quinta-feira, 10 de janeiro de 2008

FLAVIA NA CASA DELA, MESMO EM COMA.

Ru2x do blog SIDADANIA, (Portugal) um dos favoritos de Flavia, me pediu para escrever sobre como é a rotina de um dia de cuidados com ela, para ele publicar lá no SIDADANIA. Ele entende que por Flavia estar em coma vigil há 10 anos e por ser cuidada em casa, minha experiência em conviver com uma situação tão dolorosa quanto delicada, poderá estar ajudando outras pessoas.

Palavras de Ru2x:

pois essa luta poderá servir de atenuante na revolta que para muitos existe em todas as tarefas a que a SIDA obriga e que nos fazem sentir como seres infelizes. Por pior que seja a nossa dor, há sempre alguém com dores mais profundas que a nossa”
Para ler o texto onde falo de como é a rotina de cuidados com Flavia, click neste link. SIDADANIA.(*)

(*) Ru2x, autor do blog SIDADANIA, é um infectado pelo vírus HIV, que se dedica ao estudo da doença e a ajuda à pessoas recém infectadas. Visite o SIDADANIA. Não só para saber como no dia a dia, eu cuido de Flavia em coma, mas para ler informações importantes sobre SIDA/AIDS que Ru2x nos passa em seu blog. Deixe lá seu comentário. Prestigie esse trabalho, importante para todos nós.

Obs: SIDA = Síndrome da Imunodeficiência adquirida. O termo SIDA é normal em Portugal.

AIDS = mais comum no Brasil.

Um abraço.

Até o próximo post.

28 comentários

Ramon de Alencar disse...

...
-Odele,Flávia e irmão.. pensei em vocês todos no fim deste último ano... e no começo deste também...
E eu só tenho a agradecer tudo o que ensinam...a mim e as pessoas...

que tenham um bom ano a mais em suas vidas...

Ana Pallito disse...

Uma VIDA, muitos (a)braços.

Para ti Odele

Isabel-F. disse...

Bom dia, querida Odele,

Já estive no Sidadania e tive oportunidade de ler o teu dia a dia com Flávia ...

conhecendo já há meses a situação de Flávia, uma lágrima teimosa rolou pela minha face.

beijinhos para todos vós

Ru2x disse...

Obrigado, pelo texto que escreveu para o "Sidadania" ele está lindo.
Peço perdão por lhe ter dado o trabalho extra de cuidar de muitos meninos,com HIV.O seu texto sobre o trabalhar a dor é maravilhoso e vai ajudar muitas pessoas a sair da "fossa" em que se encontram, muito em especial aqueles que foram diagnosticados à relativamente pouco tempo.
O estado em que se encontra Flávia é culpa de outros,ela é vitima da irresponsabilidade e incuria de uma empresa preocupada somente com os seus lucros.A AIDS/SIDA é culpa de cada um de nós directamente com excepção das crianças infectadas verticalmente pelos progenitores.
Trabalharmos na luta para que casos novos não aconteçam é a nossa missão. Obrigado Odele por simplesmente existires.

Betty disse...

Querida Odele

Todos temos dificuldades na vida, umas maiores outras menores, mas as pessoas, em geral, teimam em colocar tudo como uma "tragédia".
É importante ler o que você e o Ru2x escrevem, meditar e aprender a lutar com dignidade pela vida.

Um beijinho carinhoso.

Pena disse...

Grandiosa e estimada Amiga Odele:
A minha deslumbrante Amiga é uma pérola preciosa digna de registo e atenção. Um tesouro imenso e um terno e carinhoso Ser Humano.
Li com atenção o Blog do RU2X e a sua descrição sobre os cuidados que tem diariamente com a doce e maravilhosa Flávia.
Fiquei perplexo, fiquei perturbado fiquei vivendo um desassossego como cidadão com que lido e vivo afectivamente e permanentemente com o que sou.
A minha amiga é incansável, enternecedora e ama um ser lindo, a Flávia, mas creio, que ama a Humanidade com este gesto de encanto.
Senti um arrepio espinha abaixo perante a descrição que efectuou sobre o seu quotidiano e o quotidiano da Flávia.
Admiro-a, muito, sabe?
Um grandioso Bem-Haja gigantesco sobre o deslumbrante e terno Ser Humano do tamanho do Mundo que é.
Olhe, Não estou muito por dentro das pessoas que vivem em coma.
Pergunto humildemente: Haverá a hipótese de ela sair do coma em que vive?
Seria a maior prenda que me poderiam dar, acredite?
Preocupo-me com as pessoas porque são pessoas e com o bem-estar e harmonia da Humanidade.
Nutro por si grandiosa estima e só desejaria o seu bem e o bem da Flávia.
É um exemplo vivo de humanismo e solidariedade para com todos nós. Dá-nos verdadeiras lições de vida, de amor, de ternura, de carinho, da atitude sensata e sofrida como se expressa com encanto.
Beijinhos amigos de poderosa estima e respeito.
Com imensa consideração

pena

Beijinhos a duas maravilhosas pessoas: A MINHA AMIGA e à DOCE FLÁVIA!

Mário Relvas disse...

Olá Odele

já conheço este blog do Ru2x e já visitou o aromas. A "Sidadania" é um bom blog que merece ser lido com atenção e reflexão.

A SIDA é uma doença como outra qualquer, que merece ser tratada com dignidade e os seus protagonistas, que nunca o desejaram, são pessoas. Só acontece porque são seres humanos e o preconceito é sinónimo de atraso e de estupidez.

A SIDA -AIDS precisa de divulgação, mas não de medo!

Para ele e para si o meu abraço com AROMAS DE PORTUGAL

O AUTISMO EXISTE

DIVULGUE-O!!

Águas da Vida disse...

Querida Odele!
Estava refletindo e imaginando sua dor com o problema de Flavia, mas ao mesmo tempo penso que ela ver e ouve tudo, nesse estado que se encontra de expiaçao nao podendo falar com a familia ou responder os gestos de afeto, penso que cada ser humano passa por um processo de evoluçao para alcançar degraus nessa grande escalada da vida espiritual, o relogio parou naquele dia em que Flavinha sofreu o acidente, como num pesadelo, mas creia que Deus jamais lhe abandonou e estara sempre ao teu lado lhe dando forças e transformando essa senhora de familia numa grande guerreira do dia a dia, a guerreira Odele que enfrenta obstaculos, criticas mas jamais deixara de ter o carinho e o afeto de seus verdadeiros amigos que lhe querem bem. Levante sua cabeça querida amiga e continue na sua luta voce jamais estara so.
Nessa luta todas as pessoas de bem estarao ao seu lado de maos dadas aprendendo e ensinando com voce.
Beijos de luzes em seu coraçao.

Anônimo disse...

Odele querida, uma grandiosa lição de vida!!! Que você, Fernando e Flavia continuem lutando.Parabéns pela parceria Sidadania & Flavia .Eliana -Mogi Guaçu -SP

peciscas disse...

Depois de ler, com toda a atenção, o texto que mostra a tua rotina diária com a Flavia, a minha admiração por ti, que já era muito grande, passou a ser enorme.
Neste mundo tão falho de valores, tu és um exemplo!

Luciana disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Luciana disse...

Cara Odele, sou eu novamente, Luciana Bello - RJ. Venho perguntar se vc me [permite usar sua citaçao na minha pagina principal do Orkut. Vou colar aqui a forma como expus: "A dor há que ser trabalhada, sob pena de sucumbirmos a ela. Sem a pretensão de dar conselhos, mas sim como sugestão, eu lhe diria: Se você estiver passando por uma situação de dor, de sofrimento intenso, qualquer que seja a circunstância – qualquer – depois de um tempo de convivência íntima, de ter se entregue à sua dor de forma total e completa, reaja, saia do luto. Lute!"
Odele Belo, mãe de Flávia - em seu blog http://flaviavivendoemcoma.blogspot.com/

Odele, a partir de hoje, depois de ver sua historia, saiba que estarao incluidas em minhas oraçoes. Desejo do fundo do coraçao melhoras para Flávia pois apesar de minha esperança ter tomado outro rumo, ainda é esperança.

Beijos com carinho.

Fatyly disse...

Aterrei de novo em terras brasileiras e aqui estou. Parabéns pelo teu texto e uma vez mais só mostras que perante um obstáculo tão cruel e duro, fizeste uma ponte e enfeitas com o que podes...com o consegues para aveludar e seguir em frente.

Um beijo e outro especial à Flávia

xistosa disse...

Olhe ODELE, aqui em Portugal é natural que confundam o nome.
O vulgar é Odete, mas eu não confundo.
Venho aqui muitas vezes, mas não consigo deixar palavras que exprimem a minha revolta.
Tenho 61 anos, mas quando entro no blog, sinto um aperto no coração.
É por isso que não escrevo.
Nem sei o que posso ajudar, pois lamentar não adianta nada.

Só posso desejar-lhe força, para continuar a remar contra a adversidade.
Se necessitar de alguma coisa, vivo muito perto do Porto, é só pedir, pois eu estou reformado, mas a minha mulher reformou-se do ensino oficial, mas continuou com aulas num Colégio. Gosta tanto do que faz, que já lhe disse que vai morrer a falar para os alunos.

O "Sidadania", já o conhecia.
Aqui no Norte, ajudo uma associação, a REMAR de infectados com o AIDS.

Ainda se podem movimentar e há hipóteses de cura ou pelo menos retardar o avanço da doença.
Agora um anjo, numa cama, sem movimento ...
Olhe boa noite, que não consigo escrever mais!

Emília disse...

Odele,

Tomei a liberdade de copiar um trecho do post que vc mandou parao blog sidadania, reproduzi os direitos, achei muito bonita suas palavras...


bjs

maristela disse...

Odele. É da maior importância esse repassar a vivência adiante. Uma vez lhe mandei um mail sobre a possibilidade de você contar, em livro, toda esta saga com flavinha. Continuo achando que seria um documento valioso não só para vocês, como família, mas para o mundo todo. Pense com carinho a respeito.
bj

Juca disse...

Cara, Odele! Vim aqui saber como anda o processo da Flavia e me inteirar dos acontecimentos. Como você mesma disse, que os digníssimos senhores magistrados de Brasília possam dar um pouco de alento e justiça neste caso que já se arrasta há tanto tempo!!
Aproveito para deixar um abraço de conforto e de esperança a ti, à Flavia e ao seu filho. Muita luz, sempre!

Beijos e Abraços!
Juca

ADORO CROCHE disse...

Дмίgσ é...

  Дмίgσ é cαrίŋђσ,
   Дмσr, lєαlđαđє,
    Prєѕєŋçα cσŋтίŋυα
     є cυмρlίcίđαđє.
      É ѕίŋôŋίмσ đє αlєgrία
       υѕυfrυίr đα ѕυα cσмραŋђία.


  Дмίgσ é ρσrтσ ѕєgυrσ
   є σ ѕσl ŋυм đία єѕcυrσ.
    É αlєgrία ŋαѕ ђσrαѕ đє тrίѕтєzα,
     fίcαŋđσ ασ ŋσѕѕσ lαđσ
      ŋσѕ мσмєŋтσѕ đє ίŋcєrтєzα.


  Дмίgσ é υм αŋנσ ѕєм αѕαѕ
   qυє, мєѕмσ đίѕтαŋтє,
    ѕє fαz ρrєѕєŋтє α тσđσ ίŋѕтαŋтє.
      Дмίgσ é νσcê qυє тαŋтσ adimiro! um grande abraço!

Águas da Vida disse...

Um excelente inicio de semana querida Odele!
Big Kiss

Cristiane disse...

Odele querida,
Com certeza, irei lá no Sidadania sim, que é também para nós um exemplo de vida.

Obrigada por suas tão carinhosas visitas querida, é sempre um prazer recebê-la! E eu não conhecia André Rieu, obrigada pela dica, vou já já, comprar um cd, é bom demais! Vc conhece a Vanessa Mae? Muito boa tb, o Mário me trouxe um cd dela e eu amei!

Uma boa semana para vocês, beijinho na Flávia, em vocês duas...
Carinhosamente, Cris.

Professor Sergio disse...

Odele..estarei lendo a rotina... continuo vigilante e acompanhando passo a passo do sofrimento da família... Deus há de recompensá-los... a justiça divina não falha...ab e bj

Mário Relvas disse...

Olá. Como está o tempo aí no Brasil?
Aqui tem chuvido muito. Uma curiosidade, na cidade do Porto, onde me desloquei hoje mais uma vez na sequência dos exames que ando a fazer, a língua que mais ouvi hoje foi o português do Brasil...

Puxa gente do Brasil para xuxu..

Abraço Odele e Flavia

e cumprimentos aos amigos David Santos e ao Armando Magno

Zé Povinho disse...

Odele
Passo regularmente neste espaço e leio com atenção os textos e admiro silenciosamente a coragem e a persistência de uma Mãe, com M grande. Hoje segui para o Sidadania e li atentamente sobre uma experiência que desconhecia em absoluto, e por isso escrevi estas palavras que termino com um Obrigado.
Abraço carinhoso do Zé

Luci Lacey disse...

Odele

Como a blogosfera e solidaria com sua luta pela F;avinha.

E dando as maos que somos fortes.

Beijinhos e boa semana

amigona avó e a neta princesa disse...

Amiga Odele, fui conhecer o amigo indicado...li o seu post...deixo um ENORME abraço de amizade...

aDesenhar disse...

A solidariedade na Blosfera não tem limites.

O teu texto retrata bem as experiências vividas no dia a dia, de quem por força das circunstâncias, teve de alterar radicalmente a sua vida.
É triste e vergonhoso, quando os governos dos países, com responsabilidades e obrigações, adquiridas em qualquer eleição, não sejam depois capazes de cumprir com o prometido aos seus povos, no que diz respeito a um bem essencial que é a Saúde, e se preocupem mais com o seu bem estar,
ignorando hipocritamente o mundo real que os rodeia.

Com os vossos tesmunhos,
Odele e Ru2x
aprendemos assim a crescer como cidadãos, derrubando barreiras de preconceitos, e sensibilidades que por vezes estão associadas a estes e outros casos.

Obrigado Odele/Flavia e Ru2x
pela lição de vida
porque com o vosso exemplo
cresço como homem e ser humano.

abraço

aDesenhar disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Luciene disse...

Odele,
Ganhei quase uma tarde toda lendo o seu blog... fui para a primeira página e de baixo para cima, fui lendo cada letra, cada linha, cada parágrafo... Parava alguns minutos para abastecer de água, chocolate, refrigerante ou um salgado... Parava outros instantes para comentar com minha mãe (74 anos e vítima de 2 AVCs) o que estava lendo e dar a minha opnião... Creio que realmente nesses momentos de mudanças radicais em nossas vidas devemos tirar do mais profundo do nosso ser a força para superar as dificuldades e os momentos mais dolorosos de diagnósticos e pedidos e mais pedidos de exames... Mas saiba que te admiro pela força e perseverança. Mesmo que pela net sinta-se abraçada por mim e dê um beijo na Flávia e outro no seu filho... força amiga...

Related Posts with Thumbnails