sistemas de liberação de vácuo, difusor, de suççao... Já as  cercas de proteção com portões auto travantes evitariam a morte de crianças pequenas.

Espero em breve poder publicar aqui noticias de Brasília, sobre os  avanços nos trâmites da Lei Federal para Segurança nas Piscinas, cuja votaçao  nos foi  inicialmente prometida  pelo Deputado Federal Darcisio Perondi, para Dezembro de 2011 e  após o programa da TV Globo - Fantástico de 12 de janeiro de 2014, novamente prometida para Março deste ano. Minha esperança aumenta pelo fato  de que tenho sido contatada de forma constante e  bastante atenciosa pelo assessor parlamentar do deputado, o advogado Frederico Borges que vai me posicionando sobre o andamento do Projeto lá em Brasilia. 

SEGURANÇA NAS PISCINAS!  Que venha a Lei, o regulamento, a rápida implementaçao, a fiscalizaçao,  a  punição dos infratores. Que as piscinas do Brasil deixem de ser armadilhas submersas e passem a ser espaços de lazer onde as crianças possam brincar em segurança. Como merece toda  criança.

Até o próximo post.

Meu nome não é Odete, como algumas pessoas escrevem nos comentários, é Odele, com L e não com T.
Obrigada.

2 comentários

  1. Infelizmente tudo que seja em prol do povo, demora tempos infinitos e assim vão surgindo novas vítimas.

    Agora a braços com a COPA e consequente segurança...outros casos vão ficando na gaveta...o que é triste, mas não desistirei, mão desistiremos e vamos em frente amiga e acredito que essa Lei sairá em breve.

    Um abraço de sempre e para sempre e mil beijos em Flavia

    ResponderExcluir
  2. Continuamos a partilhar contigo esta luta de tantos anos.
    Queremos também comungar contigo a esperança que manifestas de que, em breve saia essa Lei Federal, que, para além de regulamentar o funcionamento das piscinas, possa ser uma homenagem ao sacrifício da Flavia.
    Mas Março já lá vai e, mais uma vez, a promessa ainda não foi cumprida. É claro que não vamos desistir e vamos continuar a insistir junto das entidades competentes para que, finalmente, se possa dispor de um instrumento legal, que, não eliminando de vez os acidentes em piscinas, certamente que os diminuirá drasticamente.

    ResponderExcluir

Related Posts with Thumbnails