Este blog, criado em janeiro de 2007, é dedicado à minha filha Flavia e sua luta pela vida. Flavia vive em coma vigil desde que, em 06 de janeiro de 1998, aos 10 anos de idade, teve seus cabelos sugados pelo sistema de sucção da piscina do prédio onde morávamos em Moema - São Paulo. O objetivo deste blog é alertar para o perigo existente nos ralos de piscinas e ser um meio de luta constante e incansável por uma Lei Federal a fim de tornar mais seguras as piscinas do Brasil.

Ralo de piscina: Mais um grave acidente com criança. Nossos Políticos? Continuam se omitindo

- 13 de abril de 2012

Imagem retirada do site do G1

Três de março de 2012 - Vila Velha, Vitória,  no Espírito Santo. A menina Brunella Comineli, de nove anos, teve os cabelos sugados pelo ralo da piscina de um condomínio. A criança só foi salva da sucção do ralo  porque teve os cabelos cortados com uma faca de churrasco. Brunella entrou em coma, foi hospitalizada, mas sobreviveu. Infelizmente, Flavia continua em coma. Há mais de 14 anos Flavia vive em coma vigil devido a um acidente idêntico ao que aconteceu no mês passado com Brunella. E conforme venho documentando neste blog, MUITAS outras crianças faleceram e continuam a morrer  no Brasil  em acidentes causados pela sucção dos ralos das piscinas.

No vídeo que pode ser visto neste link do site do G1, o “especialista e consultor técnico” de piscinas   José Wilson Moysés, refere-se ao acidente com Brunella como  “incidente e fatalidade” e diz que em 34 anos de experiência com piscinas nunca ter ouvido falar de um caso desses. Como assim Sr.José Wilson?! Há mais de  14 anos tenho minha filha em coma, pelo mesmo motivo que agora a menina Brunella quase morreu. Há mais de cinco  anos venho divulgando neste blog o caso de Flavia, exatamente para alertar para este tipo de perigo: A sucção dos ralos das piscinas. Qualquer pesquisa que se faça no Google mencionando ralo de piscina, chega-se facilmente ao blog de Flavia. E o caso de Flavia  tem sido mostrado pela mídia, entre elas, Revista da Folha, Revista Época, Programa da Ana Maria Braga da TV Globo. E quando se menciona o caso de Flavia, obviamente outros casos são mencionados. Causa-me muita estranheza que o senhor, um “especialista e consultor técnico em piscinas” nunca tenha ouvido falar que a sucção dos ralos de piscinas  causa acidentes graves e fatais e que tem levado muitas crianças à morte em nosso país. MUITOS desses acidentes estão documentados aqui no blog de Flavia que também foi  mencionado na matéria do G1.

E por favor, senhor José Wilson, não subestime a gravidade deste tipo de acidente e não o trate como “incidente ou fatalidade”. Este tipo de acidente Sr.José Wilson tem outro nome: NEGLIGÊNCIA.

Negligência dos  fabricantes de piscinas, negligência dos locais que administram todo e qualquer tipo de piscina. Negligência dos nossos políticos que se fazem de “surdos e mudos” ao meu apelo por uma Lei Federal para Segurança em Piscinas, com a obrigatoriedade do uso de dispositivos de segurança que evitam a sucção dos ralos.

E não adianta colocar a culpa nos pais, alegando  falta de vigilância com seus filhos, já grandinhos, como por exemplo no caso de minha filha Flavia que tinha 10 anos e agora Brunella com nove anos. E sabemos que este tipo de acidente acontece também com adolescentes e até  com adultos. Não ponham a culpa nos pais. Nenhum pai ou mãe tem como saber se a piscina onde seus filhos nadam tem uma armadilha submersa: O ralo da piscina.

A omissão dos políticos no caso da Lei Federal para Segurança em Piscinas, pela qual tanto venho lutando: Deixei minha filha em coma em São Paulo, e viajei para Brasilia em agosto de 2011, juntamente com peritos em segurança de piscinas e lá fomos recebidos pelo Deputado Darcisio Perondi relator da Lei que nos recebeu bem, mas depois disso, nem ele nem seus assessores nunca responderam a um único telefonema meu nem aos vários e-mails que lhes enviei solicitando notícias da Lei, cujo texto de emenda nos custou muito trabalho e  foi entregue em mãos do deputado Perondi. E desde então tenho feito contatos com outros políticos em busca de  apoio  para que a Lei de Segurança em Piscinas seja votada e comece a funcionar o quanto antes.  Mas esses políticos por mim contatados também não me deram retorno. Enquanto isso, por todo  o Brasil,  os acidentes com ralos de piscinas continuan fazendo vítimas graves e fatais

A matéria completa e o vídeo sobre o acidente com Brunella podem ser vistos neste link do  G1

Meu nome não é Odete, como algumas pessoas escrevem nos comentários, é Odele, com L e não com T.
Obrigada.

6 comentários

  1. A minha solidariedade para os que estão presos a legislação que não defende os utilizadores das piscinas.
    E não é obrigatório uma fiscalização?

    Odele, aquele abraço para si e um beijinho para a Flávia.

    ResponderExcluir
  2. Este Sr José Wilson NÃO EXISTE!!! Que isso?! Como um consultor pode ser tão por fora do assunto? É tanta indignação que sinto que fica impossível descrever. Mas isto pode justificar o descaso geral com acontecimentos tão sérios e infelizes.
    Obrigada pela luta, Odele. Luta que tem que ser de todos!
    Abracinhos floridos em você e Flavia
    Sue

    ResponderExcluir
  3. A maioria das pessoas só tomam consciência do assunto quando LHES BATE Á PORTA e digo-te que fiquei furiosa com tanta impunidade e negligência e amanhã vai de novo um furação de mails e vou descobrir esse de tal Wilson!!!!

    Aliás estou a pensar também enviar a tudo que são "espaços de lazer" direccionando como é óbvio o teu blogue,para não falar desses políticos aldrabões!!!!

    Beijos de sempre e para sempre e também para a tua nossa menina

    Tem calma amiga e

    ResponderExcluir
  4. Infelizmente, Odele, qualquer um pode ser "especialista" em qualquer coisa e sai dando entrevista por aí, como se entendesse do assunto. Isso ocorre nas mais variadas áreas, de religião à saúde. Enquanto não sai a lei, enquanto os clubes, condominios e fabricantes de equipamentos não se conscientizam, vamos continuar nosso trabalho de formiguinha.
    bjs

    ResponderExcluir
  5. É lamentável! E vai continuar sendo, não se regulamente este assunto.
    Leila Jalul

    ResponderExcluir
  6. Já começam a faltar palavras para expressar a nossa indignação perante estas ocorrências.
    Veja-se que, só neste ano, aqui se reportaram diversos casos de acidentes em piscinas. E que foi feito em consequência deles? Nada! Será que os políticos, em especial o Deputado Perondi reagiram colocando a urgência indispensável nessa Lei Federal que parece adormecida em qualquer gaveta de um qualquer gabinete de Brasília, se calhar sugada não por um ralo de piscina mas pela indiferença e pela irresponsabilidade.
    Mas, aqui, para além de tudo, fica a irritação pelas palavras desse tal Wilson que deve entender tanto de piscinas como eu de engenhos de cana de açúcar. Aquela explicação atabalhoada e ridícula que ele adianta para o acidente, só mostra que quem confiar nos seus serviços, está a ser enganado. Será que este Wilson nunca leu jornais, viu televisão, consultou revistas? Já nem falo em ter lido este blog pois ele nem deve saber que existe uma coisa chamada internet.
    Mas, se estivesse perante o sujeito, não deixaria de lhe enfiar pelos olhos dentro, os posts que aqui publicaste, em particular aquele em que o Augusto Araújo, esse sim, um verdadeiro especialista em segurança em piscinas demonstra como há dispositivos simples que, se usados convenientemente, evitariam a este tipo de ocorrências. E quem sabe se não haverá um dispositivo que, aplicado na boca destes Wilsons lhe possam desligar a fala logo que começam a dizer disparates, de modo semelhante ao que acontece com as peças de que o diretor da Sodramar nos mostra.
    No caso desta menina, a sorte foi estar alguém por perto que, de imediato, teve a excelente ideia de cortar os cabelos da Brunella. Assim ela pôde recuperar o seu sorriso, a sua escola, o seu ballet. O que não aconteceu com a nossa Flavia, que teve os sonhos, o sorriso, o futuro, dizimados pela negligência criminosa que a vitimou.
    Nesse sentido, as palavras desse idiota que fala como "especialista" é um insulto ao sacrifício da nossa menina.Não há desculpa para ele e para os outros que continuam inertes e indiferentes!

    ResponderExcluir

Related Posts with Thumbnails