Este blog, criado em janeiro de 2007, é dedicado à minha filha Flavia e sua luta pela vida. Flavia vive em coma vigil desde que, em 06 de janeiro de 1998, aos 10 anos de idade, teve seus cabelos sugados pelo sistema de sucção da piscina do prédio onde morávamos em Moema - São Paulo. O objetivo deste blog é alertar para o perigo existente nos ralos de piscinas e ser um meio de luta constante e incansável por uma Lei Federal a fim de tornar mais seguras as piscinas do Brasil.

Indignação coletiva. Por minha Flavia e por todas as outras

- 17 de maio de 2008
Os blogs possibilitam uma interação fantástica entre as pessoas, e isto faz deles um recurso de comunicação bastante útil e dinâmico. No caso do acidente há 10 anos ocorrido com Flavia, venho tentando a mídia convencional, sem sucesso. A mídia serviria para jogar luz em cima da história de Flavia, para alertar sobre o perigo dos ralos de piscinas e para relembrar este caso de negligência e impunidade que os responsáveis, CONDOMÍNIO JARDIM DA JURITI e a empresa de sistemas de sucção de piscinas JACUZZI DO BRASIL, têm todo o interesse que seja esquecido. Mas a mídia convencional está longe de cumprir o seu papel social. Não está interessada em fazer follow up do que já foi um dia notícia, a mídia convencional está interessada isto sim, em mostrar à exaustão o que aconteceu recentemente, porque é isto que lhe dá audiência, e vende jornais e revistas. Isto não é apenas um desabafo de minha parte, mas é também uma constatação.

Tenho feito contato com jornais, revistas, TVs e sei que algumas amigas jornalistas também têm me ajudado, no sentido de buscar mídia para o caso de Flavia, na tentativa de lhe dar visibilidade e assim quem sabe, possamos chamar a atenção das autoridades jurídicas de nosso país, para esta situação de absurda lentidão da justiça brasileira em condenar - de forma exemplar e não simbólica como já o fez - os culpados pelo acidente ocorrido com Flavia, e que há 10 anos a mantém imóvel, inconsciente e à margem da vida.

Mas se a mídia convencional não tem mostrado interesse em divulgar o caso de Flavia, o mesmo não acontece com os blogs que têm se mostrado solidários e dispostos a não deixar que o acidente que devastou a vida de minha filha caia no esquecimento. Em agradecimento às pessoas que interagem comigo através do blog de Flavia, a partir deste post e sempre que se justificar, passarei a reproduzir comentários dos leitores de Flavia, com a intenção de mostrar exatamente essa interação existente entre os blogs e que nos anima a continuar a escrever e a passar nossa mensagem. E aqui no caso deste blog, os comentários mostram também que esta indignação pelo desrespeito aos direitos humanos de Flavia, não é só minha, mas é sim, uma indignação coletiva.

E sabemos, pelo que vem sendo documentado neste blog, que outras pessoas além de Flavia foram vítimas de acidentes com ralos de piscinas, acontecidos em todo o mundo, muitos desses acidentes fatais. Como estarão hoje as vítimas que sobreviveram a esses ralos sugadores? E quanto aos responsáveis por esses acidentes, quem sabe deles? Foram punidos....? Sem a mídia, não há como sabermos. Melhor pra eles.

Comentário deixado no post do dia 20 de Fevereiro de 2008.
QUE O BLOG DE FLAVIA NÃO SAIA DE SUA CABEÇA.
(a Débora não deixou link para blog)
Debora disse...
Dez anos se passaram e nunca ninguém faz nada?! Ao entrar aqui me lembrei de ter lido ou ouvido reportagens sobre o fato mais jamais iria imaginar q após tanto tempo a justiça ainda não tivesse sido feita, sei o qto eh dificil cuidar de um filho especial pois tenho uma , mas não consigo imaginar o tamanho de sua dor por ver uma menina linda cheia de vida hoje vivendo em coma,.....me emociono com a luta q vc trava diariamente para mostrar ao mundo o perigo das piscinas e a irresponsabilidade de certos fabricantes. ...cadê a Justiça desse pais? Qtas outras mães terão q derramar lágrimas e se juntar a esse grito para q se tomem alguma atitude.... Flavia quer com certeza e sim q nos juntemos ao um grito de uma só voz, chega q se faça a justiça q se punam os culpados há dez anos foi Flavia depois vieram outras flavias e nada foi feito!!!Foi mais um caso esquecido?AAhhh !!! Não era filha de nenhum politico, nenhum magistrado? .... Desculpa se me alonguei mais me revoltei e com certeza não eh para menos.....
Quinta-feira, Fevereiro 21, 2008

Comentário feito no post do dia 09 de Março de 2008.
DESTINO: BRASILIA, NOVE ANOS DEPOIS.
(Fazendo referência à frase final de meu post de que o processo de Flavia, mesmo tendo ficado nove anos na justiça paulista, lá em Brasília, para onde está seguindo, poderá ainda ficar mais alguns anos até a decisão final.)
betty mello disse...
Queridas: Infelizmente não me surpreende esta "frase final"...Mas acho que vc não tem outra opção mesmo (pelo aspecto financeiro, emocional, moral, etc...) Parece que são todos feitos de PLÁSTICO !!! Não têm sentimentos, família, princípios, NADA ! Será que a atitude seria a mesma se o sobrenome de vocês fosse outro, "mais interessante ou mais expressivo "? Com certeza que não !
Se tivessem amiguinhos espalhados pelos "lugares chave" do governo/partidos/país/ da mídia o tratamento, a atenção e o empenho/interesse dedicados seriam os mesmos ? Certamente que não !

A lentidão, o desinteresse, o adiamento, a insensibilidade são as diferentes facetas da injustiça que reina no nosso país, e que acarretam "catástrofes sociais" cujas dimensões ninguém se dá ao trabalho de analisar. Tenho vergonha de ser brasileira nestes momentos, de me sentir amarrada, impossibilitada de ajudar, de convencer, de transformar tudo isso - que já é péssimo, horrível, absurdo e totalmente desnecessário - e que poderia ser resolvido com apenas uma gotinha de humanidade, de compaixão (no sentido etimológico da palavra mesmo, e não como "pena ou dó"), de RESPEITO, de DIGNIDADE.
De que natureza são estas pessoas que insistem em "adiar", em se "des-responsabilizar" por uma decisão tão óbvia...
....Confio que a Justiça Divina consiga tirar as vendas desta (In)juntiça humana, mas não apenas "lá no céu", e que vcs possam ser (de uma maneira mínima) ressarcidas de tudo. Um beijo carinhoso de todos nós, Betty, Ju, Arteiras Artesãs e suas famílias
Domingo, Março 09, 2008

Comentário feito no post de 3 de Abril de 2008
"ACORDA JUSTIÇA BRASILEIRA! PORQUE FLAVIA JÁ NÃO PODE FAZÊ-LO"
(Texto de Saramar Mendes)
xistosa disse...
Não posso acrescentar mais nada, a não ser uma lágrima ou duas, furtivas, sempre que venho aqui ...
Se fosse o filho(a) dum "chefão", há muito que estava resolvido.
Nós, os pequenos, limitamo-nos ás migalhas e a ter justiça, quando a justiça quer.
Infelizmente não é só no Brasil. em Portugal e até em França, casos que envolvem vidas, deveriam ter prioridade ...
vão passando para o fundo ,,, para o fundo ... para caírem no esquecimento.
..........Só tenho que enxugar o assomo lacrimoso e desejar que mantenha a fé.
Sei que não é necessário ... mas é uma força mais!
Quinta-feira, Abril 03, 2008

Comentário feito no post do dia 08 de Abril de 2008
CASO FLAVIA: AINDA TENTANDO A MÍDIA.
Fatyly disse...
A roda em torna de Flávia irá dar os seus frutos. Esperar custa porque este caso deveria ter despacho "para ontem" e peca por tardio...mas aguentemos com força e coragem.
Gostei do que li!
Quarta-feira, Abril 09, 2008

Comentário feito no post do dia 29 de Abril de 2008
M.M.MENDONÇA disse...
Odele
Foi com dor, desgosto e amor que me inteirei deste post.
Estou disponível para o que for preciso porque a justiça tem que ser feita e a nossa Flávia terá que ser ressarcida dos danos que lhe foram causados.
Nada os repara mas o apoio financeiro permitirá que tenha uma assistência com a qualidade possível.
Abraço-as às duas
Segunda-feira, Maio 05, 2008

Muito obrigada aos amigos que deixaram os comentários acima.
Até o próximo post.

Meu nome não é Odete, como algumas pessoas escrevem nos comentários, é Odele, com L e não com T.
Obrigada.

40 comentários

  1. Os comentarios mostram o valor de sua luta querida Odele, parabéns por nos deixar esse exemplo de guerreira que tu és!
    Um excelente final de semana.
    Big Kiss

    ResponderExcluir
  2. Querida Odele,

    Tenho a certeza que se vai acabar por conseguir chamar a atenção dos mídia ... há que não desistir e continuar a falar da situação de Flávia ... todos juntos iremos conseguir ...

    beijinhos

    ResponderExcluir
  3. Odele
    Tu não desistes e nós também não.Há que persistir e há muitas formas de o fazer.
    Flávia era uma criança linda que já pagou com 10 anos da sua vida a incúria de quem não pensou nela. O futuro para Flávia é uma incógnita. A única certeza são as suas necessidades permanentes de apoio que continuarão mesmo se Flávia acordar.
    Quem desrespeita as normas de segurança não pode ficar impune e desresponsabilizado.
    A razão há-de vencer.
    Um beijo para ti e outro para Flávia

    ResponderExcluir
  4. Eu sou um bocado desbragado, por isso não acrescento mais nada.
    Também a água nos olhos dificulta-me a visão.
    FORÇA MÃE CORAGEM !!!

    ResponderExcluir
  5. Odele

    Flavia e sua luta, merecem todo o nosso apreco.

    Contem comigo sempre e com certeza com os demais blogueiros que sempre estao aqui te apoiando.

    Beijinhos, bom Domingo e boa semana.

    ResponderExcluir
  6. A existência permanência do blog da Flávia é alerta diário à dignidade humana. É fortíssima demonstração de amor e respeito pela vida, independente daqueles que insistem em deixa-la à margem da justiça que enquanto tarda, falha e falha até por crime de omissão.
    Cadinho RoCo

    ResponderExcluir
  7. Cá estaremos, sempre!
    Com teimosia, obstinação, persistência, ajudando naquilo que pudermos.
    Esse jornalismo descartável que hoje se pratica, aí e aqui, é um dos males da época.
    Mas, nunca desistindo, haveremos de "forçar a barra" como vocês costumam dizer por aí.
    E não tens nada que nos agradecer. A força do teu exemplo e do teu amor por tua filha, estimula-nos e "quase nos obriga" a estar contigo.
    Coragem, amiga!

    ResponderExcluir
  8. Olá, Odele. Deixei pra ti um selinho. Para achá-lo, vá ao final da barra direita do blog. Ele está lá, à sua espera, amiga.
    Abraços.

    ResponderExcluir
  9. RECADO PARA O SR.MÁRIO RELVAS DO BLOG AROMAS DE PORTUGAL.
    ===================================

    Mário,
    Gostaria de lhe pedir publicamente que POR FAVOR, deixe de me incomodar.

    Pela segunda vez hoje,você publica este comentário aqui, e eu imagino que seja para mostrar a todos que você foi solidário com a causa de Flavia, no inicio do blog e que eu não mais faço referência ao seu nome.É verdade Mário, você foi mesmo solidário no início. No entanto, sem nenhuma razão, você começou a ser agressivo e inconveniente comigo, não só no blog mas através de emails. E foi por esta razão que eu decidi me afastar de você e deixei de comentar em seu blog. No entanto, voce continua a deixar comentários aqui no blog de Flavia, alguns bastante inconvenientes, o que me obriga, mesmo com o pouco tempo que disponho, porque em muitos dias não tenho ajuda para cuidar de Flavia, a ficar em constante estado de alerta para apagar seus comentários. Este aqui por exemplo é um comentário muito grande para ficar aqui no blog. Acabei de deletar o que você deixou e você de novo e em seguida faz outro. POR FAVOR Mário, o que eu menos preciso é de pessoas hostis presentes à causa de Flavia. E você tem sido muito hostil. Você tem me deixado estressada com seus comentários e atitudes hostis. POR FAVOR, aja comigo, como venho agindo com você. ME IGNORE e siga seu caminho em paz e me deixe seguir o meu. Não disponho de tempo para ficar apagando todos os comentários inconvenientes que você tem deixado no blog de Flavia. Eu não lhe fiz nada Mário e não entendo porque você vem me causando problemas, por favor, não faça isto. Siga em paz o seu caminho e me deixe seguir o meu nesta minha luta por Flavia. É só por Flavia que tenho este blog Mário, só por ela.

    Muito obrigada.

    ResponderExcluir
  10. Sem dúvida, Odele, hoje os blogs se unem por Flavia, somente à ela e tantos outros a justiça deva ser feita. Novamente lhe escrevo :
    EU CREIO, CONFIO!!! Abraços especiais ... Eliana.

    ResponderExcluir
  11. Odele
    Li o post e todos os comentários e acho triste que venham aqui zucrinar a tua paz neste espaço onde mostras ao mundo o flagelo que por incúria atingiu a tua família.

    Estou e estarei solidária contigo, conforme tive com o caso mais gritante de Portugal - Caso AquaParque - que pela pressão que tiveram foi o próprio governo que o fechou e indemnizou a família das vitimas.

    És uma mãe coragem e acredita que tens muitos amigos e amigas a lutarem pela causa de Flávia que para além de deixarem aqui uma palavra amiga actuam nos bastidores batendo e enchendo tudo que é email estatais portugueses e brasileiros - afinal não somos países irmãos?

    Força, muita força e vamos bater a vida p'ra frente e acreditar que já faltou mais. Abraço-te para que não caias e todos juntos venceremos.

    Um beijo especial para Flávia

    ResponderExcluir
  12. Ao Senhor Mário:
    - Há uma coisa na vida que qualquer pessoa deveria saber distinguir: quando a sua ajuda, a sua presença é bem-vinda, ou quando ela começa a ser incómoda e dispensável.
    É possível que, inicialmente, o Senhor se juntasse à nossa corrente, procurando ajudar nesta luta nobre e solidária em torno da Flavia.
    Ou talvez, afinal, a sua intenção fosse outra: fazer-se notado, aparecer, chamar atenções sobre si.
    Pelos vistos, a verdade do seu comportamento acabou por vir ao de cima.Não era ajudar o que pretendia era mostrar-se...
    Todos nós sabemos que, na blogosfera, circula muita gente boa e sincera, mas também há gente carregada de traumas e de frustrações, que descarrega sobre os outros, à mínima oportunidade.
    Então, se já entendeu que não é bem-vindo aqui, por que continua?
    Não viu que é altura de deixar esta mulher em paz? Ela tem bem mais em que se ocupar e com que se preocupar, do que estar a aturar as suas impertinências.
    Acredito que o Senhor Mário tenha, em sua vida, também problemas delicados a enfrentar. Mas acredite que não é agredindo ou importunando outra gente, que vai conseguir enfrentar melhor as suas situações.
    Isto de passar a vida a despejar aqui textos antigos e, pelos vistos, a incomodar a Odele, de modo particular via e-mail, parece já ser doentio.
    Faça um favor a si próprio e a todos os amigos de Flavia e Odele e, pura e simplesmente,RETIRE-SE!
    Aqui, já
    ESTÀ A MAIS!

    ResponderExcluir
  13. minhas queridas Flávia e Odele, agradeço a reprodução do meu comentário-indignação,e se este puder ser ma força positiva para vocês nesta luta, me alegro ainda mais. Ando envolvida e enrolada por tantas coisas...pena que nem todas alegre e maravilhosas, mas frequentemente venho a este cantinho saber notícias de vocês (ainda que não comente nada...desculpem-me).Mantenho acesa a chama da esperança de que o Bem prevalecerá,a Verdade será revelada e a Justiça (se é que podemos chamar assim...) será feita e vocês terão apenas as pequenas-grande batalhas do dia-a-dia, mas a vitória os tribunais.
    Fiquei imensamente emocionada aos ver as mãos da Flávia tão bem tratadas,com tanto carinho...e só este gesto nos leva a acreditar novamente que o Ser Humano pode, se quiser, ser cada vez mais humano...Beijos carinhosos, a vocês duas, Betty

    ResponderExcluir
  14. Olá! Odele

    Vc nao está sozinha, nessa luta...seu blog nos mostra q é uma dor de mãe perante tal sofrimento, por isso coragem!!! Farei possivel e o impossivel tb pra divulgar seu blog.


    beijos, com muita emoção no coração...so q passou por grande sofrimento tb sabe que vc está sentido.

    http://rosaninauar1964-luzes.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  15. Odele
    Minha amiga, mãe de Flávia e grande cidadã. Não perca tempo com quem não a merece.
    "Há pessoas que são como a aranha empeçonham tudo em que tocam (Henri Troyat)".
    Venho dar-lhe força, muita força para continuar a sua saga em prol de Flávia.
    Abraço-as a ambas

    ResponderExcluir
  16. Odele
    Me desculpe mas de tão revoltado nem lhe agradeci a referência que aqui me fez.

    ResponderExcluir
  17. Quero pedir ao Senhor Mário o mesmo que foi pedido no texto de peciscas: retire-se! Aqui, já está a mais.

    Toca a vida, Odele!

    ResponderExcluir
  18. Tenho uma vida muito ocupada e pouco tempo livre para visitas mas nunca esqueço a Flávia e estarei pronto para integrar abaixo assinado ou qualquer outra acção que ajude a desbloquear o processo.
    Beijos

    ResponderExcluir
  19. Odele, Flávia
    Acompanho-vos com dedicação e espero a hora da verdade e da justiça.
    Vou contrariando a mágoa que sinto quando leio este espaço e pôr, em seu lugar, sentimentos positivos que permitam vencer a barreira que separa a injustiça da justiça.
    Beijos às duas

    ResponderExcluir
  20. Querida Odele,
    Eu ainda não sei linkar, mas vou pedir minha filha para linkar o Blog da Flávia no Compartilhando as Letras. Vamos divulgar esse caso, vamos buscar por justiça!!!!!

    ResponderExcluir
  21. Odele. Já notou que o caso Isabella agora é periférico em todas as mídias? Esgotou-se. Até que venha o julgamento etc e tal.
    E aí a Globo se vangloria de ter dado um salto de audiência nos últimos meses, reconhecendo que as entrevistas com envolvidos no triste episódio ajudaram nesta alta.
    Que mais dizer?
    bj

    ResponderExcluir
  22. Um dia eu te disse, Odele, que estava desanimada. Cansada de bater, bater, bater e nenhum jornalista, que esteja empregado na redação de um jornal, uma revista, uma emissora de TV ou de rádio abrir a porta pra mim e ouvir a história de Flavia. Eu espero que isso mude...mas quanto tempo vai levar? Mais 10 anos? É lamentável e uma pena que os consumidores de informações estejam sendo privados deste alerta que vc quer dar sobre o perigo das piscinas. Um beijo.

    ResponderExcluir
  23. Odele querida,

    Obrigado pela visita no meu blog e não precisas agradecer por deixar o link lá, em primeiro lugar faço isso por querer abraçar a causa e por ter me apaixonado pelo caso de amor que há entre tí e tua filha, e em segundo lugar para exercer o meu e nosso direito de cidadãos, direito de indignar-se com o que vem acontecendo em nosso país, não só no caso de tua filha mas em tantos outros, após 120 anos da assinatura da Lei Aúrea ainda há no Brasil milhares de escravos, isso é apenas uma das coisas e por aí vai.
    Espero que a blogosfera ganhe, como já vem ganhando à algum tempo, mais mídia, que mais pessoas tenham e leiam os Blogs e que isso possa ajudar as nossas causas,espero que a Flavia tenha a justiça ao lado dela e que os criminosos que fizeram tua menina,que tem mais ou menos a mesma idade minha hoje, perder os movimentos e espero que o nosso país melhore e que os seres humanos parem um pouco de pensar em dinheiro e comecem a pensar em investir o mesmo em segurança, pois como nós sabemos acidentes como o da Flávia poderiam ser evitados se os donos e construtores de imóveis com picinas investissem, se preocupassem mais com segurança do que com dinheiro.

    Beijos para as duas.

    ResponderExcluir
  24. Cara Odele
    A imprensa que faz gala de ser livre e isenta, está hoje enfeudada a interesses económicos, ou porque são os seus proprietários, ou porque depende da publicidade desses mesmos interesses.
    Pelos blogues algo vem sendo feito graças à sua persitência e coragem.
    Abraço do Zé

    ResponderExcluir
  25. Olá amiga.
    Pelo que vejo, já removeu por 3 vezes algum comentário indesejado. Acho que deve repetir o "remover em cada um deles, para que desapareçam definitivamente.
    Sé é o que estou a pensar, trata-se de uma "referência" a Blog que não é Blog, mas sim Viorus. Por baixo dessa refência, que parece de um Blog de quem comenta, aparece a palavra "Herre" que também é Link.
    Nunca os abra, elimine-os duas vezes, porque à segunda desaparece definitivamente e não fica com a indicação de "comentário excluido pelo administrador".
    Já recebi várias vezes esse tipo de "Blog que não é Blog" mas sim virus de quem nos quer tramar !?
    É assim que eu sempre faço.
    Esteja atenta e veja bem antes de abrir!
    Felicidades!

    ResponderExcluir
  26. Dª ODELE SOUZA,
    siga o seu caminho na paz do Senhor.

    Que ele olhe pela menina Flavia e a ajude a si.

    ResponderExcluir
  27. Odele
    Sorri p'ra vida e deixei-te um beija-flor:)

    Hoje lá cumpri a missão: mais e mais emails e água mole em pedra dura tanto dá que fura:)

    Força mulher e um abraço aos teus amores

    ResponderExcluir
  28. Vim aqui retribuir uma amável visita e... fiquei sem palavras!
    Não imagino, sequer, o sofrimento que uma situação destas pode provocar. Porque tenho filhas, consigo fazer uma pálida ideia, consigo eventualmente pensar no que seria a minha vida se tal acontecesse a uma delas. Mas sempre no campo teórico, sempre "se". Não consigo dizer "sei o que está a sofrer e o que tem sofrido". Não sei! Nem acredito que alguém que não tenha passado por situação idêntica, saiba!
    Só posso dizer que lamento imenso e que, para além de um forte abraço, não poderei ajudar grande coisa.
    E fazer votos que continue a ter a força, a esperança que mostra ter.

    Um abraço

    ResponderExcluir
  29. Odele,
    Linkei esse Blog da Flávia. Acho que todos rêm que tomar conhecimento da sua luta, masi do que justa!!!!!!

    ResponderExcluir
  30. Odele, foi através da minha Mãezona, a Fatyly, através do Peciscas, e, de tantos outros, que Vos conheci, a ti, e, à tua doce Menina, a Flávia, que já é tão nossa.
    Porque ninguém pode imaginar sequer o que se passa, quando algo de tão trágico acontece, porque até pomos em causa Aquele em que Acreditamos, por nos parecer injusto, vou deixar-te, Amiga, um link duma amiga minha, que é para mim como uma irmã.
    Teve um garotinho em 1985, o Joãozinho, o seu segundo filhote. Foi uma alegria! Até aos dois anos o seu desenvolvimento era absolutamente normal, com toda a alegria e vivacidade de uma criança Feliz, tal como a tua/nossa Flávia.
    De um momento para o outro, a minha Paulinha, mãe atentíssima, assim, igual a ti, meu Doce, começou a achar estranho certos movimentos daquele que era o querubim da família.
    A princípio, davam-lhe "para tras", diziam que era ela que exagerava... Mas o facto era que o nosso Joãozinho estava a regredir.
    Correu-se tudo, todos os países possíveis até que, veio a cruel e mais do que dolorosa tempestade! O Joãozinho tinha a doença de Batten.
    Hoje, ele está como um vegetal. Não ouve, não fala, está permanentemente ligado a máquinas para poder sobreviver. A minha Amiga não sai há 14 anos de casa, sempre de volta daquele ser que nada diz, que não reage, mas que todos nós amamos tanto, tanto!
    Falei-lhe há dias, quando lá fui (adoro estar naquela casa, acredita, onde a alegria impera, apesar de tudo)no caso da tua piolhita!
    Claro que o caso dela é diferente, mas, a vivência que ambas têm é em tudo igual, tenha sido por um trágico acidente, tenha sido porque Um gene masculino em um milhão era portador da doença e um gene feminino num milhão, era também portador da doença. E naquela multidão, os genes foram encontrar-se.
    O mais lindo e belo, é que, aquele casal é a maior das ternuras, sabes? Não há nem da parte dum nem do outro qualquer mágoa. Falo de "cadeira" porque os acompanhei sempre, sempre, e vou acompanhar porque ninguém me tira a maior riqueza do mundo que é ter uns Amigos Maravilhosos como eles!

    Isto para te dizer que são Vocês, Mulheres de Coração Imenso, que nos dão verdadeiras lições de vida.
    Por tudo, fica com um beijo e um abraço apertadinho, dá uma beijoca doce à tua Flavia, e, pensa, minha querida, que te Amamos, ainda que não te toquemos, realmente. Importa sim que estejamos contigo, Linda, com a tua filhota.
    Aqui fica a página (não está actualizada, porque entretanto houve muitos estudos já que esta doença era perfeitamente desconhecida cá em Portgal! A ela se deve tanta coisa, tanto conhecimento!) A ela, Paulinha se deve a Fundação que fez, não para o Joãozinho, que felizmente tem apoio a todos os níveis, mas, para todos os que têm o infortúnio de estar assim, e, que se vêem aflitos, sem ajuda!

    Mas, tal como tu, nunca baixa os braços, e, a tranquilidade que transmite, quando com ela se fala (ainda que eu seja suspeita, já que nos amamos e somos irmãs desde crianças de escola, há mais de 40 anos) é uma coisa que não se explica, que se sente, que emociona, sem entrar em lamechices e sem entrar em pena(sentimento)

    http://www.prof2000.pt/users/anamarques/index.html

    Prometo que, por mail te enviarei fotos do Joãoinho.
    Vais ver como é tão doce o ambiente, tal como é o que proporcionas à nossa Flávia!
    Na página encontras o mail dela.
    Troquem impressões, conversem!
    Vai saber-vos bem, tal como me soube a mim, ouvir-te falar tão docemente, naquela conversa que tiveste com o António Peciscas!

    Quanto a comentários gratuitos, meu Doce, faz por ignorar! Mas faz mesmo!
    Quanto mais importancia deres mais esses mentecaptos insistem.
    Vais ver que ele(s) se cansa(m)!
    Aliás, pelo que vi, ele é daqui de Braga, que é onde moro, tal como a tal minha Amiga de que te falo.
    Garanto-te que há muitos "Mários Relvas" mas há muitos mais corações e abraços apertados que pura e simplesmente, "aniquilam" a pretensa" malvadez" que ele te/vos tente causar.

    Obrigada por essa tua forma de ser e qualquer coisa, é só pedires que, dentro do que se possa fazer, Amiga, tens a certeza que será feito!
    Com todo o carinho,

    Cristina Miranda

    cristinafrademiranda@gmail.com

    (É que no blog não tenho o meu mail , mas deixo-to para que possas usar e abusar, 'tá?)

    Um resto de dia sereno, Linda!

    ResponderExcluir
  31. Odele
    "Podem arrancar todas as flores mas não podem impedir que a Primavera volte".
    Hás-de vencer a justiça dos homens para que possas olhar e cuidar de Flávia com o teu amor imenso e o amparo que te falta.

    Beijo para ti e utro para Flávia

    ResponderExcluir
  32. Olá, Flavia!
    Hoje é feriado, como sabes, mas o que tu não sabes é que o meu tempo emigração acabou.
    Agora já te posso "consumir" mais vezes. Eu sei que sempre ficavas contente com as minhas "tropelias". Mas davas a entender o contrário. Eu sei que és minha amiga e que não iam ser umas simples "tropelias" que te iam chatear. Houve quem me dissesse que tu fingias, mas até gostavas dos meus "disparates".
    Bem, agora que já estou de novo em casa, embora não tenha o meu blogue a funcionar, tenho tempo para vir conversar contigo mais tempo.
    Por hoje desejo-te um bom feriado.

    David Santos

    ResponderExcluir
  33. Hola Odele, mi vida has conseguido muchas cosas:
    -transmitir muchísimo amor!!!
    -hacernos reflexionar sobre nuestros niños en las piscinas y el control de las mismas
    -que Flavia viva en nuestras casas!!! más allá del blog
    -querer conocerlos personalmente
    -reflexionar sobre las estúpidas preocupaciones que a veces nos acosan
    tantas...tantas cosas AMIGA!!!
    Mis besos, abrazos para vos, Flavia y su hermano...unos abrazos profundos, de ésos que salen del corazón!!!!

    ResponderExcluir
  34. Encontro-me em Italia, mas passei pelo Blog de Flavia para deixar um grande beijinho para Odele e para Flavia.

    ResponderExcluir
  35. Odele
    Embora longe fisicamente, sempre estaremos Presentes, para te dar FORÇA, para continuares a lutar e venceres a tua causa, que é mais que justa! Juntos conseguiremos!

    Um beijo carinhoso para Fávia e para Ti.

    ResponderExcluir
  36. Um excelente final de semana querida Odele!
    Obrigada pela visita.
    Big Kiss

    ResponderExcluir
  37. Odele querida ,vim ver como vão as coisas e fico feliz ao menos de ver que não estás sozinha ,aproveito para dar as mãos para que essa corrente cresça mais até chegar no ponto desejado:JUSTIçA.
    Bom fim de semana!
    Bjs pra vcs!

    ResponderExcluir
  38. Odele,
    Infelizmente os Midia são um verdadeiro negócio, que o torna até desonesto pelos motivos que tu tão bem dás neste post. Só lhes interessa aquilo que vende, não importando se há ou não outras notícias de interesse. Se não vende não é notícia, e ponto final.
    Mas tu como pessoa inteligente que és soubeste tirar partido das novas tecnologias, e através desta poderosa "arma" que são os blogues tens conseguido sem dúvida alguma passar a tua mensagem, e fazer com que este caso não caia no esquecimento.
    Bjs.

    ResponderExcluir
  39. "Aliás, pelo que vi, ele é daqui de Braga, que é onde moro, tal como a tal minha Amiga de que te falo.
    Garanto-te que há muitos "Mários Relvas" mas há muitos mais corações e abraços apertados que pura e simplesmente, "aniquilam" a pretensa" malvadez" que ele te/vos tente causar.

    Cristina Miranda"
    -------------

    Agradeço que não voltem a invocar o meu nome em vão. A solidariedade não é uma poalvra vâ e não recebo lições de ninguém. Se é de Braga e está contra mim, não precisa dizer mais nada...

    Se ao princípio a Odele começou a passar pelo meu blog com muitos elogios e enviando e-mails, fui fazendo o que achava correcto e dei a mão, por diversas vezes lá no meu simples blog. Encaminhei o caso para a comunicação social. Não tenho culpa que não tenham pegado.
    Os e-mails que recebi eram insistentes e reparei que serviam apenas para me distrair e tirar nabos da púcara. Porque o Siadadania e o Raúl agora estão parados??? Tanto insistiu para colaborar com o SIDADANIA?!...

    Mas eu tenho uma causa para viver. E vivo-a...O AUTISMO e PORTUGAL!

    Espero que o caso da Flavia vá para a frente. Quer na justiça quer na saúde!

    Saudações e um sorriso

    ResponderExcluir
  40. Odele, fica aqui minha solidariedade de mãe.Flávia agora também está no meu Blog : http://fadeando.blogspot.com/

    ResponderExcluir

Related Posts with Thumbnails