Este blog, criado em janeiro de 2007, é dedicado à minha filha Flavia e sua luta pela vida. Flavia vive em coma vigil desde que, em 06 de janeiro de 1998, aos 10 anos de idade, teve seus cabelos sugados pelo sistema de sucção da piscina do prédio onde morávamos em Moema - São Paulo. O objetivo deste blog é alertar para o perigo existente nos ralos de piscinas e ser um meio de luta constante e incansável por uma Lei Federal a fim de tornar mais seguras as piscinas do Brasil.

Em coma,18 anos depois de novo é 6 de janeiro, de novo é verão

- 6 de janeiro de 2016
DICAS DE SEGURANÇA EM PISCINA
 com Augusto Araújo, perito em segurança de piscinas

De novo é 6 de janeiro e de novo esta data me revive uma dor da qual jamais vou me livrar. O dia de hoje me traz dolorosas lembranças porque no dia 6 de janeiro de 1998, portanto, completando hoje 18 anos, vi minha filha ter a vida dolorosamente transformada só porque Flavia nadava em uma piscina, infelizmente, funcionando fora dos padrões de segurança. Flavia tinha 10 anos então. Hoje Flavia tem 28 anos, é uma moça de beleza suave mas segue vivendo em coma, com todas as limitações que o estado de coma impõe.

Nesses longos 18 anos, muitas outras crianças foram vítimas, a maioria fatal, desse tipo de acidente, sem que nenhuma providência concreta tenha sido tomada por parte dos políticos, para que tenhamos no Brasil uma Lei Federal para Segurança nas Piscinas, muito embora os políticos tenham recebido em mãos, o texto do Projeto, cuidadosamente redigido com a assessoria de peritos em segurança de piscinas. Muito embora, o projeto tenha sido aprovado por três comissões em Brasilia, acabou sendo barrado no Senado pelo Senador Dario Berger, segundo ele, por considerar o texto "excessivamente técnico", uma desculpa do Senador, certamente para justificar sua falta de interesse em aprovar uma Lei que se aplicada e fiscalizada, poderia salvar muitas vidas E as tragédias de afogamento nas piscinas do Brasil, seja por falta das cercas de proteção, seja pela sucção dos ralos, continuam acontecendo em diferentes locais de nosso país.

É vergonhoso continuar a presenciar nas piscinas do Brasil, tragédias anunciadas com crianças pequenas caindo em piscinas sem cercas de proteção, ou crianças maiores sendo sugadas pela sucção dos ralos, quando bastaria que os políticos trabalhassem no sentido de aprovar o projeto de lei, com eles sabe-se lá, se na gaveta ou sobre a mesa, há quase 5 anos. É vergonhoso.

É vergonhoso que nem mesmo o longo estado de coma de minha filha ou a morte de tantas crianças por afogamento nas piscinas do Brasil, tenha servido de exemplo e alerta para que os senhores políticos se mexam e aprovem o projeto da Lei de Seguranças nas Piscinas. 

Diante da falta de interesse e da inércia dos políticos, a única forma de evitar os acidentes por afogamento nas piscinas do Brasil é a conscientização dos pais do perigo existente em piscinas sem cercas de proteção e sem tampas anti aprisionamento para evitar a sucção dos ralos. E claro, cobrar dos proprietários e administradores de piscinas a segurança necessária para que as crianças possam brincar sem correr risco de nunca mais voltar de um mergulho.








Meu nome não é Odete, como algumas pessoas escrevem nos comentários, é Odele, com L e não com T.
Obrigada.

4 comentários

  1. Imagino o que sentes amiga....
    É revoltante nada ter sido feito até hoje.
    És uma Mulher de Coragem por manteres a força de continuares esta luta.
    Beijinho

    ResponderExcluir
  2. Esta é uma data que sempre nos faz doer o coração. Este 6 de Janeiro em que comemoramos em vários países o Dia de Reis, é afinal um dia em que um absurdo mas evitável acidente roubou o sorriso, os sonhos e os projetos de uma linda Princesa.
    Mas é também uma data em que teremos, uma vez mais, de denunciar a atitude inqualificável de decisores políticos que obstaculizam o mais possível a aprovação de legislação que pode salvar vidas, evitando drasticamente este tipo de acidentes. A nossa homenagem ao sacrifício da Flavia que hoje mais uma vez se assinala, será continuarmos a luta e a denúncia. Acompanhando a Odele no seu empenhamento por uma Lei federal e na sua missão de informar e divulgar os cuidados a ter na prevenção de acidentes em piscinas.

    ResponderExcluir
  3. Uma data que te marca e muito e enfurece-me a INCÚRIA, DESLEIXO, O SILÊNCIO DE QUEM GOVERNA sobretudo em prol do que melhor o mundo tem: as crianças!

    Subscrevo as palavras do Peciscas!

    Força amiga e um bom dia

    Beijos e mil em Flavia de sempre e para sempre

    ResponderExcluir
  4. Conheci o blog agora, vou compartilhar pois esse projeto precisa ganhar força. E que Deus iluminem vocês nesse Ano que se inicia

    ResponderExcluir

Related Posts with Thumbnails