Este blog, criado em janeiro de 2007, é dedicado à minha filha Flavia e sua luta pela vida. Flavia vive em coma vigil desde que, em 06 de janeiro de 1998, aos 10 anos de idade, teve seus cabelos sugados pelo sistema de sucção da piscina do prédio onde morávamos em Moema - São Paulo. O objetivo deste blog é alertar para o perigo existente nos ralos de piscinas e ser um meio de luta constante e incansável por uma Lei Federal a fim de tornar mais seguras as piscinas do Brasil.

Ortostatismo, Flavia olhando o mundo do alto

- 13 de junho de 2014
Observada por Michele, Flavia, fazendo ortostatismo na cadeira “stand up” 

O ortostatismo (ficar em pé) é um recurso terapêutico que traz benefícios a pessoas que perderam a mobilidade, como é, infelizmente, o caso de Flavia. Antes de ter a cadeira stand up, Flavia já era colocada em pé, três vezes por semana, em uma prancha ortostática, A cadeira stand up substituiu a prancha com vantagens, porque tem dupla função. Na mesma cadeira, Flavia pode ser colocada sentada ou em pé.

No caso de Flavia, que com o acidente perdeu totalmente o controle do corpo, o ortostatismo é um procedimento delicado e precisa ser assistido. É feito só por mim ou pelo fisioterapeuta e sempre com a ajuda de outra pessoa. Reparem que Flavia está usando órteses nos pés, indispensáveis para posicionar corretamente, dar firmeza e evitar que os pés se curvem e provoquem lesões graves. As órteses que posicionam e protegem os pés de Flavia são feitas sob medida para ela, de forma a evitar, dentro do possível, que deformidades adicionais ocorram.

Antes de ser usada, a cadeira stand up de Flavia precisou passar por várias adaptações feitas em oficinas especializadas. Foram necessárias longas horas nas oficinas com Flavia até que a cadeira ficasse adequada às suas necessidades. Foram confeccionados um apoio para os joelhos e uma faixa que se fecha com velcro na altura dos quadris. Alças posicionam os braços e apoios deixam a cabeça e o tronco alinhados. Tudo é regulável e obviamente existe a preocupação de deixar Flavia o mais confortável possível.

Quem indicou o ortostatismo para Flavia foi sua médica fisiatra, a Dra. Cristiane Isabela de Almeida que atende Flavia há mais de 15 anos. Ficar na posição vertical, ou seja, ficar em pé, é de extrema importância para pessoas que passam longos períodos acamadas. O ortostatismo possibilita a descarga de peso nas pernas e pés, além de favorecer o funcionamento de várias funções do organismo, como por exemplo melhoria do retorno venoso, da função respiratória, intestinal, entres outras.

Acho importante que o uso da cadeira stand up seja indicado por médicos que acompanham a pessoa e que as adaptações na cadeira sejam feitas por profissionais especializados, como Terapeutas Ocupacionais e técnicos com conhecimentos específicos em adaptações de cadeiras de rodas. O uso da cadeira stand up sem a orientação desses profissionais, pode trazer mais malefícios do que benefícios para a pessoa.

Por ter consciência disso,  tive e mantenho os necessários cuidados com o uso da cadeira stand up por Flavia. Com os devidos créditos para a fisioterapia que sempre fez parte da rotina de cuidados de minha filha, os benefícios do ortostatismo também são visíveis na excelente forma física de Flavia, mesmo vivendo ela em coma vigil. E isso, dentro do possível obviamente, significa qualidade de vida. 

Um abraço a todos e até o próximo post.


Meu nome não é Odete, como algumas pessoas escrevem nos comentários, é Odele, com L e não com T.
Obrigada.

12 comentários

  1. Odele, ja tinha visto uma cadeira desta, mas nao sabia da importancia, enriquecedor seu post, beijinhos!!

    ResponderExcluir
  2. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  3. Parabéns pela explicação tão rica em detalhes,para nós leigos nesse assunto,se faz de grande importância tais informações,que Deus continue abençoando vcs!Também sou mãe de uma Flávia,que privilégio termos essas jóias em nossa vida,não é mesmo?Força e fé,conte com nossas orações.Bjs

    ResponderExcluir
  4. Conheço um jovem, hoje já com 24 anos, que a tem, mas desconhecia por completo as suas funcionalidades e hoje aprendi mais alguma coisa. Obrigado amiga e o teu zelo por Flavia é digno de registo.

    Beijos amiga e mil em Flavia de sempre e para sempre

    ResponderExcluir
  5. Olá Odele, muito boa a explicação sobre o uso adequado do aparelho.
    Muito bom ver os avanços da Flávia, ficar nessa posição não é nada fácil para quem fica a maior parte do dia acamada.
    Parabéns às duas.

    ResponderExcluir
  6. Se ainda fosse preciso, este post demonstraria quão minucioso e complexo é o acompanhamento da Flavia.
    Realmente, o estado de coma vigil da nossa Princesa implica cuidados muito especializados para que ela possa ter a melhor qualidade de vida possível.
    Entre esses cuidados avulta esta cadeira que teve de ser minuciosamente afinada para cumprir com eficiência as suas funções. E nós só podemos imaginar o muito tempo e preocupações que esse trabalho de afinação implicou. Mas, pelo que vemos, todo esse investimento valeu a pena.
    Gostaria também de realçar um pormenor enternecedor nesta foto.O modo como a Michelle olha a Flavia mostra o carinho com que a cachorrinha encara a sua jovem dona. Lindo quadro!

    ResponderExcluir
  7. Odele, suas palavras refletem o detalhe dos cuidados que Flávia precisa e a imensidão desse amor.

    Gostaria de enviar uma lembrança a vocês, um exemplar do meu livro. E teria a maior honra que ela ouvisse algum poema meu.

    ResponderExcluir
  8. Vcs fazem a diferença,como ser humanos que se preocupa com o proximo.

    ResponderExcluir
  9. Odele ....quero que saiba que foi uma honra poder ter acesso ao seu blog. Sou uma mãe que teve uma filha com um diagnóstico muito ruim ...timha hipotonia não iria andat nem falar este foi o diagnóstico. Bom resumindo amei esta filha com todo meu coração e parti para avida para cria la e tentar fazer meu melhor. Também era muito julgada em minhas atitudes para criar esta filha....os anos passaram e ela completou 14 anos andando falando e fazendo a quinta série. ..bom um dia ela ananheceu muito cansada foi pata o hospital e la permaneceu por 30 dias em coma induzido entubada sondada dieta por sonda..... enfim ao final fesyes trinta dias fazem seis anos que ela mora com Deus. ...porque te contei esta parte de minha vida? Por que acredoto neste amor que te impusiona ...lute creia sempre e ame a Flavia cada dia mais e com todo seu coração. Vou sempre orar pedindo que suas foro se renovem e seu supere tofas as barreiras que impedem que pessoas que não conbecem esta força do amor possam um dia entender que MÃE E ASSIM. ...AMOR INCONDICIONAL bjs

    ResponderExcluir
  10. Bom dia Odele,
    Não encontrei uma forma de falar com você por isso posto aqui:

    Você pode olhar nossa homenagem para a Flávia no link http://www.portalcolina.com/eventos/celebracao-da-primavera.html

    Meu e-mail de contato:
    fabiano@portalcolina.com.br

    Obrigado abraços, Fabiano

    depois se desejar pode excluir esse comentário)

    ResponderExcluir
  11. Quanto Amor, Odele ...
    Só tenho isso à dizer .
    P.s: quanto amor também nos olhinhos da podlle olhando a Flavia ...

    Um abraço e forças para continuar .

    Melissa

    ResponderExcluir
  12. Nossa muito emocionada a cada postagem sua Odele, que foto linda da Flavia com a cachorrinha.O modo de como ela olha Flavia os animais, e sua dedicação com ela me emociona de mais...Gostaria de dizer que com certeza Flavia vê e sente tudo, que Deus abençoe vocês.

    ResponderExcluir

Related Posts with Thumbnails