Este blog, criado em janeiro de 2007, é dedicado à minha filha Flavia e sua luta pela vida. Flavia vive em coma vigil desde que, em 06 de janeiro de 1998, aos 10 anos de idade, teve seus cabelos sugados pelo sistema de sucção da piscina do prédio onde morávamos em Moema - São Paulo. O objetivo deste blog é alertar para o perigo existente nos ralos de piscinas e ser um meio de luta constante e incansável por uma Lei Federal a fim de tornar mais seguras as piscinas do Brasil.

Flavia, uma linda borboleta

- 16 de setembro de 2010
Trabalho do fotógrafo português Nuno de Sousa, e dedicado à Flavia.

Obs: Inicialmente eu havia copiado a foto que ilustra o post de Marcia, mas achei que o texto dela pode aqui também ser ilustrado por esta foto que  Nuno  tão gentilmente ofereceu à Flavia, já há bastante tempo. É uma Borboleta Monarca. Nuno fotografou o nascimento desta Borboleta e carinhosamente  dedicou as fotos à Flavia.

 "Há alguns anos, li uma estória de uma menina de 10 anos que teve os cabelos sugados pelo ralo da piscina do prédio onde morava, em São Paulo, achei o caso bastante curioso e triste, li a reportagem na revista e fiquei bastante chocada. Moro em um prédio em SP e tenho um filho de 10 anos... e sempre que ele me pede para ir a piscina lembro do fato e sinto um aperto no coração...

Flávia aos 10 anos tinha sonhos, planos e tudo que as crianças tem... de uma carreira, fantasias e devaneios de quando crescer ser famoso, bonito, genial ou simplesmente ser gente grande... e sair pelo mundo para fazer intercambio, viajar de trem, namorar, correr, passear, ser feliz... casar, ter filhos... uma carreira bem sucedida... ou apenas ser do bem..."

Os dois parágrafos acima fazem parte do post publicado hoje por Márcia Reis, que faz a delicada comparação de Flavia com uma borboleta. O texto completo pode ser lido no blog de Márcia, Nas Entrelinhas da Vida.

Márcia, MUITO OBRIGADA pelo post. Contar a história de Flavia, é divulgar o perigo que existe nos RALOS DE PISCINAS e um alerta, um importante alerta que  poderá salvar muitas vidas.

Meu nome não é Odete, como algumas pessoas escrevem nos comentários, é Odele, com L e não com T.
Obrigada.

31 comentários

  1. Ela contou muito bem a história de você mais Flávia, e principalmente, nos mostrou que temos de questionar a suposta justiça que atualmente guia o nosso pais...

    Fiquem com Deus, menina Odele e menina Flávia.
    Um abraço.

    ResponderExcluir
  2. "A borboleta é uma flor que imagina que sabe voar..."

    Oi amiga,

    Como vc sabe, amanhã o Avesso vai fechar as páginas por um bom tempo tempo(espero conseguir) e por isso já estou fazendo a mudança do q acho importante manter no blog que ficará no ar. O "Bem me Quer" está de portas abertas para vcs. Por isso replantei a Hostência de Flavinha numa janelinha que vai dar aqui...

    Um forte abraço

    Maria Dias

    Queria poder fazer mais então quando precisar é só chamar!

    a Hortência está num cantinho a direita no fim da minha página junto as outras janelinhas q trouxe do Avesso.

    Beijinhos em Flávia!

    ResponderExcluir
  3. Olá, Odele
    Estive no blog da Marcia lendo o texto, que retrata muito bem a história da Flavia.
    A esperança é sempre por justiça...
    Abracinhos em vcs.
    Sueli

    ResponderExcluir
  4. Odele querida,

    Estive no blog da Marcia para deixar meu abraço pelo lindo post que ela escreveu. É um afago na alma encontrar pessoas boas e sensíveis nesse mundo cada vez mais árido.

    Saudades de você.

    ResponderExcluir
  5. Odele

    Faz tempo que não vos visitava.
    Faço-o agora deixando um beijinho para ambas.

    ResponderExcluir
  6. Gostei da história relatada por Márcia e mais uma vez tenho que agradecer a existência deste teu espaço que não é mais que "a voz de Flavia" alertando para que se evite acidentes e sobetudo para que se faça MAIS JUSTIÇA.

    A tua doçura como mãe está espelhada em todos os posts, em cada palavra tua sem "revolta e lamechice" é a prova de tudo o que disse, embora acredite, ou melhor tenho a certeza que pelas injustiças praticadas no caso de Flavia te apeteça por vezes "partir a loiça toda".

    Beijos meu doce e mais uma vez aquele abraço de sempre e para sempre de quem vos ama muito!

    ResponderExcluir
  7. Linda a história que aqui nos deixou a Marcia no seu blog... com a ligação da borboleta a quem chamei de esperança para a Flávia... esperança q continuo a ter e espero um dia se possa realizar esse meu sonho... porque sonho com ele sempre e para sempre.
    Obrigado Odele pelo vosso carinho e por poder estar ligado um pouco que seja através dessas fotos a ti e à Flavia...
    Bjocas enormes em ti amiga e outras tantas bem doces na minha bela Flavia.
    Nuno de Sousa

    ResponderExcluir
  8. Acabo de passar pelo blog da Márcia e de a felicitar pelo excelente texto que lá nos oferece. Ela captou muito bem todos os aspectos que envolvem a história da Flavia, designadamente a tua abnegação, coragem, amor, bem como a injustiça, a negligência, a ignorância de direitos fundamentais do ser humano.
    Como lá disse, a Márcia entra, deste modo, na rede de afectos que vos envolve, ultrapassando fronteiras, distâncias, fusos horários.
    A analogia com a borboleta, com a Bela Adormecida, mostra a sensibilidade desta nova amiga da nossa Princesa.
    Borboleta que os nossos sonhos querem ver um dia voar.
    Não esquecendo a cantiguinha
    Borboleta a nascer
    está aí p`ra te ver
    e contigo voar...

    ResponderExcluir
  9. A foto do Nuno é linda. A história de Flávia, resultado dod escaso de um pais que naov aloriza suas craincas
    dias felzies, Odele
    Grace Olsson

    ResponderExcluir
  10. Ando tão decepcionada com a justiça,em todos os sentidos.Beijos na linda borboleta.

    ResponderExcluir
  11. Que linda foto! Espero que vocês estejam bem. bjs saudosos

    ResponderExcluir
  12. Odele

    Fui la na Marcia.


    Mais uma pessoa, se une para mostrar, divulgar e solidarizar a esta causa.

    Muito bem escrito o post dela.

    Beijinhos e beijinhos para as 2.

    ResponderExcluir
  13. Olá, Odele,
    Olá, Flávia!

    Me sensibilizei demais com a história de vida de vocês.
    Espero, com sinceridade, que tudo venha a ser resolvido.
    Um abraço, com carinho.
    Gislene.

    ResponderExcluir
  14. Hola querida amiga,.... en primer término quiero que le des un beso con mucho cariño para tu hermosa hija,... de aprte de toda mi familia.
    Te cuento que no ganamos!!,.... quedamos entre terceras o cuartas, ´pero esrtuvo bien la competencia, y agradesco nuevamente por tu apoyo y difusiñón para que nos ayuden.
    Un beso grande querida, y hasta siempre,
    Vivi.

    ResponderExcluir
  15. Odele, Márcia relatou a história de uma forma muito verdadeira. Que justiça é essa em nosso País? Algumas vezes revolta muito e outras nos dá vontade de desistir. Espero que um dia, tudo mude!
    Beijos em ti e em Flávia!
    P.S. A fotografia da borboleta é muito linda!

    ResponderExcluir
  16. Olá, Odele.

    Meses atrás deixei um comentário, com toda solidariedade e afeto que eu podia, e você gentilmente me retribuiu sua visita.

    Escrevo novamente apenas para dizer que continuo mandando todos os pensamentos positivos e rezando sempre por vocês. E claro, admirando sua força a cada dia mais.

    Abençoada seja você, sua coragem, sua força, sua filha.

    ResponderExcluir
  17. Linda foto e texto muito bem escrito pela Márcia.
    A justiça falha, minha amiga, mas a solidariedade, a amizade e o amor aumentam a tua força.
    Bjim pra ti e pra Flavinha.

    ResponderExcluir
  18. Odele,

    Olá... obrigada pela resposta e carinho e ainda todos os lindos e afetuosos comentarios de seus seguidores e amigos.
    Fiquei muito feliz em tocar o coração de tanta gente boa!
    Agradeço o carinho e convido a todos para visitarem sempre que sentirem vontade.
    Por vezes minhas postagens não são tão delicadas... em geral são mais fortes e politicas... mas alguns momentos são ternas assim.
    Um grande beijo no coração de todos especialmente de Flávia.

    Uma linda semana!

    Márcia

    ResponderExcluir
  19. Passei e deixo as cordiais saudações amigas

    ResponderExcluir
  20. Coisas de Mirela.....22 setembro, 2010

    Querida Odele,

    Escrevi um pouquinho de vc e Flavia no meu blog espero que não tenha problema.

    Um beijinho doce pra vcs.

    ResponderExcluir
  21. Mirela,
    E qual é o endereço de seu blog? Gostaria de ver o texto que você escreveu sobre mim e Flavia.

    ResponderExcluir
  22. Querida Odele, adoro borboletas!
    A foto que o Nuno fez é linda e o texto escrito pela Marcia também é muito especial.
    Fico feliz por saber que vocês contam com o apoio e o carinho de pessoas de grande sensibilidade.
    Um beijo, com carinho.

    ResponderExcluir
  23. Olá meninas(Flavia e Odele)...
    não disse que ia escrever...é a tec. do hospital.lemram?
    me identifiquei muito com a história de vc´s, talvez pela proximidade da minha idade com a da Flavia,e agora vc´s podem contar com o carinho e apoio de mais uma pessoa nesta busca por justiça e divulgação do perigo que existe nos ralos de piscinas.Eu descobri sobre esse perigo o dia em que conheci vc s, nunca havia ouvido ou visto sobre isso, esse trabalho desenvolvido por vc Odele é muito importante, nunca desista dele.
    Flavinha parabens pela mami tão dedicada que vc tem.
    Beijinho no coração de vc s !!!!!

    ResponderExcluir
  24. Minha amiga!

    Cheguei cá hoje pela mão da Ana Martins, minha querida e grande amiga.
    Estou comovida!
    As palavras não saem!
    Estou solidária e voltarei quando estiver mais serena.
    Quero ajudar e agora não sei como fazê-lo.

    Beijo enorme num abraço apertado.

    ResponderExcluir
  25. Odele, não te contei mas assim que conheci esse blog o li inteiro, chorei, me emocionei e depois fui dormir e com a emoção guardada no peito sonhei, sonhei que conheci vcs pessoalmente e que peguei nas mãos da Flavia e a puxei e simplesmente ela saiu andando comigo e depois correndo....e é assim, sempre que entro aqui no blog isso passa na minha cabeça, se a Flavia simplesmente saiu andando...
    Um gde bjo da amiga e fã de uma mãe tão maravilhosa..

    ResponderExcluir
  26. Só hoje vi a foto de Nuno que é excelente e sobretudo com a entrega que fez a Flavia.

    Nuno é um excelente fotógrafo.

    Parabéns!

    Beijos

    ResponderExcluir
  27. Odele, fiquei tão feliz com sua visita! Como voce está?!

    Lindo o texto feito por Marcia.

    Borboleta... pensamos na natureza, beleza, na liberdade e sonhos. Todas as crianças e adolescentes são borboletas, enfeitam nossos jardins, inspiram para que continuemos fazendo tudo por eles, são a esperança.

    Bjs

    ResponderExcluir
  28. Odele, gosto tanto de borboletas e lamento que hoje elas são poucas. Na minha infância era muito comum haver caça às borboletas para fazer coleção. Um absurdo esse hábito! Por que gosto de borboletas? Porque elas são lutadoras. Querem sair de algo que a deixam presas. Usam a paciência e a garra, mesmo sendo frágil, para conquistar a liberdade... A comparação entre Flavia e a borboleta é excelente. Parabéns ao Nuno pela belíssima foto e à Márcia pelo tocante texto.

    Um grande abraço para você e a Flavia!

    ResponderExcluir
  29. BOA TARDE, É A SEGUNDA VEZ QUE VISITO SEU BLOG, PENSO QUE PARABENS NAO É A PALAVRA CERTA, FELICIDADES... NAO SEI EXPRESSAR O QUE SENTI QUANDO VEJO O SEU ESFORÇO DIARIO PARA O BEM ESTAR DA SUA FILHA, EU TENHO UMA FILHA DE 3 ANOS E A PRECIOSIDADE DA MINHA VIDA,E SEI O QUE É O AMOR DE UMA MÃE COM A SUA FILHA, E SEMPRE QUEREMOS O SEU BEM ESTAR.
    BOM, QUE DEUS TE ABENÇOE E QUE VOCÊ SEMPRE TENHA FORÇAS POR LUTAR POR ELA, JA QUE ELA TEVE ESSE DIREIRO ARRANCADO ASSIM TÃO DERREPENTE.

    ABRAÇOS CHEIOS DE CARINHO.
    ALESSANDRA

    ResponderExcluir
  30. eu vou rezar muito e pedi pra deus que a sua filha volte a ser uma jovem muito feliz e o meu nome e rosemeire e eu quero te dejesar muita sorte e queria te dizer nada e impssivel pra deus basta crer e muito obrigado por me ouvir

    ResponderExcluir
  31. Acho que nenhuma mãe consegue passar neste blog sem chorar...
    Desejo boa sorte à Flávia e a quem luta diariamente por justiça. Infelizmente há muitos casos parecidos por resolver, fogem às responsabilidades, o que é triste!

    ResponderExcluir

Related Posts with Thumbnails