Este blog, criado em janeiro de 2007, é dedicado à minha filha Flavia e sua luta pela vida. Flavia vive em coma vigil desde que, em 06 de janeiro de 1998, aos 10 anos de idade, teve seus cabelos sugados pelo sistema de sucção da piscina do prédio onde morávamos em Moema - São Paulo. O objetivo deste blog é alertar para o perigo existente nos ralos de piscinas e ser um meio de luta constante e incansável por uma Lei Federal a fim de tornar mais seguras as piscinas do Brasil.

Blogagem coletiva: Em defesa da infância

- 18 de maio de 2009
18 de maio – Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual Contra Crianças e Adolescentes.
O Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual Contra Crianças e Adolescentes foi criado pela lei nº 9.970, de 17 de maio de 2000, em razão de um crime ocorrido na cidade de Vitória/ES, em 1973. Neste ano, uma menina de oito anos foi espancada, violentada e assassinada. Os culpados pelo crime não foram punidos.

A violência sexual contra crianças e adolescentes é um fenômeno que ocorre em todas as classes sociais e em escala mundial. Dados do Fundo das Nações Unidas para a Infância apontam que cerca de um milhão de crianças são vítimas de violência sexual no mundo a cada ano. Um exemplo ocorrido no Maranhão é o caso dos meninos emasculados, em que 42 crianças foram violentadas e depois mortas. O fato mobilizou a comunidade internacional.


Disque Denúncia 100. Para incentivar as denúncias dos casos de violência sexual, foi criado o Disque Denúncia Nacional de Abuso e Exploração Sexual Contra Crianças e Adolescentes. Discando o número 100, de abrangência nacional e gratuito, podem ser feitas denúncias de violência sexual praticadas contra crianças e adolescentes, que são encaminhas às autoridades competentes, preservando o anonimato do autor da ligação.
Leia mais:
Este post do blog Hippos

Meu nome não é Odete, como algumas pessoas escrevem nos comentários, é Odele, com L e não com T.
Obrigada.

21 comentários

  1. Isto é uma violência que tem que ser combatida. Beijos.

    ResponderExcluir
  2. Odele

    Olho bem aberto e denuncia.

    E muito abuso em cima dos inocentes.

    Temos que divulgar e ajudar.

    Beijinhos e boa semana.

    ResponderExcluir
  3. ODELE,
    PARABÉNS PELA SUA LUTA!
    Estou participando desta Blogagem coletiva pelo seu Blog.

    se vc achar conveniente, divulgue no seu blog o video "PAIS MAUS" está no meu blog, www.vandrefernando.blogspot.com

    Abç
    vandré fernando
    seu fã

    ResponderExcluir
  4. Também estou a colaborar na blogagem colectiva, neste Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual Contra Crianças e Adolescentes.
    Como digo no meu texto, todos nós deveríamos estar bem despertos para a necessidade de protegermos as crianças, naquilo que têm de mais inocente e de mais puro. Uma criança abusada, fica, desde logo, com marcas psicológicas importantes, muito difíceis, se não mesmo impossíveis de eliminar.
    Essa criança carregará, quase sempre, para o resto da vida, um trauma indelével que pode, em certas circunstâncias, transformá-la, ela própria, em abusadora.
    Infelizmente, há ainda muita tolerância ou mesmo conivência com estas situações. Ou porque elas ocorrem no seio familiar ou porque, mesmo, há interesses económicos envolvidos, como, por exemplo, os que fomentam o chamado "turismo sexual" (em certos países é uma triste realidade).
    Por isso é indispensável que mantenhamos uma atitude de atenção, vigilância e de denúncia. Pois a indiferença é, no fundo, a conivência que só protegerá os criminosos.

    ResponderExcluir
  5. Um horror cujos "autores" deveriam ser mortos sem dó nem piedade!

    Beijos

    ResponderExcluir
  6. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  7. É uma forma "triste" (no mínimo) de comportamento, pois que foram abusados hoje, se tornaram os abusadores de amanhã...

    Fiquem com Deus, menina Odele e menina Flávia.
    Um abraço.

    ResponderExcluir
  8. Querida amiga,
    É urgente combater e denunciar todo e qualquer tipo de violência, mas esta é das que mais me horroriza.
    Para mim este tipo de gente não merece o ar que respira.

    Beijinhos para ti e Flavinha,
    Ana Martins

    ResponderExcluir
  9. Odele,

    Que você continue tendo força e coragem nessa sua luta. Ha algum tempo venho acompanhando esse blog e fico me perguntando, no caso de pessoas em coma vigil, como o de Flávia, há alguma resposta a algum estímulo? Ou a pessoa somente consegue abrir e fechar os olhos? E desde esse tempo pra cá, teve alguma mudança nesse aspecto? Gostaria de saber com mais detalhes, e penso que até as pessoas que tenham parentes em situação semelhante, também precisem de respostas a essas dúvidas. É um mundo muito misterioso esse do coma.
    Fique com Deus!

    ResponderExcluir
  10. Olá Odele, parabens pela sua força, pelo seu amor!
    Caso tenho oportunidade entre no site www.divinismo.og, é um site maravilhoso que contem orações lindas... ofereço como um presente à flavia, leia a oração A MARIA (mãe de jesus) para ela em voz alta como presente meu, ok?
    Muitos beijos nas 2.
    COm amor, Andréia

    ResponderExcluir
  11. Odele, li a materia no globo.com e fiquei chocada mais uma vez com a falta de justica e prevalecimento de interesses economicos. Sou solidaria a sua luta, vou manifestar minha opiniao a vergonhosa Jacuzzi, atraves de email, divulgar a questao e conte comigo se precisar de mais. Sinto muito por tudo isso. Mas esse karma ruim eh so deles e ninguem, nenhuma (in)justica vai livra los disso. Abraco forte e carinhoso.

    ResponderExcluir
  12. Oi Odele ja pesquisou sobre equoterapia para o caso de sua filha? Abracos

    ResponderExcluir
  13. Oi Odele por acaso encontrei esse blog e dei uma lida relampago. Sua filha é muito bonita. essa história me lembrou uma outra q aconteceu em Recife, quando uma jovem de 17 anos +-, dubmeteu-se a uma cirurgia de ovários e depoios de alguns dias começou a perder os movimentos das pernas e finalmente todos os outros e entrou em coma por vários anos. A mãe passou a mrar no hospital com ela q ñ respondia a nenhum estímulo. Foi de uma forma q a mãe contraiu tuberculose e faleceu. Ninguém sabe explicar, mas depois a mãe faleceu essa menina voltou a vida e a última notícia q tive estava numa cadeira de rodas. Mas falava normalmente, reconhecia as pessoas e não pareci q passou tantos anos em coma e q já estava em posição fetal. Só quero te dizer q tenha esperança q um dia sua filha acorda desse sono. Pq essa menina q te falei ninguém tinha mais esperanças. Fiquei surpresa qdo soube da recuperação da mesma.

    ResponderExcluir
  14. Boa Noite Odele! Acabo de ler sua história e gostaria de manisfestar o prazer q senti em ver sua luta! fiquei com vontade de podeer ajudar de algumas forma a aliviar essa dor q vc deve estar sentindo a tanto tempo! Amo meu filho, mas depois de sua his tória percebi q devo amá-lo o maximo q meu coração aguentar! Nunca deixe ninguem se aproveitar da sua dor! Podem te prometer curas milagrosas, mas o que realemnte pode curar é seu cuidado e seu amor! A esperança NUNCA MORRE! Muitas pessoas com bons pensamentos estão com vc, mesmo que vc não as veja!

    Cuidem de nossas crianças pessoas!

    ResponderExcluir
  15. Olá Odele. Li sobre sua luta, tenho uma filha de 5 anos, e ano passado perdi minha afilhada, sofri muito. Imaginar o que você esta passando é impossível. Sinto muito que pessoas inescrupulosas tenham abusado, e ainda tentem abusar, da sua dor e esperança. Porém, separando o joio do trigo, mantenha sua fé em Deus. Sua filha está do seu lado. O corpo inerte, no entanto, o espírito é livre. Seus sonhos são seus encontros no outro lado, onde livre do pesado fardo ela encontra a paz que não há nesse mundo. Tenha paciência e fé. Em nossas orações lembraremos vossos nomes. Fique na paz de Deus.

    ResponderExcluir
  16. Odele,
    Me chamo Sthefânia,tenho 27 anos, sou de Recife e hoje conheci a sua luta. Nesse instante percebi como nos queixamos da vida por meros motivos, enquanto uma mãe tão dedicada como você aparenta agradecer por sua filha e viver intensamnete por ela todos os dias de sua vida.
    Não imagino o quanto seja difícil, apesar de ser mãe de um lindo menino de 7 anos. Nunca conseguimos mensurar a dor alheia.
    Mas espero que Deus continue lhe iluminando para que você, neste sentimento mesclado de amor e tristeza, siga expressando à sua querida filha, que vai estar com ela para sempre; até o fim.
    Acompanharei, a partir de hoje, o seu cotidiano. Um grande abraço.
    Sthefania Castelo Branco.
    Sthecastelo@hotmail.com

    ResponderExcluir
  17. Apenas hoje conheci sua historia de luta, dor e muito amor...
    Gostaria que você lê-se em tua bíblia este texto. Revelação(Apocalipse) 21:4. Perdi meu pai a pouco tempo, e pode acreditar foi nas promessas de Deus que encontrei conforto, vi tua busca por espiritas, pessoas prometendo salvar tua pequena... Mas só Deus pode nos ajudar e ele nos deixou a Bíblia, para nos confortar, e nos mostra uma esperança maravilhosa. Não Deixe de ler o texto que eu mencionei.

    Abraços de Coração.

    ResponderExcluir
  18. Boa tarde, li a reportagem na revista Época e gostaria de dizer-lhe, e à Flávia também, eis-me aqui.

    Eis-me aqui, sou seu amigo
    Estou aqui com você
    Eis-me aqui no seu abrigo
    Onde mais ninguém te vê
    Eis-me aqui na luz contigo
    Mas você nunca me vê.


    Eis-me aqui no horizonte
    Como parte do universo
    Eis-me aqui em vôo rasante
    Para lhe trazer um verso
    Eis-me aqui nessa vazante
    Da qual eu sou o reverso.

    Eis-me aqui pra sugerir
    Mais um amigo aceitar
    Eis-me aqui pra me insurgir
    Contra a sina do penar
    Eis-me aqui pra confundir
    Com o que tenho pra falar.


    Eis-me aqui pra melhorar
    As coisas que dei aos meus
    Eis-me aqui pra aplainar
    A estrada para os meus
    Eis-me aqui pra revelar
    Sou filho do próprio Deus.

    ResponderExcluir
  19. queria destacar a reportagem de ontem, se vc nao a viu: http://jornalnacional.globo.com/Telejornais/JN/0,,MUL1391227-10406,00-MEDICOS+ACHAVAM+QUE+HOMEM+ESTAVA+EM+COMA+POR+ANOS.html

    td de bom pra vcs.

    ResponderExcluir
  20. sou mae sei como se sente em situaçao a sua filha...busque a Deus ..tenho testemunhas de pessoas curadas de cancer de tumores,procure a igreja universal do reino de Deus com certeza atraves de Deús e os pastores vc e sua filha terao a vitoria...FAÇA CAMPANHAS E VC VERA O RESULTADO...SE TODOS SOUBESSE O PODER DE UMA ORAÇAO...HA VITORIA É DE VOCES

    ResponderExcluir

Related Posts with Thumbnails