Este blog, criado em janeiro de 2007, é dedicado à minha filha Flavia e sua luta pela vida. Flavia vive em coma vigil desde que, em 06 de janeiro de 1998, aos 10 anos de idade, teve seus cabelos sugados pelo sistema de sucção da piscina do prédio onde morávamos em Moema - São Paulo. O objetivo deste blog é alertar para o perigo existente nos ralos de piscinas e ser um meio de luta constante e incansável por uma Lei Federal a fim de tornar mais seguras as piscinas do Brasil.

Lei Federal Segurança nas Piscinas: Um importante passo à frente!

- 14 de maio de 2014
  Criança na piscina, ralo sem tampa de proteção = Perigo!

 (Foto recolhida da Net e meramente ilustrativa) 

Tenho uma boa notícia para dar aos leitores do blog de Flavia.

De Brasília, recebi hoje pela manhã um telefonema do relator da Lei Federal para Segurança nas Piscinas, o Deputado Darcisio Perondi, e mais tarde de seu assessor parlamentar, o advogado Frederico Borges, me dando ciência de que após o parecer favorável do relator, o Projeto de Lei Federal para Segurança nas Piscinas, foi hoje aprovado por unanimidade pela Comissão de Seguridade Social e família. Viva!

Frederico Borges me explicou que a rigor o projeto teria ainda que passar por mais uma comissão, a de Desenvolvimento Urbano, mas tendo em vista a importância desta Lei, - é uma Lei que vai salvar vidas - o Deputado Darcisio Perondi deve conversar com o Presidente da Câmara, Henrique Eduardo Alves, (PMDB) – solicitando que o Projeto seja, com a devida urgência, apreciado pelo Plenário.

Vou escrever ao Presidente da Câmara, solicitando dele atenção e urgência para que o Projeto da Lei Federal para Segurança nas Piscinas do Brasil possa ser de fato LEI o quanto antes, de forma a evitar mais tragédias como os devastadores acidentes com crianças que temos visto ocorrer nas piscinas de nosso país.

O aprovação de um Projeto de Lei passa por muitas etapas, e passar pela etapa de hoje foi muito importante. Importante também é que tenhamos essa LEI aprovada, colocada a funcionar com urgência e fiscalizada com rigor, para que possamos ter piscinas mais seguras onde as crianças possam brincar sem risco de acidentes que as levem à morte ou as deixem vivendo em coma como vive minha filha Flavia.

Quero aqui deixar registrado meu agradecimento ao Deputado Federal Darcisio Perondi por ter me telefonado hoje de Brasília me dando essa excelente notícia. Fiquei contente Deputado! Agradeço também – e muito - ao seu assessor parlamentar, Dr. Frederico Borges que há meses vem fazendo contato comigo por telefone, me atualizando sobre o andamento do Projeto lá em Brasília.

Espero ter mais boas notícias em breve.

Um abraço a todos e até o próximo post.

Meu nome não é Odete, como algumas pessoas escrevem nos comentários, é Odele, com L e não com T.
Obrigada.

4 comentários

  1. PARABÉNS pela persistência, Odele. Tomara que tudo corra rapidamente de agora em diante e no próximo verão a lei esteja em vigor e sendo cumprida e fiscalizada!

    Suely

    ResponderExcluir
  2. FINALMENTEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEE UAUUUUUUUUU Dr. Perondi e é caso para também eu ficar muito feliz e dizer que "tantas vezes se bate à porta que um dia ela será aberta".

    Persistência, luta e acreditar serão sempre as minhas ferramentas e para ti minha doce amiga será o começo de um virar de página em nome da tua/nossa Flavia e de OU PARA BEM de todos que usufruam de UMA PISCINA SEGURA.

    Aquele abraço de sempre para sempre e mil beijos em Flavia

    ResponderExcluir
  3. Oi Odele ...

    Que bom. É uma vitória tua. Fico muito feliz.

    Beijinhos
    Isabel Filipe

    ResponderExcluir
  4. Muito embora ainda faltem mais alguns passos para se chegar à tão ansiada Lei, esta é uma excelente notícia.
    E quero desde já realçar que esta aprovação se deve em grande medida ao teu empenhamento, preserverança e saber. Parabéns por isso!
    E queria envolver nesta homenagem a nossa querida Flavia que, para lá do silêncio a que a condenaram, tem uma voz que é capaz de ultrapassar as barreiras do conformismo e da inação.
    É claro que, mesmo depois de estar em vigor, essa Lei só será eficaz se for acompanhada de uma rigorosa e competente divulgação e fiscalização.
    Vamos, então, esperar que bem depressa esses últimos passos burocráticos sejam dados para podermos celebrar, em definitivo, essa importante vitória que será um serviço público capaz de salvar vidas.

    ResponderExcluir

Related Posts with Thumbnails