Este blog, criado em janeiro de 2007, é dedicado à minha filha Flavia e sua luta pela vida. Flavia vive em coma vigil desde que, em 06 de janeiro de 1998, aos 10 anos de idade, teve seus cabelos sugados pelo sistema de sucção da piscina do prédio onde morávamos em Moema - São Paulo. O objetivo deste blog é alertar para o perigo existente nos ralos de piscinas e ser um meio de luta constante e incansável por uma Lei Federal a fim de tornar mais seguras as piscinas do Brasil.

Minha luta contra um gigante: Jacuzzi do Brasil

- 17 de novembro de 2008
A história de Flavia, sinônimo de NEGLIGÊNCIA e IMPUNIDADE, já caminha para 11 anos. – 10 de luta na Justiça para ver respeitados os direitos de minha filha. Infelizmente até agora minha luta tem sido quase inglória, já que a lentidão e a burocracia jurídica de meu país, têm impedido uma sentença à altura da gravidade do acidente que deixou Flavia em coma vigil irreversível. Mesmo assim, desde o dia em que dei início a esta batalha judicial, assumi perante a mim mesma, o compromisso de manter-me sempre fiel ao relato dos fatos e totalmente comprometida com a verdade. Mas esta não foi a postura dos réus. Enquanto escrevo este post tenho em mãos cópia de um dos vários recursos apresentados pelo Condomínio Edifício Jardim da Juriti. Eis algumas das colocações do documento que transcrevo na cor azul :

“... em que pese a inafastável dor e lamento geral pelas seqüelas sofridas pela menor recorrida, é necessário que se analise o caso sob a ótica puramente processual e legal, o que levará a inexorável conclusão de que o condomínio recorrente não contribuiu direta ou indiretamente com o infeliz desfecho, ocorrido, lamentavelmente, pelo desleixo da própria mãe.
"...a mãe da menor foi relapsa ao deixar a menor impúbere, nadando sozinha na piscina....”

Como tenho repetido em posts anteriores, Flavia NÃO estava sozinha na piscina, mas acompanhada de três adolescentes: Um de 14 anos ( irmão de Flavia) e outros dois adolescentes de 15 anos (amigos.)

“..o acidente ocorreu em virtude da não observância do dever de guarda e vigilância da mãe (...) Além disso, houve culpa da própria vítima, ao nadar após a ingestão de alimentos sem a necessária touca e de provavelmente brincar junto ao ralo da piscina”-

 Flavia NÃO ingeriu alimentos antes de entrar na piscina.
- Culpa da própria Flavia ?!
- Então não se podia brincar junto ao ralo da piscina? Como assim?! Flavia teria que saber que deveria ficar longe do ralo?!

“Se existiu responsabilidade com relação ao motor da piscina...não há como inocentar a Jacuzzi. Com efeito, o condomínio.... no desempenho da administração dos interesses de todos...procedeu a troca do motor, não para haver algum ganho, mas porque assim foi orientada na loja”.
“O manual de instruções da Jacuzzi, ao contrário do que determina a Lei 8.078/90, não contém informações nem advertências, quanto a potência, riscos, etc. fazendo iludir o consumidor (Condomínio) a adquirir um equipamento mais caro, justamente pela total falta de informações adequadas”
“...não há como se afastar a responsabilidade do fabricante da bomba, a Jacuzzi, a qual não orientou corretamente seu cliente, consumidor, nem ao público geral."

O Condomínio para se defender, falta com a verdade quando se refere à mim e à Flavia. Mas confirma que trocou o equipamento e diz que foi conforme orientação da loja. (Jacuzzi). Então aqui, o Condomínio reconhece a culpa da Jacuzzi, mas quer isentar-se e me coloca como co-responsável pelo acidente, o que infelizmente acabou sendo acatado pela juíza Fernanda Gomes Camacho, que deu a sentença à qual estou recorrendo em última instância.

Já me perguntei inúmeras vezes: Se o Condomínio admite que trocou o equipamento orientado pela empresa fabricante do ralo, admitindo também que o manual da JACUZZI não continha as informações necessárias à instalação do equipamento, por que então não se voltou contra esta empresa em vez de se voltar contra mim, mãe de Flavia?! Esta sempre foi a tática de defesa do Condomínio: Botar a culpa em mim, e o pior, faltar com a verdade dos fatos. E com isto conseguiu que a juíza condenasse a ele, condomínio e me colocasse como co-responsável pelo acidente com Flavia, isentando a Jacuzzi de qualquer culpa. Por todos os motivos por mim alegados no processo de Flavia que são os mesmos aqui mencionados pelo Condomínio: Falta de suficiente informação no manual da Jacuzzi sobre os perigos de um sistema de sucção instalado de forma inadequada, no meu entender, isenta de culpa a Jacuzzi não é mesmo, e por isso continuo lutando por sua condenação. Mas até agora, nenhum juiz ou ministro concordou com a culpa da Jacuzzi. E a completa justiça para Flavia, só depende deles.

Semna de 17 a 23 de Novembro - Posts sobre a história de Flavia nos blogs:
Verdinha - Portugal, Avesso do Avesso - Brasil

Muito obrigada e até o próximo post.

Meu nome não é Odete, como algumas pessoas escrevem nos comentários, é Odele, com L e não com T.
Obrigada.

40 comentários

  1. Ate me deu vontade de torcer o pescoço a essa gente.. mas respirando fundo.

    1 - O facto de a mãe estar ou não presente no momento do acidente não é relevante uma vez que o mesmo não aconteceu devido a afogamento acidental, ou seja, não deu uma caimbra e a flávia deixou de conseguir nadar. Logo a vigilância da mãe nada poderia ter resolvido na situação.
    2 - Mesmo que a mae esteve-se presente o acidente ter-se-ia dado na mesma uma vez que nem a mãe nem a filha estavam alertadas para o perigo.
    3 - A ingestão ou não de alimentos antes do acidente também não é relevante, uma vez que o mesmo não se deu por paragem digestiva.
    4 - Mesmo que a mãe estivesse presente e se apercebesse do acidente não teria como tirar a flávia mais rapido de dentro de agua uma vez que como foi provado o cabelo dela ficou preso e foi bastante dificil para o irmao retira-la.
    5 - Flávia praticava natação desde bebe, logo o perigo de afogamento era minimo, ainda por cima quando vigiada pelo irmao e amigos.
    6 - é responsabilidade dos condominios assegurar a segurança das pessoas que lá vivem, portanto era da responsabilidade do condominio assegurar que a piscina era segura.
    7 - uma troca de ralo numa piscina não deve ser feita por técnicos não credenciados para o efeito. houve neglicencia do condominio em permitir que isso acontecesse.
    8 - Flávia já tinha nadado em segurança naquela piscina, nem a mãe nem a criança foram alertadas de que a mesma tinha sofrido alterações.
    9 - Mesmo que a Flávia estivesse a usar toca, isso não evitaria que qualquer parte do seu corpo fosse sugada uma vez que o ralo era demasiado poderoso para o tipo de piscina.
    10 - Uma piscina é para ser usada em toda a sua extensão, não apenas para ser usada a superficie da mesma, logo nadar perto do ralo é um direito de qualquer pessoa que use a piscina e um dever do responsavel pela mesma de se assegurar que o ralo está em condições.

    E depois de rebater todos os argumentos do condominio, afirmo:

    1 - qualquer acidente que aconteça por material defeituoso e cuja responsabilidade de manutenção seja do condomio faz do condominio responsavel pelo mesmo.
    2 - Manutenção e troca de equipamentos devem ser feitos por tecnicos especializados e que conheçam as competencias dos aparelhos. sempre que isso não aconteça e que disso advenham acidentes a culpa é de quem ordenou a troca.

    Só com uma brevissima analise eu já dei 12 argumentos para o condominio ser culpado. é preciso um juiz ser muito inculto para nao perceber isto depois de analisar todo o processo.


    Quanto à jacuzzi é obrigatorio por lei alertar o consumidor para os perigos do uso incorrecto do material. Logo o manual do ralo não estava em conformidade com as normas de segurança e por isso mesmo a empresa deve pagar uma indemnização, por não agir em conformidade com a lei e dai ter resultado um acidente...


    Querida Odele, o melhor método de defesa é o ataque, e é isso que o condominio tem feito consigo, ataca-la para se defender. Na minha opiniao a melhor forma de fazer com que a justiça seja feita é conseguir rebater com argumentos logicos tudo o que os outros disserem. Da mesma forma que eu fiz em cima. Por exemplo quando eles dizem que a flavia comeu dentro de agua voce responde: "não, a flavia nao comeu, mas diga-me a relevancia dessa afirmaçao uma vez que esta provado que o afogamento nao se deu por paragem digestiva". ao acusa-la eles fazem com que a atençao do juiz fique dividida em varias questoes, se o argumento deles for deitado por terra o juiz automaticamente vai esquecer a questao e concentrar se nos factos que nao podem ser rebatidos, que é a responsabilidades deles em fazer uma manutençao correcta do equipamento e da jacuzzi em alertar para os perigos do uso indevido dos materiais...


    (eu devo ter sido advogada em outra vida, isto de leis e argumentos é tudo muito simples na minha cabeça. Pena que não é tao simples na cabeça dos juizes.)

    ps - sim só tenho 22 anos, mas como eu já disse sofro do sindrome de peter pan, nao consigo ver injustiças.

    beijooo

    ResponderExcluir
  2. Odele,
    É revoltante ver como o condomínio foi covarde... Claro que iriam querer colocar a "culpa" em você, não iam querer "briga" com uma empresa grande como a Jacuzzi. Imagino o dinheiro que deve ter rolado por debaixo dos panos.
    "Desleixo da mãe"?!?! Pois se deixar uma filha com o irmão e com amigos é desleixo, imagino que uma mãe zelosa para eles deve deixar ter que deixar os filhos na coleira, trancado no quarto para evitar qualquer imprevisto.
    Nossa, realmente é de tirar do sério a indecencia do envolvidos e do sistema penal brasileiro.

    Mas a justiça tem que se fazer ouvir...

    Uma boa semana pra vcs duas.
    abraços carinhosos!

    ResponderExcluir
  3. MEU DEUS DO CÉU!!!! RELAPSA e IMPÚBERE é essa (IN)justiça brasileira...é de doer o coração essas palavras frias, desumanas e sem propósito do RÉU, sim RÉU, pois na minha concepção é pura e simplesmente um dos culpados, pelo ocorrido...onde já se viu, uma defesa baseada na dor e sofrimento de uma família, cuja vida segue exclusivamente em busca de uma justiça que devido à demora, beneficia esses impunes irresponsáveis...quantas pessoas ainda terão de passar por tamanho sofrimento para haver justiça, meu Deus!!! Deixo aqui, minha INDIGNAÇÃO contra esses irresponsáveis...querida Odele, sofro a cada minuto com você, e Deus há de nos ajudar nessa luta...estarei sempre ao seu lado...um beijo, querida...

    ResponderExcluir
  4. RÍDICULA e REVOLTANTE essa alegação do condomínio... se atacassem a jacuzzi alegando falta de orientações técnicas seria compreensível.... mas falar isso... LAMENTÁVEL... sinto vergonha por eles.

    ResponderExcluir
  5. Só me ocorre dizer que tudo isto é um absurdo. Por amor de Deus!! A culpa da mãe?!!Sem mais palavras. Até me indigno demais. Beijos para vós e a minha solidariedade, como sempre.

    ResponderExcluir
  6. O teu advogado e melhor do que ninguém saberá dizer e contrapor os argumentos apresentados pelo Condomínio. Existem normas escritas e actas anuais feitas no e pelo Condomínio de qualquer pédio. Nele havia alguma cláusula que as crianças só poderiam ir para a piscina acompanhadas por adultos? De certo que não!

    Como é óbvio a Jacuzzi quer vender e é responsável se vendeu sem qualquer manual de instruções ou advertências na altura da montagem do mesmo.

    Quando ocorreu o dramático acidente aqui em Portugal, o caso AquaParque, o mesmo foi precisamente numa enorme piscina com acesso a boias amarelas - uma semana antes estive lá com as minhas filhas e amigos - em que não podiam ser acompanhadas por adultos, já que era baixinho e os pais, tal como eu ficávamos à beira. Mas uma foi sugada e deram-na como desaparecida fora dali e uma semana depois foi outra. Só aí é que a "equipe de investigação da PJ" resolveu fechar e procurarem na tubagem...e encontraram as duas crianças.
    Uma luta terrível na justiça e foi o governo português de então que pôs fim ao processo, encerrando para sempre as instalções e outras idênticas, indemnizando "justamente"(não há dinheiro que pague a perda ocorrida) para que os pais e familiares ficassem em paz (se é que alguma vez ficaram). Um deles vive nos EUA e tinham vindo passar férias.

    Acusam-te de negligência quando Flávia estava acompanha por jovens, mas tudo serve para sacudir a água do seu capote.

    Não desistas de lutar porque continuam na análise e verás que em breve, com a ajuda do teu adbogado, far-se-à JUSTIÇA!

    Força meu doce e estarei/estaremos sempre do teu lado.

    Uma beijoca para ti e outra para a tua/nossa Flávia

    ResponderExcluir
  7. Odele,

    Fiquei chocado ao ler este post! Que falta de vergonha a dos advogados que representam essa entidade. É preciso ter lata para escrever algo assim numa peça processual!

    Força, estamos sempre aqui.
    Um abraço
    Sérgio

    ResponderExcluir
  8. Olá, tenho um blog, gostaria de ajudar de alguma forma. Digulgando seu blog ou a história da sua filha. Como faço? Bom... meu blog é novo, mas gostaria muito mesmo de te ajudar em qualquer coisa.

    ResponderExcluir
  9. Gracias Odele por venir a verme, me alegro mucho siempre que te encuentro, vine a dejarte un beso a ti y a Flavia, siempre os tengo presente.
    Muchos besos.

    ResponderExcluir
  10. Odele
    A gente fica cada vez mais indignada com o que acontece contigo e a Flavinha.
    Se tivesse alguma coisa que eu pudesse fazer, se eu conhecesse alguém influente, tenha a certeza que já teria recorrido desde a 1ª vez.
    O que faço é rezar sempre e pedir a Deus que a justiça seja feita.

    Bjim pra ti e pra Flavinha.

    ResponderExcluir
  11. Verdinha
    Vai fazer direito, vai. Tu vais ter sucesso na carreira.
    Bjim.

    ResponderExcluir
  12. A gente lê tudo isto e belisca-se para saber se está mesmo acordado ou se estará a sonhar.
    Mas logo a gente cai na real: vivemos num mundo de hipocrisia e deslealdade.
    Assim, é claro que o condomínio teria de se agarrar a tudo para se safar. Acusa a Flavia, acusa a Odele, acusa a Jacuzzi.Só não acusou o irmãos da Flavia e os dois amigos, porque se esqueceu ou porque eles eram menores.
    A Verdinha, no seu comentário, extremamente completo e inteligente, já disse o essencial.
    E , quanto a mim, há aqui dois aspectos-chave:
    1- Se há um ralo que suga corpos e os prende e não havia qualquer aviso sobre o facto e qualquer dispositivo que actuasse de imediato de modo a parar a sucção, os responsáveis são os administradores da piscina e os fornecedores do equipamento;
    2- se foi mudado um motor, de acordo com instruções do fabricante,fazendo com que a potência de sucção se elevasse, continuam ambos a ser responsáveis.
    O que não entendo é como uma coisa que parece ser tanto do senso comum não é entendida pela justiça.
    Culpar a mãe de uma menina de 10 anos, nadadora habilitada, só porque não estava com ela dentro da piscina, a um metro da menina será o mesmo que culpar a mãe de uma jovem que é atropelada numa passadeira para peões, só porque não ia com ela de mão dada a mandar parar os carros.
    Aos 10 anos já não se é uma criança de colo, metida dentro de uma redoma de vidro ou dentro de uma cerca de arame.
    Mas, para sacudir a água do capote, qualquer argumento vale.
    Força Odele! Estaremos contigo, sempre, até que se faça justiça!

    ResponderExcluir
  13. Olá Odele,

    Nem sei o que escrever, depois de ler sua mensagem. Não dá para acreditar que esses argumentos estúpidos tenham sido usados. O que se inventa para não assumir a culpa? Como podem ser tão hipócritas a ponto de escrever que foi desleixo da mãe????

    Inacreditável, mas continuo torcendo por vc e pela Flavinha. A justiça precisa ser feita!!!

    Um beijinho para vc, Flavinha e seu filhão.

    Sheila

    ResponderExcluir
  14. Querida Odele,

    Fico sem palavras para descrever tamanha irresponsabilidade . Querem reverter o quadro? Você é a culpada? Sua querida menina é a culpada?
    UMA VERGONHA!
    Aceite o meu afeto e solidariedade.
    Com carinho,

    Leonor Cordeiro

    ResponderExcluir
  15. hola Odele, realmente a veces cuando lees algunas tracripciones de juicios piensas si realmente los jueces saben leer entre lineas o es mas facil dar la razon siempre a los poderosos, para terminar pronto el trabajo y no tener que pensar.
    pero debe de llegar ese momento que al final te den la razon
    sigue luchando pues tuya es la verdad y al final tendran que dartela por justicia hacia flavia
    saluditos

    ResponderExcluir
  16. Esse é um daqueles casos em que a realidade suplanta a imaginação! Que absurdo!
    Como alguém é capaz de jogar assim, tão sujo e pesado! Admira-me a juíza ter "caído nessa"!
    Não conheço os detalhes da ação, mas a responsabilidade da Jacuzzi parece-me ainda maior que a do condomínio.
    Abrs,

    ResponderExcluir
  17. Querida amiga,
    assino por baixo no comentário de Verdinha, pois em tudo o que argumentou está coberta de razão.
    É profundamente irritante chegar aqui e ver em que pé está a situação, é revoltante os Juízes ainda não terem conseguido ver o que está à vista de qualquer pessoa que conhece o caso de Flávia.

    Beijinhos para Flavinha e para si Odele e nunca perca a força, querida amiga.

    ResponderExcluir
  18. .
    Quando a "Justiça(?)" não tem vergonha de invocar, ou aceitar argumentação deste teor, resta bradar por JUSTIÇA verdadeira, já que essa está distante desta.

    Estou contigo.
    Bjs

    ResponderExcluir
  19. Querida, é revoltante acusarem vc de ser responsável pela tragédia que aconteceu com a nossa Flavia.

    Vergonhosa a nossa justiça, a covardia das pessoas.

    Beijos!

    ResponderExcluir
  20. Querida Odele, não pude me conter diante de tamanha impunidade e bestialidade humana e escrevi um post sobre sua filha no meu blog... só um desabafo, nada d+. Se fiz mal, por favor, me desculpe e me avise, pois o tiro do ar na mesma hora. Um grande abraço.

    ResponderExcluir
  21. isto realmente é revoltante...

    a criança fica em coma e a culpa é dela!!!

    Odele custe o que custar nao desista de fazer justiça pela flavia!!

    beijinhos
    Rosinha

    ResponderExcluir
  22. mi querida amiga hola!!!, creo que en la mayoría de los casos la víctima termina siendo victimario...sabes que estoy pensando desde hace mucho tiempo, las mujeres deberían estar juzgando, ocupando lugares importantes...creo que algunos hombres no tienen la sensibilidad para tratar los casos...en qué cambiaría la historia de Flavia si hubieras estado pegadita a ella???...en nada tesoro...solo que buscanm rebuscan motivos.
    Besitos + abrazos para vos y Flavia!!!

    ResponderExcluir
  23. Olá mãe linda e forte, estou conhecendo seu blogger hoje e estou comovida com sua historia, é lindo ver a força que vc tem , mas ao mesmo tempo é triste e vergonhoso ver como a justiça no Brasil é falha e lenta, até quando vamos continuar desse jeito??
    Força mãe, Deus esta com certeza do seu lado e com certeza a justiça sera feita.
    beijos

    ResponderExcluir
  24. Odele:

    Apesar de revoltante, o que a "Excelentissima" juiza disse para nós não é novidade. Gostei imensamente do fato do condominio, ao se ver acuado, ter finalmente "jogado na roda" a PRECIOSA Jacuzzi do Brasil.Agora não há mais como ela se eximir da responsabilidade. Quanto a sua responsabilidade,qualquer bom advogado conseguirá demonstrar ser nenhuma. Achei muito pertinente as colocações da Verdinha, sobre a tentativa de desviar o foco da questão. Ela realmente deveria fazer Direito.
    Beijos a você e a Flavinha. Continuo rezando e torcendo muito.

    ResponderExcluir
  25. Querida Lucia,
    Algumas linhas em favor de meu advogado que considero muito bom.

    Meu advogado já apresentou todos os argumentos possíveis e imagináveis,sobre a culpa da Jacuzzi e do Condomínio e minha não responsabilidade no acidente com Flavia. Mas uma coisa é o advogado argumentar e provar, como foi o caso, e outra coisa é os juízes levarem em conta as provas de um processo. E por que os juízes não levaram em conta o que foi colocado por meu advogado, se foram por nós anexadas aos autos, as provas periciais mostrando o superdimensionamento do ralo da piscina?! É por isso que digo que por melhor que seja o advogado, quem decide é o juiz que está com o nosso processo em mãos. No caso de Flavia, graças ao trabalho de meu advogado, as provas contra os réus estão lá - há anos -. O que está faltando Lucia, não é um bom advogado, é um juiz atento e sensível.

    Obrigada por seu comentário e participação neste post Lucia. Um abraço.

    ResponderExcluir
  26. Todo mi corazón y mi apoyo de siempre a uds.
    Las quiere.............Vivi

    ResponderExcluir
  27. Mas a postura deste condomínio é totalmente inadmissível, posto que se tinha informação de que Flávia ingeriu alimento e que não estava acompanhada de alguém responsável é porque sabia que ela estava na piscina sob risco de acidente e não fez absolutamente nada. Como é que pode? Quem passou para o condomínio tais informações demonstra insensibilidade, irresponsabilidade e omissão. Já no caso da Jacuzzi a situação apresenta-se ainda mais esdrúxula porque como é que se pode admitir que uma fábrica omita informações tão importantes dos produtos que comercializa e que colocam vidas em risco? O mais impressisonante é perceber a atitude da justiça que em nenhum instante levou em conta a omissão de socorro do condomínio, que mantinha informações tão relevantes. Isto para nãoi dizer do seu procedimento frio e indiferente a uma moradora, numa demonstração de precário convívio social entre os que habitam nele. Muito triste tuso isso.
    Cadinho RoCo

    ResponderExcluir
  28. Odele,
    Assim como você e sua filhinha muitas outras pessoas no Mundo inteiro são vítimas duplamente, injustiçadas também pela "justiça" que deveria, acima de tudo, fazer JUSTIÇA! Continue sua luta, NÃO DESISTA! Sua princezinha dorme mas sabe que você está lutando! Que Deus as abençoe sempre, estarei rezando diariamente! Meu abraço solidário, já postei o vídeo em meu blog. FÉ, MUITA FÉ!

    ResponderExcluir
  29. Incrivel,que como para se protegerem até a mãe culpam...
    Então a mãe tem de estar sempre ao ladoda filha e nãoa pode deixar brincar com o irmão e os amigos a sós para nunca acontecerem acidentes?
    Façam mas é justiça de verdade e tratem de declarar a culpa do condominio e da loja se necessário.
    Beijinhos e abraços de Portugal para vocês amiga Odele.

    ResponderExcluir
  30. Olá Odele...

    Passando aqui para convida-la a ir até o meu Avesso, pois hoje a postagem é dedicada a vc e Flávia.Não sei se lembra mas há um tempo fiz uma poesia pra vc e só hoje consegui finalizar...Espero que goste!rs...

    Vcs já moram no meu coração!

    Beijinhos

    Maria Dias

    ResponderExcluir
  31. E tenho dito ... a Justiça não é cega , é caolha.
    Revoltante e chocante.
    Só falta condenar a Flávia.. que absurdo.
    Força , Coragem e Luz.
    Bjs

    ResponderExcluir
  32. Que coisa!

    Eu não sei o que é mais revoltante ou vergonhoso: o comportamento de defesa do condomínio, ou o fato da juíza ter assim, aceito.

    Mas ainda há esperança.

    Bjo

    ...

    ResponderExcluir
  33. Que coisa!

    Eu não sei o que é mais revoltante ou vergonhoso: o comportamento de defesa do condomínio, ou o fato da juíza ter assim, aceito.

    Mas ainda há esperança.

    Bjo

    ...

    ResponderExcluir
  34. Há de estar lá juízes sensíveis, SIM!!!
    EU CREIO!!!
    Beijos, Eliana - e-mail :mariaortizdamiao@superig.com.br.

    ResponderExcluir
  35. Odele,

    Vc realmente me encanta com tua força e a luz q percebo daqui.Sou mãe mas te digo, q não sei se teria esta força que vc tem(nós mães temos muita força quando nossos filhos precisam)mas neste caso amiga, eu tenho minhas dúvidas, não sei....Não sei se eu já teria desistido...
    Acho impressionante a tua luta que no início ao conhecer a história de vcs, me chocou e me deixou sem palavras mas que depois fui podendo te ler aos poucos e cada dia um pouquinho mais e hoje eu já consigo ler tudo sem me machucar tanto(mas sempre fico indignada)percebo q as pessoas fogem dos problemas e fecham os olhos diante das tragédias dos outros até q acontece algo em sua própria família e aí sim tem q se enfrentar...
    Cada vez q entrava no teu blog eu sentia muito por tudo.Fico mesmo muito impressionada com vc que arruma tempo para ajudar o próximo e tb para vc mesma... Vc é forte eu sempre te falei...E Flávia não poderia ter sido confiada a uma pessoa mais nobre q vc.Estou com vc e com Flávia e sempre q precisar conte comigo e faça do meu espaço a extenção do seu.

    Beijos

    Crika

    ResponderExcluir
  36. ...será que se o ocorrido tivesse
    sido com alguns dos filhos dos
    juízes envolvidos, este processo teria esta idade?

    que indecência, meu Deus!

    bjs, querida!

    você é um exemplo de fortaleza!

    ResponderExcluir
  37. É Odete, enquanto houver interesse monetário, haverá injustiça...

    Espero que você consigua a devida justiça.

    Fica com Deus, Odele.
    Um abraço.

    ResponderExcluir
  38. Odele,
    Através de floreados e de palavras bonitas, a verdade é que se vai conseguindo impedir que seja feita justiça. Mas mais cedo ou mais tarde tenho a certeza que vais conseguir vencer a tua batalha por verdadeira justiça.
    Bjo.

    ResponderExcluir
  39. Não tem cabimento a alegação de que a mãe foi relapsa ! Relapsa, corrupta ,incompetente e injusta é a nossa vergonhosa "justiça" onde muito poucos se salvam! Em lugar nenhum do mundo seria permitido utilização de equipamento que pudesse causar um dano destes!!!Isto é que tem que ser questionado e não a presença da mãe !? A responsabilidade é sim da Jacuzzi.Mesmo que estivesse previsto no manual ela não esta eximida de culpa. Reafirmo que o equipamento é que não poderia ser comercializado por apresentar um enorme potencial de risco a vida humana como ficou evidenciado! Não desista de sua luta ,voce por certo não esta sozinha.

    ResponderExcluir
  40. Odele fikei mto chocada com q aconteceu com a sua filha! e mto emocionada, jamais alguem vai saber a dor q vc esta sentido, e te admiro desde ja, pela força q vc esta tendo nesses anos todo! Concerteza nao deve ser nada facil! E fiko mto decepcionada tbm q a justiça nao foi feita, isso só demonstra q a justiça do nosso país esta cada vez pior! Mais tenha mta fé em Deus, concerteza vc vai vencer essa! Um beijo enorme pra vc e da um beijo na Flavia por mim! é mais uma amiga q ela conquisto! Me responda vio! Beijos

    ResponderExcluir

Related Posts with Thumbnails