Este blog, criado em janeiro de 2007, é dedicado à minha filha Flavia e sua luta pela vida. Flavia vive em coma vigil desde que, em 06 de janeiro de 1998, aos 10 anos de idade, teve seus cabelos sugados pelo sistema de sucção da piscina do prédio onde morávamos em Moema - São Paulo. O objetivo deste blog é alertar para o perigo existente nos ralos de piscinas e ser um meio de luta constante e incansável por uma Lei Federal a fim de tornar mais seguras as piscinas do Brasil.

O MAR A NOS SEPARAR, E O AMOR A NOS JUNTAR

- 23 de março de 2008
"Fantasia" de Lena Gal

Hoje vou falar de amor. Do amor que eu e Flavia estamos recebendo da chamada Blogosfera, este espaço virtual onde pessoas se encontram, trocam palavras escritas e está formado o vínculo de afeto que vai se tornando mais forte a cada visita feita, a cada post lido a cada comentário deixado. E com isto, também eu vou me sentindo mais forte. Para esse encontro de amor acontecer, a distância não importa. Portugal e Brasil são exemplos disto. Vejam nos links de Flavia quantos blogs de Portugal nos visitam. São pessoas que se tornaram amigas e essa amizade os faz atravessar o mar que nos separa e em instantes estão aqui, no quarto de Flavia a nos fazer companhia, a nos passar carinho, a nos transmitir solidariedade, a nos apoiar neste nosso grito contra a negligência, nesta nossa luta por justiça. E nova amizade portuguesa nos chega. Lena Gal, a artista plástica do post Nydia Bonetti conta Lena Gal. no blog de Letícia Moller, o Efêmeras Letras. Lena Gal é a autora da serigrafia “Fantasia” que ilustra este post. Presente de Lena para Flavia. Um gesto de amor.

Tenho um carinho muito grande pelos portugueses. O blog de Flavia foi conhecido antes em Portugal e foi através dos portugueses que muitos brasileiros nos conheceram. A jornalista Maurette Brandt por exemplo, do blog Jornalístico, brasileira do Rio de Janeiro, viu o blog de Flavia linkado em um blog português, e após conhecer a história de minha filha, escreveu um post lindo, com o título Flavia, uma história de amor. E foi Maurette quem fez contato com a jornalista Cinthia Dalphino, responsável pelo site oficial da apresentadora da rede Globo Ana Maria Braga. Cinthia me entrevistou e publicou a matéria no site de Ana Maria. Quem ainda não leu, clic AQUI.

Pouco a pouco o blog de Flavia também vai ficando conhecido entre os brasileiros. Agradeço a todos pelas visitas e comentários. Um agradecimento especial vai para Susan do blog De Cara Pra Lua, do Rio de Janeiro, responsável por muitas visitas ao blog de Flavia. A exemplo de outras pessoas, Susan tem no blog dela a foto-link de Flavia, que direciona seus leitores para este blog. Antes Susan colocava um post por mês sobre Flavia, e quando tinha dúvidas sobre algum parágrafo, me telefonava do Rio e falava comigo pelo celular, numa demonstração de delicadeza e atenção.

Muitos outras pessoas, dentro e fora do Brasil são responsáveis pelo crescente aumento da visibilidade do blog de Flavia, escrevendo sobre ela e colocando a foto-link de Flavia em seus blogs. A foto-link é sem dúvida uma excelente forma de divulgação, pois está sempre à vista e basta clicar na foto para se chegar ao blog de Flavia. Quem quiser, pode estar me solicitando que enviarei por e-mail o código da foto-link de Flavia para ser colocado no HTML de seu blog. Na impossibilidade de mencionar todos os blogs que divulgam a história de Flavia, deixo aqui o meu MUITO OBRIGADA a todos e peço desculpas por nem sempre conseguir tempo para visita-los com a frequência que eu gostaria. Espero que entendam, pois além de escrever no blog, cuido de Flavia.

A presença de vocês na vida de Flavia e por conseguinte, na minha vida, já quase nada tem de virtual. Esta presença, é palpável, é real, já que vocês visitam este blog, deixam comentários, participam de blogagem coletiva, fazem posts e links, fazem versos, poemas e crônicas para Flavia, dedicam músicas, vídeos, desenhos, enviam mensagens de voz... . Sozinhas? Já não nos sentimos mais.

Este post, além de exaltar o valor do amor, da amizade e da solidariedade, tem também a intenção de mostrar a importância de buscarmos apoio quando dele necessitarmos. Nada há de vergonhoso nisto. Por vezes a vida nos coloca diante de situações em que se ficarmos sozinhos, será muito mais difícil ultrapassarmos obstáculos e vencermos batalhas. Mas se outros se juntarem a nós, se formarmos uma corrente humana, uma multidão com um objetivo comum, seremos muito mais fortes e poderemos sim, alcançarmos a vitória. Por isto eu agradeço a todos quantos vêm se juntando a mim e à Flavia, e espero continuar contando com vocês até que esta nossa luta contra a negligência e a impunidade, seja ganha. Eu e Flavia, gostaríamos de continuar a contar com vocês para nos acompanhar até Brasília, onde esperamos ver, mesmo tendo já se passado nove anos de processo, finalmente os culpados pelo acidente que deixou Flavia em coma vigil irreversível, serem exemplarmente punidos. A punição exemplar dos culpados poderá fazer com que pessoas e empresas responsáveis pela venda, instalação e manutenção de ralos de piscinas, passem a se preocupar e dar mais importância à segurança de seus usuários. É obrigação deles, é direito nosso.

Muito obrigada e até o próximo post.

Meu nome não é Odete, como algumas pessoas escrevem nos comentários, é Odele, com L e não com T.
Obrigada.

38 comentários

  1. Odele, estou orgulhoso de fazer parte desse sucesso, o sucesso da corrente humana, porque do verdadeiro sucesso que impera, só em Brasília poderá ser facultado.

    Continuo aqui, para o que der e vier.

    Beijos do Beezz

    ResponderExcluir
  2. Odele e Flavia, bom dia!!! Lindíssimo este trabalho de Lena Gal, e, acredito também como você, que este blog já se faz real as amizades. Um círculo de amizades, em que cada um faz um "pouquinho". E, se Deus quiser estaremos sim, de alguma forma em Brasília. Continuo em orações, pois a justiça há de ser fiel!!! Beijos à vocês ... Eliana .

    ResponderExcluir
  3. Odele
    A corrente humana que se gerou em torno de si e Flávia, é um símbolo de quanto vale uma luta. Efectivamente a mediatização é o primeiro passo para que algo seja reconhecido como um "caso" que deve merecer atenção.
    Fico orgulhosa por si, por tantos passos conseguidos, pela força da corrente que não pára de engrossar.
    Todos os trabalhos sobre Flávia são altamente meritórios nomeadamente o de Lena Gal que eu ainda não conhecia.

    Viva a força da razão e da verdade.

    Viva a força do afecto e da solidariedade.

    Viva a fé na humanidade que ainda é capaz de responder com tanta força e boa vontade quando alguém precisa.

    Que todos meditemos sobre a força da Odele e da sua coragem, sobre a força duma união que move montanhas.

    Estamos todos aqui, Odele, para tudo o que precisar e juntos venceremos.

    A justiça há-de ser feita e o seu cumprimento será um exemplo e incentivo para todos aqueles que pensam que a sua voz, sendo débil, não vale a pena lutar.

    Um abraço apertado

    ResponderExcluir
  4. Quão nobres são os objetivos de Odele: não apenas protestar contra nossa justiça e buscar reparação pra Flavinha...mas também tentar impedir que outros pais e outras mães passem pela mesma situação.
    Um beijo pra vc e pra Flavia, Odele.
    Escrevi um singelo texto para Flavia no meu blog:
    http://jaboticaba.blog.terra.com.br/

    Paula Calloni


    http://jaboticaba.blog.terra.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Olá Odele!! Passaram bem a Páscoa?
    Desculpe a ausência, pois o meu marido está a passar férias em Portugal e no fim do mês regressa para Angola, preciso aproveitar cada minuto juntinhos :)

    É muito bom o caso da Flávia ser conhecido na mídia, e mais importante ainda é nunca ser esquecido.

    Que a justiça seja feita!!

    Beijinhos e uma linda semana para vocês

    ResponderExcluir
  6. Bom dia Odele!
    Moro em Florianópolis e não tinha conhecimento da história de Flavia.
    Sequer imaginava que poderia acontecer uma tragédia dessa forma.
    Li vários post e a admiro pela sua coragem, fé e determinação.
    Que Deus a ilumine e sua amada filha.
    Torço muito que a justiça humana seja feita de verdade.
    Um forte abraço e estou à disposição.
    Maura

    ResponderExcluir
  7. porque voçes sao uma fonte de amor também por quem aqui passa, são fonte de coragem para muita gente, e lutam por uma justiça que nos toca a todos .voçes sao maravilhosas e merecedoras

    ResponderExcluir
  8. Minha Flávia e Odele
    o amor é sempre forte
    e eu sinto na minha pele
    que este amor é como a morte

    nada mais forte que ele.
    O teu grande coração
    pela dor amargurado
    fez uma revolução

    e trouxe de todo o lado
    e deste País irmão,
    imensa solidariedade
    a procurar a razão.

    Cada um de nós é soldado
    desta causa sem perdão
    para quem não foi julgado
    em toda a sua dimensão

    pelo grande mal causado.
    Odele, vamos vencer
    porque o vento ninguém pára
    e antes morrer que viver

    onde a justiça nos falha!

    ResponderExcluir
  9. E eu sinto-me tão feliz por fazer parte da roda em torno da Flávia por uma causa mais que justa.

    Falo por mim, não te preocupes por não ires ao meu blog ou por não responderes aos comentários, compreendo perfeitamente e jamais em tempo algum levaria a mal. Aqui neste teu cantinho encontrarás sempre a minha palavra amiga e de solidariedade, em sintonia com todos que deixam ou fazem algo por Flávia e por ti. Só assim entendo e aceito a humanidade - solidária, feita de gestos e levar a mochila de alguém que caiu na estrada da vida, dar a mão, dizer: levanta-te e anda que estás mais aliviado.

    Depois eu cá tenho entupido tudo com emails e tantas vezes o cântaro vai à fonte que um dia ficará a asa:)

    Beijos sinceros às duas e ao filhote

    ResponderExcluir
  10. errata (é do sono,já são 22h,30m):
    ...que um dia lá ficará a asa:)

    ResponderExcluir
  11. Odele
    Este post e os anteriores são autênticas obras primas na forma, no conteúdo, na intenção e nos sentimentos. Pode sempre contar comigo para avançar em qualquer acção que pretenda. Os meus afazeres profissionais levam-me muito tempo e nem sempre posso comentar e ver a caixa de correio. Mas passo aqui no Flávia Vivendo em Coma e no Silêncio Culpado que, de certeza, vai aderir e assim vou tomando conhecimento.
    Um abraço

    ResponderExcluir
  12. Odele
    O Sol Poente está e estará sempre ao serviço desta causa.
    A nossa Flávia e a Odele têm que ser ressarcidas dos danos causados para que a Flávia possa ter tudo a que tem direito num percurso de vida desviado do seu rumo certo.

    Um abraço

    ResponderExcluir
  13. Pouco a pouco, vamos engrossando a corrente.
    Há um velho provérbio chinês, de que gosto muito e diz:
    "Mais vale acender uma vela pequenina do que lamentar a escuridão".
    E, se cada um de nós for essa vela pequenina, todos juntos poderemos ser o clarão que ilumine a justiça e te dê um pouco mais de conforto e apoio.

    ResponderExcluir
  14. inhas Queridas Flávia e Odele: O amor é o mais forte, persistente, insistente, resistente. Que bom sentí-las aconchegadas por tantos amigos-desconhecidos-próximos-distantes...são as contradições da vida que se manifestam tão intensamente nesta nossa blogosfera.Acredito que toda essa energia tão boa seja recebida e percebida pela FLávia também e que é uma grande força para todos vocês durante todo este tempo e todo este absurdo processo judicial. Estou junto a vcs em sentimentos, palavras e ações; a agradeço a oportunidade de participar ainda que minimamente desta corrente.Recebam um beijo carinhoso e caloroso de todos nós, Betty, Ju, Arteiras Artesãs, Sueli e suas famílias.

    ResponderExcluir
  15. Odele seu post sobre amor é magnífico e verdadeiro. Na blogosfera encontramos pessoas que sensibilizam e apóiam nesses momentos. Sei que isto ainda é muito pouco, que a justiça ainda está "comprometida e acuada", mas tenho convicção que energia positiva e carinho não faltará a vc e a flavinha! abraço afetuoso para sua família.

    ResponderExcluir
  16. Odele,

    Nossa força vem do alto. Não vamos esperar que a impunidade acometa nossos filhos, nossos alunos, nossos amigos para arregaçarmos as mangas para termos um país mais justo e seguro. A mudança começa com pessoas como vc: sensíveis aos problemas, porém fortes o suficiente para vencê-los. Conte com minha ajuda. Abraços.

    ResponderExcluir
  17. Odele
    Que post mais fenomenal. O amor vence fronteiras e blogues unidos jamais serão vencidos.

    Beijinhos para você e nossa Flávia.

    - Estou a aguardar que aqui, ou no Silêncio Culpado, surjam instruções sobre os passos a seguir -

    ResponderExcluir
  18. oi, Odele e Flavia. primeiro gostaria de me apresentar meu nome também e Flavia tenho 21 anos, e encontrei o seu blog no orkut e comecei a ler, entao por isso resolvi fazer um pequeno comentario mas e de coração.

    Queria te dar os prarabens pela sua força e coragem nesses 10 anos em que sua filha esta em coma vigil e dizer que o seu amor de mãe por ela e a forma mais bonita de se ver,vou rezar por vcs duas e desejar tudo de bom pra vcs e dizer a esperança e a ultima que morre e a fé e a nossa unica forma de se sobreviverm, entao tenho fé e esperança que Deus está quardando o meulhor pra vc e para a sua filha.

    Deculpa pelas minhas palavras enroladas mas e de coração.
    Bjs e que Deus adençoe você Odele e a sua filha Flavia.


    Flávia Vilma

    fvsflavia@hotmail.com

    ResponderExcluir
  19. Odele
    Este post mostra bem quanto a solidariedade torna fortes as lutas em que se empenha.
    O pouco tempo disponível não me permite comentar todos os blogues onde passo. Por hábito vou ao Silêncio Culpado e vejo os endossos. E foi assim que tracei uma rota por blogues que atingiram uma intensidade de afectos e de lutas por causas verdadeiramente impressionante e este é um deles. Logo que possa vou reestruturar o meu espaço para ele corresponder melhor a estas chamadas de mobilização pelas causas.
    É de ver esta comunicação a crescer e a ter uma força imparável.
    O seu post e todos as notícias em torno de Flávia são um alimento para a alma mesmo dum durão como eu.

    ResponderExcluir
  20. E continuarei sempre convosco, e, todos os dias aqui venho, não comento por vezes, levo no meu silêncio toda a admiração que sinto!!!!
    Jinhos que mais uma vez sentirás na brisa que tocar teu rosto e de Flávia.
    Jhs mil

    ResponderExcluir
  21. um excelente inicio de semana querida amiga.
    big kiss

    ResponderExcluir
  22. Odele

    VC e uma mulher especial!!!!

    Que bom que conheci vcs!
    beijos

    ResponderExcluir
  23. Adorei o post.
    Aproveito para aqui deixar um grande beijinho a Flavia e a Sua mãe Odele.
    Ambas estão sempre presentes no meu coração.

    ResponderExcluir
  24. Oi Odele ,
    minha querida, lindo este teu post!
    Profundamente emocionante , mais do que um post é uma longa caminhada que voce faz com Flávia e por esta estrada encontra o consolo que tanto necessitas de teus amigos além mar e além tecla.
    Seu post também é um grito contra impunidade ,também é um aviso para outros pais do perigo dos ralos de piscina, para que não passem pelo que você está passando.
    Tens grandeza no coração , apesar de te-lo ferido.
    Deixo para ti odele esta poesia.
    Beijos
    Ray

    ``A cada dia que vivo, mais me convenço de que o desperdício da vida está no amor que não damos, nas forças que não usamos, na prudência egoísta que nada arrisca e que, esquivando-nos do sofrimento, perdemos também a felicidade."

    Carlos Drummond de Andrade

    ResponderExcluir
  25. Odele
    Passo por aqui e alegro-me ao ver aumentarem os comentários e a corrente humana solidária com Flávia. Há mensagens que são autênticas obras de arte e que devem prevalecer sempre.
    Vou visitar a Oficina das palavras.
    Um abraço, Odele

    ResponderExcluir
  26. Nossa! essa é a 1° vez que ouço(leio) falar de mortes e sequelas ocorridas por ralos de piscina, uma vez quase aconteceu comigo...tenho esperanças que Flavia voltará para você.
    Um beijo e muita paz.

    ResponderExcluir
  27. Odele,já estava com saudades ,fiquei sem computador,resolvido o problem,vi correndo aqui.Aumentei a letra do meu blog e mudarei o blog para outro domínio depois passo aqui para te deixar o link.
    Vamos ao que interessa,o sucesso do blog da Flavia eu acho que é porque vc nos dedica muito amor só de contar aqui essa experiência já ajuda a nós pais a proteger nossos filhos de uma situação como essa,por isso amamos e respeitamos vcs "porque amor com amor se paga ".Por issso eu quero te agradecer muito o carinho e dizer que eu "vou" com vcs a Brasilia tb.Sucesso a entrevista lá no blog da Ana Maria Braga.Depois volto para ler o post de abaixo,não fico sem ler um post desse blog.
    Bjs¨¨
    Drika
    fashion-family.zip.net

    ResponderExcluir
  28. Olá Odele

    Já á algum tempo, tinha dado uma ideia á Lidia de todos nós enviarmos mails para o Ministério da Justiça Brasileiro,manifestando a nossa indignação pela forma como a justiça está a tratar este caso.
    Todos juntos nunca seremos demais. e reafirmo a desponibilidade do meu espaço para qualquer acção que se pense levar a cabo.

    Abraço forte
    Joy

    ResponderExcluir
  29. Odele

    Obrigada pela visita!

    O amor e a solidariedade entre os blogueiros, graças a Deus, é verdadeira. Também me coloco à tua disposição.
    Bjim.

    ResponderExcluir
  30. Odele, obrigado pelo seu carinho. Ando atarefado e isso tem me obrigado a reduzir a freqüência das postagens e praticamente deixar de fazer visitas aos amigos. Um grande abraço, minha amiga.

    ResponderExcluir
  31. Flavia e Odele, sintam-se abraçadas por mim também. Aliás, que lindo a Drika, lá da Suíça estando aqui presente, e, se Deus quiser em Brasília. Força, avantes, lá vamos nós !!! Beijos do coração ... Eliana. Odele, se puder, dê uma passadinha na Tita Capozzi, passou por um sufoco!

    ResponderExcluir
  32. Odele,
    Sempre leio o seu blog mas nunca deixei um comentário, porque nunca tive palavras que pudessem expressar o que sinto. Desejo de coração que a Justiça do nosso país funcione e que a Flávia possa receber a quantia necessária para manter seus tratamentos e quando acordar (acredite, ela vai acordar!!) não tenha nenhuma sequela mais grave.
    Nada é impossível, Odele! Só te peço que além de desejar que a justiça ocorra, deseje e mentalize também a Flavinha acordando, voltando a falar, a se mexer, chamar seu nome... Deseje de verdade, imagine essa cena todos os dias, imagine a emoção que sentirá na hora... mentalize tudo isso e tenha certeza que acontecerá, pois atraímos exatamente o que desejamos e a fé é justamente essa onda de energia que nossos pensamentos e palavras emanam.
    Em junho deste ano, Terry Wallis, 39 anos, morador do Arkansas (EUA), surpreendeu a família e o mundo ao acordar e falar, depois de 19 anos em coma vigil. O drama de Wallis começou em 1984, quando sofreu um acidente de carro. Ele tinha acabado de ganhar uma filha, que hoje tem 19 anos.

    Segundo a mãe dele, Angille, as primeiras palavras de Wallis foram "mamãe", "Pepsi", "papai" e "leite". Durante as quase duas décadas que passou em coma, sua mulher, Sandi, e sua mãe conversavam com ele e o levavam para passear. Elas acreditam que isso tenha ajudado a manter o cérebro dele funcionando. Embora esteja tetraplégico, devido ao acidente, Wallis já vinha dando sinais de volta há alguns meses, respondendo às perguntas com grunhidos e mexendo os olhos.

    Para o neurologista Paulo Monzillo, a história de Wallis é extremamente rara. "É espantoso ele ter voltado depois de quase 20 anos, mas não impossível. O cérebro tem capacidade de regeneração. A 'fiação' que o impedia de estar alerta foi reconstituída e ele se religou ao mundo."

    Um beijo grande Odele,
    Silvia

    ResponderExcluir
  33. Odele,
    A corrente de solidariedade que se tem criado à volta desta situação da Flávia é realmente impressionante. É uma bola de neve que não pára de crescer, e que certamente irá atingir os seus objectivos, ou seja, que a justiça seja reposta.
    Bjs.

    ResponderExcluir
  34. Odele. Vim dar uma chegadinha pra ver como anda esta casa e fiquei feliz com a quantidade d evisitas.
    E te convido para uma brincadeira lá no clínica - sei que você gosta de cinema.
    bj grande

    ResponderExcluir
  35. Hola Odele,
    Cuanto me alegra cuando al abrir mi blog me encuentro esas palabras, besos o abrazos.
    Desde mi lugar, los más cálidos besos, para ti y para Flavia.

    ResponderExcluir
  36. Odele
    Adorei este post, e neste momento estou ouvindo a sua conversa com Peciscas, e estou emocionada, mais uma vez aqui deixo o testemunho da minha admiração por você!
    um beijo carinhoso para a Odele e Flávia

    ResponderExcluir
  37. Oi, Odele!

    Li seu comentário agora.
    Fiquei chateada com essa história de resfriado... Espero que a Flávia se reestabeleça logo, para que você possa ficar mais tranquila. Não deve ser nada fácil essa situação.

    Como sempre, fico na torcida, mandando boas energias....

    Beijo!
    Ane.

    ResponderExcluir

Related Posts with Thumbnails