Este blog, criado em janeiro de 2007, é dedicado à minha filha Flavia e sua luta pela vida. Flavia vive em coma vigil desde que, em 06 de janeiro de 1998, aos 10 anos de idade, teve seus cabelos sugados pelo sistema de sucção da piscina do prédio onde morávamos em Moema - São Paulo. O objetivo deste blog é alertar para o perigo existente nos ralos de piscinas e ser um meio de luta constante e incansável por uma Lei Federal a fim de tornar mais seguras as piscinas do Brasil.

PRA SEMPRE A MESMA IDADE...

- 6 de novembro de 2009
Filhos, pra sempre a mesma idade, pra sempre sempre esta saudade...Pra sempre.
.
Flavia e Fernando. Ela, aos 6 meses. Ele, aos 4 anos.

SECO
Daqui de onde eu vejo
Daqui dessa saudade
Me falta paisagem...
Às vezes um bocejo
Às vezes, caridade
Me sinto uma bobagem...
Não sinto quase nada
Não sou pra quase nada
Nem sei se sou verdade...
É sempre um pulso lento
Sempre a falta de vento
Pra sempre a mesma idade...
Já fui muita vontade, gritei meus mil lampejos
Agora eu choro calada
De todos meus desejos, sobrou-me a crueldade
Viver caiu no esquecimento...
Faz tempo, eu não me vejo
De mim tenho saudade
Sou mera paisagem...

Fernando Belo - Novembro de 2008.

Fonte: Blog Viver de Brisa

Filho, - de vez em quando - imaginar os sentimentos de sua irmã, é sem dúvida, demonstração de sensibilidade e amor de sua parte. Por isso e pelo homem correto que você hoje é, eu amo você.

Meu nome não é Odete, como algumas pessoas escrevem nos comentários, é Odele, com L e não com T.
Obrigada.

31 comentários

  1. É triste esta saudades que você tem por conta da mazela das pessoas...

    Poesia bonita.

    Fiquem com Deus, menina Odele, menina Flávia e menino Fernando.
    Um abraço.

    ResponderExcluir
  2. Somos mera paisagem...

    :|

    bjs Odele e Flávia

    ResponderExcluir
  3. Olá Odele,

    Bom dia.

    imagino o que não sentia o Fernando quando escreveu este belo poema ...

    ao lê-lo, meu coração ficou bem apertadinho ...

    são dolorosas as palavras, mas, muito lindas ...

    beijinhos doces, para vós os três.
    isabel

    ResponderExcluir
  4. Era menino, ela menina, ele tornou-se um homem e ela sem "partilha e cumplicidade" tornou-se mulher, ele continua a amar e ela apenas presente, ele vestiu a pele dela e deu-lhe voz sentida, dando-nos "a maior lição de vida" de como é ser irmão de verdade.

    Flavia é "mera paisagem" mas tu e o teu filho são as mais belas flores dessa mesma paisagem.

    Amas igualmente os teus filhos, disso tenho eu a certeza e obrigado por partilhares com quem te lê, essa luta, essa revolta, essa indignação de ambos com a mesma ternura, ternura que tenho por vós e não consigo escrever mais nada porque já não vejo as teclas!

    Aquele chamego de sempre e para sempre

    ResponderExcluir
  5. Odele

    Fernando e FLávia, dois irmãos maravilhosos onde esse poema de forma tão bela expressou toda a dor que ele sente ao ver sua irmazinha limitada á uma vida vegetativa.
    A poesia é o espelho da alma e cura seus males .Ele um grande poeta.

    beijos para os três, mãe, filho e filha.

    Rosemari

    ResponderExcluir
  6. Beijinhos para vocês. Um poema dorido de saudade, mas muito belo.

    ResponderExcluir
  7. Ao passarmos por aqui, somos, constantemente, surpreendidos por vivências e retalhos de memórias que nos atingem em cheio o coração.
    Este, é mais um deles.
    Por um lado, essa imagem longínqua, que evoca um momento de felicidade e ternura fraternal, que, qualquer que tenha sido o que veio a seguir, aí ficou para testemunhar um passado bem real.
    Depois, o poema do Fernando, homem artista, jovem com sonhos, que quer, ainda, fazer reviver os sonhos roubados da sua irmã.
    Que lição de carinho e lealdade ele aqui nos dá.
    E que revolta mantemos pelo facto de um dia, alguém, com a sua negligência e irresponsabilidade,ter armadilhado irremediavelmente, o caminho dessa menina que o irmão tão alegremente abraça.
    Enquanto houver exemplos como este, não quero ouvir falar da falta de valores dos jovens de hoje, pois felizmente, há ainda por aí muitos Fernando Belo que nos permitem ter esperanças num futuro mundo melhor, mais humano, mais justo.
    Um abraço para ele.
    E a certeza que me fica que, enquanto tu, Odele, o irmão Fernando, e, afinal, um pouco todos nós, continuarmos a dar voz à nossa Princesa Adormecida, jamais a Flavia poderá ser apenas uma "mera paisagem".

    ResponderExcluir
  8. Como nao chorar diante de tudo isto?

    ResponderExcluir
  9. MARAVILHOSO Odele, você tem um filho encantador!

    Beijinhos Para si, Flavinha e Fernando,
    Ana Martins

    ResponderExcluir
  10. esse poema tocou o meu coração, como não se comover diante de tanta dor explanada em breves palavras!
    abraços

    ResponderExcluir
  11. Boa Noite.. Odele deixando minhas pegadas em forma de carinho e conforto pra vc./bj
    César : http://marminhavida.zip.net/

    ResponderExcluir
  12. Muito bonito o seu poema, Fernando. Muito sensível. Odele, você tem filhos maravilhosos. Um beijo aos três.

    ResponderExcluir
  13. Cara Odele, tomei conhecimento do seu blog a pouco mais de 5min. Me comovi mt. Torço demais por vcs. Acredito na sua fé.

    ResponderExcluir
  14. LINDOS!
    A poesia é linda...
    bjs pra vcs e um ótimo fim de semana!!!

    ResponderExcluir
  15. Só os poetas sabem de tanta sensibilidade.
    Fernando é poeta!
    Grande abraço para os amigos. Que tenham um final de semana radiante.

    ResponderExcluir
  16. Poesia triste, mas muito linda, Fernando, parabéns!

    Bom fim de semana e bjim pra vocês tres.

    ResponderExcluir
  17. Amor que transborda e comove. Amor resiste a tudo e amor nos salva. Ler seu texto, Odele, ler o poema, ver essa imagem me tornam uma pessoa melhor. Acho que tenho que agradecer agora. E faço isso bastante comovido. Obrigado. Toda a felicidade pra familia. Beijos.

    http://quasepoema.zip.net

    ResponderExcluir
  18. Oi Odele,

    Não sabia q tinha outro filho.Acredito q ele sinta muita saudade desta irmã q nao pode acompanha-lo e ficou dormindo num tempo perdido como congelada.Bom q tens mais um filho e amigo pra teu coração se encher de orgulho.

    Beijinhos em vcs!

    ResponderExcluir
  19. Que lindinhos.
    Também imagino o que Fernando pensou ao escrever este poema.
    Odele, um beijão!!!
    Eliana.

    ResponderExcluir
  20. Odele, seus relatos de vida são sempre emocionantes...Este em especial, com o poema do Fernando para a irmã, me levaram às lágrimas. Um beijo e que Deus continue abençoando vocês.
    Mária

    ResponderExcluir
  21. Ola querida
    Estou longe das postagens há alguns dias, mas passei pra deixar meu calor e carinho pra voces.
    Bjs no coração

    ResponderExcluir
  22. O duro que foi para Fernando passar por semelhante momento, precisando faz anos de uma carícia de nossa Flavia, acompanhar-se...
    Profunda sua poesia.

    Beijos a minha Rainha e para vos os abraços

    ResponderExcluir
  23. Acabei de conhecer o blog, a Flávia, vc.

    Quero dizer que esse amor é o bem mais precioso que vcs podem sentir um pelo outro e que eu aprendi a amá-los tb.

    Bjos com carinho.

    ResponderExcluir
  24. Estou feliz por ter conhecido vocês.

    Beijos com carinho.

    E o link da minha lembrança:

    http://marianasantosvb.blogspot.com/2009/11/s2-flavia-s2.html

    ResponderExcluir
  25. Fico sempre sem saber que dizer quando me emociono.
    Deixo um forte abraço

    ResponderExcluir
  26. Oi Odele, sou fisioterapeuta e trabalho com neuropatas, criancas em sua maioria e sei quao especiais eles sao... Li a sua reportagem e fiquei bastante emocionada com o tamanho do seu amor por essa menina, e vi que voce falou que o amor de mae nao tem todo o poder que voce imaginava, eu descordo, pois tenho certeza que e o amor que vc tem por ela que a mantem viva, mesmo que aos nossos olhos de uma maneira "incompleta". Obrigada pelo seu exemplo e obrigada por suportar uma dor sem tamanho!
    Nao falarei em milagres, pois a Flavia estar viva e voce querer mante-la viva, ao meu ver ja é um milagre, so gostaria que soubesse que voce e sua familia estarao em minhas oracoes! Para que Deus e Nossa Senhora se mantenham sempre ao lado de voces.
    Um beijo muito carinhoso no anjinho que voce tem dentro de casa!
    Gabriella (rio de janeiro)

    ResponderExcluir
  27. querida que as bençãos de Deus sejam balsamo em seus corações.
    Amo vocês sem conhecer.
    Carinhosamente \sílvia.

    ResponderExcluir
  28. Estou grávida de 4 meses e acabei de ler a matéria na Revista Época. Fiquei muito emotiva ao ler a matéria, por ver sua garra, sua força e sua luta.
    Peço a Deus que me faça tão mãe quanto você é para Flávia.

    ResponderExcluir
  29. querida Odele,
    me identifico com a sua história, no próximo reveilon (31/12/09)completarão 2 anos em que perdí o meu menino de 12 aninhos atropelado no acostamento de uma rodovia de Ilhéus/BA. Até hoje a polícia (DELTUR)NEM SEQUER ME CHAMOU PRA SE OUVIDA, ISSO PORQUE ALÉM DE TER SIDO CRIME DE TRÂNSITO,O QUE Ñ DEIXA DE SER CRIME, A CONDUTORA DO VEÍCULO QUE MATOU O MEU FILHO É FILHA DE UM INFLUENTE JUÍS DE DIREITO DE ITABUNA/BA..............A justiça ~quase nunca está para nós que não somos do meio ou mesmo políticos...não temos influência não é mesmo??....é como se estivessemos gritando no deserto...ninguém quer nos ouvir......mas o nosso amor por eles não cansa de existir.....DEUS COLOCAS AS FLORES (FLAVIA)NAS MÃOS DE QUEM AS PODE CUIDAR(VOCÊ). ESSA É A TUA MISSÃO..SER GENTE, SER HUMANA...E VC VEM CUMPRINDO COM MAESTRIA.....ESSAS DIFICULDADES NOS FAZ ENXERGAR A VIDA POR OUTRO PRISMA, AMOR, GENEROSIDADE, SENSIBILIDADE...TALVEZ SEJA ISTO QUE DEUS QUERIA DESPERTAR EM NÓS DIANTE DE NOSSOS DRAMAS.......APRENDEMOS MUITO COM NOSSAS DIFICULDADES, E,ISSO NOS TORNA PESSOAS MELHORES EMBORA PREFERÍSSEMOS DELETAR ESSA DOR E TORNAR TUDO COMO ANTES QUANDO TUDO ERA LINDO E HARMONIOSO....NOSSO AMOR NOS MOVE, NOS FAZ CONTINUAR.............CONTINUE CUIDANDO DA SUA FLOR, UM GRANDE E SOLIDÁRIO ABRAÇO.
    SORAIA VARQUES
    SOI_VASQUES@HOTMAIL.COM

    ResponderExcluir
  30. querida Odele,
    me identifico com a sua história, no próximo reveilon (31/12/09)completarão 2 anos em que perdí o meu menino de 12 aninhos atropelado no acostamento de uma rodovia de Ilhéus/BA. Até hoje a polícia (DELTUR)NEM SEQUER ME CHAMOU PRA SE OUVIDA, ISSO PORQUE ALÉM DE TER SIDO CRIME DE TRÂNSITO,O QUE Ñ DEIXA DE SER CRIME, A CONDUTORA DO VEÍCULO QUE MATOU O MEU FILHO É FILHA DE UM INFLUENTE JUÍS DE DIREITO DE ITABUNA/BA..............A justiça ~quase nunca está para nós que não somos do meio ou mesmo políticos...não temos influência não é mesmo??....é como se estivessemos gritando no deserto...ninguém quer nos ouvir......mas o nosso amor por eles não cansa de existir.....DEUS COLOCAS AS FLORES (FLAVIA)NAS MÃOS DE QUEM AS PODE CUIDAR(VOCÊ). ESSA É A TUA MISSÃO..SER GENTE, SER HUMANA...E VC VEM CUMPRINDO COM MAESTRIA.....ESSAS DIFICULDADES NOS FAZ ENXERGAR A VIDA POR OUTRO PRISMA, AMOR, GENEROSIDADE, SENSIBILIDADE...TALVEZ SEJA ISTO QUE DEUS QUERIA DESPERTAR EM NÓS DIANTE DE NOSSOS DRAMAS.......APRENDEMOS MUITO COM NOSSAS DIFICULDADES, E,ISSO NOS TORNA PESSOAS MELHORES EMBORA PREFERÍSSEMOS DELETAR ESSA DOR E TORNAR TUDO COMO ANTES QUANDO TUDO ERA LINDO E HARMONIOSO....NOSSO AMOR NOS MOVE, NOS FAZ CONTINUAR.............CONTINUE CUIDANDO DA SUA FLOR, UM GRANDE E SOLIDÁRIO ABRAÇO.
    SORAIA VARQUES
    SOI_VASQUES@HOTMAIL.COM

    ResponderExcluir
  31. NossaOdele, mais uma vez me arrepieitoda, ja posteipra você antes dizendo que me arrepiei toda ao saber queseu niver de de Flávia é no mesmo dia do niver de morte de papai.
    Agora vendo novamente o blog me depareicom uma foto de Fernandocom 4 anos, incrivelmente parecido commeu filho Neto, também com 4 ans e meu marido quando tinha essa idade...
    E as coincidencias continuam. rsrsrsrs
    só rindo mesmo por que se pararmos pra pensar, quais são as chances disso num mundo tão grande?
    Espero ter boas noticias de Flávia em breve esuas também.
    Bjs e tenham uma ótima semana

    ResponderExcluir

Related Posts with Thumbnails