Este blog, criado em janeiro de 2007, é dedicado à minha filha Flavia e sua luta pela vida. Flavia vive em coma vigil desde que, em 06 de janeiro de 1998, aos 10 anos de idade, teve seus cabelos sugados pelo sistema de sucção da piscina do prédio onde morávamos em Moema - São Paulo. O objetivo deste blog é alertar para o perigo existente nos ralos de piscinas e ser um meio de luta constante e incansável por uma Lei Federal a fim de tornar mais seguras as piscinas do Brasil.

Verão, crianças, piscinas: Atenção com a segurança

- 13 de novembro de 2011

Toda criança merece brincar em uma piscina segura

Com a proximidade do verão, as piscinas estarão recebendo muitas pessoas, principalmente crianças que adoram brincar na água. Enquanto não temos notícia da Lei Federal para Segurança nas Piscinas que tramita no Congresso é preciso que os pais se conscientizem de que a sucção dos ralos de piscinas podem causar acidentes gravíssimos ou levar à morte, principalmente de crianças. Essa conscientização deveria haver também por parte de quem administra piscinas, sejam elas particulares, coletivas ou públicas. Essa conscientização deveria existir também por parte de autoridades que têm o poder de criar leis obrigando o uso de dispositivos de segurança, que instalados nas piscinas, vão evitar a sucção dos ralos, evitando também tragédias e salvando vidas. Esses dispositivos, mencionados por peritos em segurança de piscinas, estão na proposta de emenda à Lei  Federal para Segurança em Piscinas que entregamos ao relator, em Brasilia, em agosto de 2011. 

Quando uma piscina estiver funcionando fora dos padrões de segurança, (falha na manutenção, limpeza da piscina com usuários dentro, ralo sem a tampa, equipamento superdimensionado...) a sucção dos ralos pode prender uma pessoa embaixo dágua, pelos cabelos ou por qualquer outra parte do corpo.

Em posts anteriores deste blog, estão documentados vários acidentes fatais causados pela sucção dos ralos de piscinas que certamente funcionavam de forma irregular. Na sua maioria as vitimas são crianças. Meninos e meninas sugados pelos cabelos, braços, pernas, rosto, barriga... e morrem afogados porque ficam presos ao fundo da piscina sem conseguir se desvencilhar da forte sucção do ralo.

Conforme já documentado neste blog, a criança americana Abigail Taylor, 6 anos, em abril de 2007, ao sentar-se no ralo da piscina onde brincava, teve os intestinos parcialmente sugados. Hospitalizada, a criança viveu alguns meses em grande sofrimento e veio a falecer. Este tipo de acidente é chamado evisceração e acontece como ilustrado na foto abaixo.


A evisceração ocorre quando as nádegas de uma pessoa “sela” totalmente o local da sucção causando um prolapso do reto e os intestinos são extraídos do corpo.

Somente uma Lei  Federal para Segurança nas piscinas poderá evitar novos acidentes causados pela sucção dos ralos. Insisto nisto. Essa lei já de nada vai adiantar para minha filha que vive em coma vigil há quase 14 anos, por causa da negligência  do condomínio onde morávamos que substituiu - sem a indispensável orientação técnica - o sistema de sucção existente na piscina, por outro superdimensionado. Mas essa lei vai  evitar que outras crianças venham a ter o destino de Flavia. Acredito que Flavia ficará contente  quando eu lhe contar que a  Lei  foi aprovada e que então as crianças (como era Flavia) estarão brincando em piscinas seguras.
 
Sei que às vezes me torno repetitiva, mas vou continuar insistindo nesse assunto até que a Lei Federal para Segurança nas Piscinas, com a obrigatoriedade de uso de dispositivos de segurança  (e nem são caros esses dispositivos) que evitam a sucção dos ralos, passe a ser uma realidade em nosso pais. Quando a Lei sair eu paro. Mas só quando a Lei sair.

Nota: Nesta 2ª.feira dia 21, no programa  MAIS VOCÊ da apresentadora Ana Maria Braga, TV Globo, foi apresentada  uma reportagem sobre afogamentos. Eu, e o Augusto Araujo de São Paulo, e  Antônio Santos do Rio, participamos da matéria. Obrigada ao programa MAIS VOCÊ por essa reportagem de utilidade pública. Quem não teve oportunidade de ver o programa, o link da reportagem é este:
http://maisvoce.globo.com/videos/v/piscinas-rios-e-praias-mais-voce-explica-como-prevenir-acidentes-no-verao/1703255/#/programas/20111121/page/1

Um abraço a todos e até o próximo post.

Meu nome não é Odete, como algumas pessoas escrevem nos comentários, é Odele, com L e não com T.
Obrigada.

15 comentários

  1. Não te importes de ser repetitiva, mais vale o seres do que não, sobretudo neste assunto que ainda vai fazendo vitimas. Não páras, nem eu e havemos de conseguir!

    Força e aquele abraço de sempre e para sempre

    ResponderExcluir
  2. Faço minhas as palavras de fatyly. Não se importe em ser repetitiva, sua luta é muito louvável. Não se canse.
    Beijo pra você e pra Fafa.

    ResponderExcluir
  3. Também concordo que nunca é de mais insistir quando se tem razão.
    Continuo é a não entender as razões por que essa proposta de lei que tu e os teus colaboradores já entregaram há tanto tempo ainda esteja rodeada de um muro de silêncio.
    Será preciso que aconteçam mais acidentes horrorosos, como esse que aqui descreves, para que os responsáveis políticos acordem?
    Assim, pelos vistos, ainda teremos pela frente uma luta que não pode esmorecer. Porque, se já não poderemos modificar a situação da Flavia, pelo menos podemos prestar-lhe uma homenagem que lhe é mais do que devida.E ela será conseguida no dia em que, finalmente, tenhamos leis a regular o seguro funcionamento das piscinas.

    ResponderExcluir
  4. Quando temos razão sempre é bom nos repetirmos.
    Uma palavra se torna mais forte quando for ouvida mais vezes.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  5. Odele, estava apenas de passagem, olhando pela net sobre pessoas em coma ha muito tempo, apenas p/ saber... e fiquei impressionada com a sua força! e com a da Flávia tbm! vcs sao mt guerreiras! que Deus proteja e ilumine vcs duas p/ sempre... e tda sua familia! E nao se esqueça nunca: NADA, ABSOLUTAMENTE NADA É POR ACASO! DEUS SEMPRE TEM UM PROPÓSITO PRA TUDO EM NOSSAS VIDAS! sei q nao tenho direito nenhum de escrever aqui pra vc p/ te dar conselho algum, mas vc é uma pessoa admiravel! e a ligação de vcs, nao é só dessa vida, desse mundo... vcs estao aqui p/ cumprir algo mto maior... Que Deus te abençoe! Bjos

    ResponderExcluir
  6. Nem o desemprego ou a falha do computador será desculpa para não poder deixar aqui uma mensagem. Nem sequer um hipotético estado d'alma que me arruína e que faz com que me abstenha. Mas hoje arranjei forma de passar por aqui para ver Flavia. Para saber de ti e dela. Para ler e reler a tua luta, Mulher e Mãe, com a coragem que já é raro encontrar nos dias d'hoje.
    Sabes que pouco ou nada posso fazer, mas o meu pensamento positivo estará sempre por aqui. Mesmo que cá não esteja.
    Um beijinho às duas.

    ResponderExcluir
  7. Odele, me mudei a 2 anos para um condomínio com piscina, e como já conhecia seu blog uma das primeiras coisas que fiz foi conversar com o salva vidas sobre o sistema de sucção. A aproximadamente 1 mês foi instalado um dispositivo de segurança na piscina caso ocorra alguma emergência. É um botão que fica em lugar bem aparente e bem sinalizado que para o funcionamento da bomba imediatamente. Fiquei muito mais tranquila agora quando meu filho vai a piscina. Mas ainda tenho medo da piscina de outros lugares e espero que essa lei seja aprovada com urgência absoluta. Muita força pra você e saúde pra Flávia. Abraços! Carol

    ResponderExcluir
  8. Olá Odele!
    Conheci seu blog e sua luta lá no Recanto das Mamães Blogueiras.
    Já li muita coisa por aqui e fiquei muito emocionada com tudo.
    Minha filhinha se chama Flávia também.
    Você é uma mulher incrível e te admiro por estares lutando para ajudar outras pessoas a não passarem por isso.
    Que Deus esteja sempre amparando você e a tua família e continue carregando a Flávia em Seus braços.
    Um beijo.

    ResponderExcluir
  9. Nossa Odele que bom que vc vai estar na ana maria, quem sabe assim, a justiça se comova mais e faça com que a empresa pague pelo erro cometido ngm, ontem quando li seu blog imaginei em mandar um email para o mais você para que a ana quem sabe a entreviste e mostre o perigo nossa e eu pensando como mandaria o email a ela ou ao caldeirão que mostra-se pelo menos sua luta contra tudo isso contra essa dor que jamais ira passar, muito bom mesmo,hoje conversando com meu marido contei a sua historia e disse a ele que tinha chorado muito lendo seu drama e que, você nao desistiu esta ali na luta junto com a Flavia, e comentei sobre a piscina pq eu tinha interesse em colocar uma no predio em que vamos morar mais pensando em todos os acidentes não so como o da Flavia, mais muitos outros eu mesma presenciei um em ima amiga que perdeu o dedo do pé no ralo da piscina em um club.
    Força eu acredito sim que a Flavia vai sair dessa,claro que ela vai se assustar em se ver tão mais velha mais vai ficar feliz por você não ter desistido dela! e mãe é assim não desiste nunca! Bom final de semana! e segunda vou desmarcar meu medico pra ver vc na Ana!

    ResponderExcluir
  10. Odele


    Fico pasma com a forca da succao e a falta de cuidado, controle e responsabilidade em cima deste detalhe tao importante.

    Beijinhos

    Nao consegui comentar com a conta do Google

    ResponderExcluir
  11. Oi Odele e Flavia, queria te contar tantas coisas, que meu blog mudou, eu ganhei um novo formato, que me mudei para São Paulo e um dia a gente se esbarra no shopping Higienópolis pq eu trabalho lá, que podemos tomar um café por lá, e que continuo admirando sua força e seu carinho de mãe!
    Bjos
    Simone Marques
    www.simonemarques.com

    ResponderExcluir
  12. Muito bom esta projeção pela Globo nesta luta.
    bjs

    ResponderExcluir
  13. Olá! Estava pesquisando sobre reais casos de coma, queria saber um pouco mais depois do que vi na novela A Vida da Gente.
    Parabéns pelo seu blog e pela sua força! Nunca tinha ouvido falar sobre acidentes causados por ralos de piscina, prestarei mais atenção.
    Que Deus abençõe muito você e sua pequena Flavia!

    ResponderExcluir
  14. Odele, assisti tua entrevista no Programa da Ana Maria, foi elucidativo e bastante coerente.
    Continuas neste caminho, estás certa.
    Beijos em vocês duas.

    ResponderExcluir
  15. Amiga estou passando para deixar um enorme beijinho na borboleta adormecida, e nas asas que a guiam, beijinhos de luz e paz.

    ResponderExcluir

Related Posts with Thumbnails