Este blog, criado em janeiro de 2007, é dedicado à minha filha Flavia e sua luta pela vida. Flavia vive em coma vigil desde que, em 06 de janeiro de 1998, aos 10 anos de idade, teve seus cabelos sugados pelo sistema de sucção da piscina do prédio onde morávamos em Moema - São Paulo. O objetivo deste blog é alertar para o perigo existente nos ralos de piscinas e ser um meio de luta constante e incansável por uma Lei Federal a fim de tornar mais seguras as piscinas do Brasil.

Hoje, 10 anos depois, acontece o julgamento do processo de Flavia em Brasília

- 3 de março de 2009
Flavia, dois meses antes do acidente causado por um ralo de piscina que a deixaria em coma vigil irreversível.

A foto de Flavia, aqui em coma, (*) foi trabalhada por Isabel Filipe - Portugal. (os olhos abertos é uma característica do coma vigil)

Quero agradecer por toda a solidariedade que eu e Flavia temos recebido da Blogosfera nestes mais de dois anos em que aqui escrevo e principalmente hoje, 03 de Março de 2009, quando o processo de Flavia estará sendo julgado em Brasilia. O início do julgamento esta marcado para as 14 horas.

Obrigada também pelos posts que foram e continuam sendo escritos falando do julgamento do processo de Flavia, que esperemos SEJA A VITÓRIA DA JUSTIÇA CONTRA A IMPUNIDADE. Os dois posts anteriores a este têm informações importantes sobre esta batalha judicial pelos direitos de minha filha, num processo longo, doloroso e com muitos recursos apresentados pelos réus ao longo dos anos.

Os blogs abaixo publicaram posts sobre o julgamento do processo de Flavia. Se você também escreveu e seu blog não está na lista abaixo, por gentileza deixe um comentário neste post que faço questão de incluir o nome de seu blog aqui.
8. Brasil - SCRIPTUS - Amanhã é o Dia! (escrito ontem)
18. Argentina - PALOMAS DE PAPEL - Buenas Notícias para Flavia!!!

Tão logo eu tenha notícias de Brasilia, manterei vocês imformados.
Obrigada por seus posts. Obrigada por seus comentários.
Até mais tarde.

Obs: Não consegui publicar antes este post porque estive sem Internet.

Meu nome não é Odete, como algumas pessoas escrevem nos comentários, é Odele, com L e não com T.
Obrigada.

16 comentários

  1. Oi Odele!
    Estamos na torcida por justiça. Abracinhos com carinho
    Sueli, Sueny e Bruna

    ResponderExcluir
  2. Odele, estamos torcendo muito para que dê tudo certo, que a justiça seja feita... é o mínimo!
    Esperamos as boas notícias!
    um abraço e muita força!

    ResponderExcluir
  3. Para os amigos que te acompanham nesta luta que vens travando, hoje é um dia, de facto, muito especial.
    Sabemos como estás ansiosa. Mas nós também. Aguardamos, com expectativa e com esperança as notícias. Acreditamos que a consciência dos juízes seja tocada pela singularidade deste caso de amor e tomem a decisão que todos esperamos.
    Mas temos de estar preparados apra todos os desfechos.
    Como já disse, aconteça o que acontecer, estaremos sempre convosco.
    Esse sorriso tão lindo da nossa doce Flavia, aí bem espelhado na foto pouco antes do acidente, cativa qualquer um de nós, que tenha um mínimo de sensibilidade.
    E quem foi responsável pelo apagar desse sorriso, não pode ficar impune.
    Um beijo especialmente carinhoso para ambas.

    ResponderExcluir
  4. Sendo a Flávia uma sobrevivente a quem lhe foi roubado os melhores anos do ser humano, estamos todos contigo e com ela, torcendo para que se faça justiça.
    Como diz o Peciscas, devemos estar preparados para todos os desfechos, compete aos juizes do Superior o veredicto final e compete a mim e a todos JAMAIS ARREDAR PÉ DO TEU/VOSSO LADO.
    No mundo actual nem tudo é mau, porque o pior já ocorreu e tens todo o direito de lutar pelos teus direitos de Mãe e poderes continuar a cuidar da tua/nossa menina, e de uma vez por todas os responsáveis não passem impunes por tamanho sofrimento e dor.
    Não há dinheiro que pague, mas pelo menos ficarás, ficaremos tranquilos porque se fez justiça!
    Aguardo notícias com a mesma ansiedade e força minha amiga.

    Beijocas

    ResponderExcluir
  5. Aguardamos notícias.
    Coragem e Fé.
    Bjs

    ResponderExcluir
  6. Que a justiça seja, finalmente, feita. Muitos beijos solidários.

    ResponderExcluir
  7. Querida Odele (Mãe guerreira),

    Um sorriso assim tão cheio de vida... se apagar! Apagou também uma luz dentro de nós, não podemos mensurar sua intensidade ou alcance, mas fez "escuro" em nossas almas! Não podemos mais permitir uma história de saudades e dor, nem nos contos de princesa, de Flávia.

    Sou um desconhecido. Não a conheço, como também sua menina Flávia (infelizmente), mas meu coração ficou fragilizado com tanto sofrimento.

    Não sei o que faria no seu lugar. Não há justiça que traga a menina Flávia do coma, devolva sua "vida" junto a sua família e de sua mãe querida. Nem mesmo o anos perdidos. Mas de alguma forma alguém tem que ser responsabilizado e condenado para que nenhuma outra criança seja privada de viver.

    Só nos resta pedir a Deus pela melhor das providências.

    Meus sinceros sentimentos.

    Roberto Ramos

    ResponderExcluir
  8. ELISABETE CUNHA04 março, 2009

    ESTAREMOS JUNTAS SEMPRE, CURTINDO NOSSA MENINA!

    BEIJOS

    ResponderExcluir
  9. Só podemos contar com a justiça de Deus, dos homens é muito dubia e cheia de interesses que não se entendem; direi mesmo não pode haver justiça quando tantos anos de longo tempo de duvidas e suspiros de justiça quando não chega e somos defraudados
    Saudações amigas com um respeitoso beijo para ambas , mãe e filha, Odele e Flávia

    ResponderExcluir
  10. elisabete cunha05 março, 2009

    oDELE

    Está registrado no encanto o resultado.

    beijo

    ResponderExcluir
  11. Estive com a net embaixo e hoje aqui estou...
    Digo-te como em cima....Deixa-me abraçar-te, com aquele abraço que não tem longe nem distância, encosta a tua cabeça no meu ombro, deixa-me acariciar-te...isso.
    A Flávia todos os dias mal acordo mando-lhe o meu beijo especial e embora seja madrugada aí, ela sente-o...eu sei.
    FORÇA MULHER BONITA!!!!!DEUS SE ENCARREGARÁ DA JUSTIÇA COMPLETA!

    ResponderExcluir
  12. Boa tarde! li e fiquei muito chocado com a sua estória, porém ao mesmo tempo você demonstra para muitos q dizem q tem problemas q eles podem se resolvidos e o seu somente por um grande milagre. Só nunca perca sua FÉ, pois sua filha depende de vc. Coloque as canções da época para ela ouvir, conte histórias da época, diga a ela q vc a AMA e q estará sempre do seu lado (EMBORA VC JÁ FAÇA), tenho duas meninas (gêmeas) de 09 anos e fazem natação fiquei muito sensibilizado.Tenho um jornal e um site se precisar de ajuda me coloco a sua disposição. www.umanovaopcao.com, lá a senhora encontrará meus telefones para contato. Que DEUS essa força que nos cerca faça o milagre em sua vida. Q a graça de JESUS aquele q morreu na cruz por nós, nos perdoê e nos livre do mal. Se coloque a frente de sua filha com FÉ e peça a DEUS pela sua filha e determine a sua cura, pois tenho duas filhas e talves em meu desespero tentaria de tudo e talves tb deixaria de acreditar em tudo. Um grande abraço e um beijo carinho a flavia é o q desejamos felipe (pai), Tatiane (mãe), pâmela (filha) e (Brenda).

    ResponderExcluir
  13. Odele
    Queria lhe ter perto. Queria lhe apoiar física e espiritualmente. Queria ter forçamaior que a sua para mover a todos e tudo para lhe fazer feliz. Flávia vive, com certeza. Que prepotência humana é essa que diz que quem não nos responde está sem vida. Como podemos ter certeza que Flávia não sente seus carinhos, seus cuidados, o cheiro das flores, a noite chegando, o amor fraterno? Ela vive, mas é uma vida só dela. Não é mais feliz, nem menos. Não é certa ou errada. É a vida de Flávia.
    Vc me tocou fortemente em minha essência de mãe. Lutadora, amorosa, dedicada. acima de tudo, mãe.
    Conte comigo. estou em Niterói, RJ, mas sinto-me aí, ao seu lado. Se precisar, estarei mesmo, como mãe, como amiga.
    Beijos para vc, Flávia e Fernando.

    ResponderExcluir
  14. aline oliveira23 novembro, 2009

    Sra. Odele,numa circunstância destas muitas vezes nos faltam as palavras, mas surge no nosso interior uma reviravolta de sentimentos, perguntas sem respostas...queria poder dizer a Sra. que posso ajudá-la a aliviar sua dor ou mesmo arrancar de seu peito todo este sofrimento, que lhe digo que conheço, não é idêntico, mas se aproxima.
    A força para continuar na luta diária surge, porque sabemos que é necessária, pelo amor que sentimos...Desejo do fundo do meu coração que a Sra seja amparada pela luz divina e consiga viver em paz e que se for possível aos olhos do Pai que sua filha melhore, seria muito bom ouvir pelo menos um sussurro de sua voz.
    Fique em paz.
    Abraços
    aline

    ResponderExcluir
  15. aline oliveira23 novembro, 2009

    Sra. Odele,numa circunstância destas muitas vezes nos faltam as palavras, mas surge no nosso interior uma reviravolta de sentimentos, perguntas sem respostas...queria poder dizer a Sra. que posso ajudá-la a aliviar sua dor ou mesmo arrancar de seu peito todo este sofrimento, que lhe digo que conheço, não é idêntico, mas se aproxima.
    A força para continuar na luta diária surge, porque sabemos que é necessária, pelo amor que sentimos...Desejo do fundo do meu coração que a Sra seja amparada pela luz divina e consiga viver em paz e que se for possível aos olhos do Pai que sua filha melhore, seria muito bom ouvir pelo menos um sussurro de sua voz.
    Fique em paz.
    Abraços
    aline

    ResponderExcluir
  16. que esta triste historia sirva como liçao de vida para muitas mães, eu por exemplo, tenho 4 filhos perfeitos e vivo brigando com eles por quase tudo, estou aos prantos por ver as fotos da flávia antes e agora, que deus ilumine essa mãe e filha querida.

    ResponderExcluir

Related Posts with Thumbnails