Este blog, criado em janeiro de 2007, é dedicado à minha filha Flavia e sua luta pela vida. Flavia vive em coma vigil desde que, em 06 de janeiro de 1998, aos 10 anos de idade, teve seus cabelos sugados pelo sistema de sucção da piscina do prédio onde morávamos em Moema - São Paulo. O objetivo deste blog é alertar para o perigo existente nos ralos de piscinas e ser um meio de luta constante e incansável por uma Lei Federal a fim de tornar mais seguras as piscinas do Brasil.

FLAVIA, UMA HISTÓRIA DE AMOR (*)

- 15 de fevereiro de 2008
(*) Este é o título do post publicado pela jornalista Maurette Brandt, do Rio de Janeiro, no seu blog JORNALISTICO.

Vocês que através deste blog acompanham a história de Flavia, sabem que de vez quando transcrevo aqui alguns comentários, por considerá-los exemplos de conscientização do perigo dos ralos de piscinas, assim como da necessidade de exercermos nossa cidadania. Por vezes, transcrevo também alguns posts escritos sobre este blog, e até e-mails que me enviam, estes, desde que devidamente autorizada.

Hoje vou preferir direcionar os leitores de Flavia para o blog da jornalista Maurette Brandt. O texto de Maurette é tão bonito que sinto-me à vontade para sugerir que vocês passem por lá, e se possível, deixem sua marca num comentário. Clic neste link JORNALISTICO para ler o texto de Maurette Brandt sobre este blog.

No seu texto Maurette pede a seus leitores que visitem o blog de Flavia, conheçam e divulguem sua história. Obrigada Maurette, por juntar-se a tantas pessoas que ajudam na divulgação da história de Flavia. Uma hora dessas, alguma autoridade com sensibilidade, competência e poder de decisão, vai nos ouvir. E vai agir, condenando ou colaborando para que os culpados pelo acidente que deixou Flavia em coma vigil irreversível, sejam EXEMPLARMENTE PUNIDOS, de forma a permitir à Flavia, ter os cuidados de que precisa para se manter viva com dignidade, assim como, com a PUNIÇÃO EXEMPLAR, coibir futuras negligências com os ralos de piscinas que continuam a fazer vítimas por todo o mundo.

Muito obrigada e até o próximo post.

Dica: Conheça o Projeto PARA O LONGE FICAR PERTO. É rápido, basta um clik no link.

Meu nome não é Odete, como algumas pessoas escrevem nos comentários, é Odele, com L e não com T.
Obrigada.

23 comentários

  1. Olá querida,

    Já lá estive ...

    as palavras de Maurette estão lindas ...

    ficou lá o meu comentário.

    beijinhos e bom fim de semana

    ResponderExcluir
  2. Passei pelo Jornalistico, e, a Maurette sob expressar-se muito bem ao dizer sobre você, quando ela diz "uma resistente de dar inveja". Realmente Odele, tu és uma heroína, na história de amor da princesa Flavia. Abraços à você,Flavinha e Fernando. Um bom final de semana!!! Eliana.

    ResponderExcluir
  3. Excelente o que o jornalista escreveu, parabéns querida amiga.
    Um excelente final de semana.
    Big Kiss

    ResponderExcluir
  4. Oi Odele,

    Meu nome é Priscila,tenho 28 anos, eu estava mexendo na internet e achei este blog.
    Fiquei muito comovida com o caso de sua filha.
    Há um mês perdi uma tia que sofria de Alzeimer, não falava, não andava, comia por sonda, minha prima sofreu durante 10 anos.
    Sei q não é a mesma coisa, mas vc entendeu.
    Poxa, sou espirita, sou tb muito afeituosa, gostaria de ter muito dinheiro e ajudar quem precisa, isso me dói.Sou muito sensitiva.
    Qto a justiça do Brasil, ela é falha, não acredito nela, sou extremamente revoltada com ela.
    Penso em outra coisa;Deus estará sempre ao seu lado e de Flávia, não sei o pq dela ter que passar por isso, mas te digo:Vc é uma mulher e tanto, vc terá sempre vitórias em sua vida e qto a Flavia, peço que DEUS a conforte, tire as dores, sofrimentos, que pelo menos ela viva sem sentir dor.
    Ela estará sempre em minhas orações, apesar de não conhecê-los, me comovi extremamente por ela.
    abraços,

    ResponderExcluir
  5. Odele, o título é maravilhoso mesmo e meu desejo e peço a Deus melhoras para Flávia para que essa manchete seja alterada para "FLÁVIA-UMA HISTÓRIA DE AMOR COM FINAL FELIZ!" bj e abraço a vcs

    ResponderExcluir
  6. Acabo de passar por lá e ler as belas palavras que a Maurette escreveu.
    Pouco a pouco, a torrente de amizade em torno de vós, vai crescendo, um pouco por todo o lado.
    Mas todos, nunca seremos demais...

    ResponderExcluir
  7. Odele,

    Estarei repassando este blog para todos meus conhecidos, amigo e familiares!

    abraços.

    ResponderExcluir
  8. Também já lá fui comentar, minha querida, espero que ela continue lutando connosco.

    Beijos do Beezz

    ResponderExcluir
  9. Odele
    Deixo o comentário produzido em relação à reportagem sobre Flávia.

    Apreciei esta entrevista e a história como é contada. Um pequeno gesto, afinal, que há muito o Brasil devia a esta grande mãe que luta sozinha. Porém a justiça tarda.
    Em Portugal estamos a seguir com forte empenho a história de Flávia. Tivemos dois casos semelhantes que redundaram na morte de duas crianças. Os poderosos safam-se sempre. Para os pais as perdas são traumatizantes e irremediáveis.
    E porque a história de Flávia é a história de todos nós vivendo em mundos injustos que bricam com a justiça dos homens, nós não desistiremos de apoiar Odele Souza. E queremos que esse grito se oiça em todo o mundo porque a vida das crianças não tem preço e porque os castigos são benignos face ao mal causado.

    ResponderExcluir
  10. Odele
    Fui lá, deixei o meu comentário ao texto magnífico apresentado por Maurette.

    Todos os que se chegarem nunca são demais, como diz o Peciscas

    Hoje já foram mais 20 emails para o vosso presidente:) e jamais desistirei:)

    Beijos e um bom fim de semana

    ResponderExcluir
  11. Flavia, poderia ser filha de qualquer um de nós, é a frase mais marcante no bonito texto de Maurette.Enquanto a vida corre serenamente sem tropeços, as pessoas na sua maioria apenas estão preocupadas com o seu bem estar, alheios a tudo o que acontece à sua volta.Certo no entanto é que a vida é uma roda de carrocel, que vai girando e em que nós ora estamos no cimo da roda e logo a seguir cá em baixo. A virtude está na capacidade de voltarmos ao topo da roda, levando connosco as pessoas que igualmente estavam cá em baixo.Quando de novo estivermos lá em cima é necessário olharmos para os que estão lá no fundo e descer até eles para os ajudar a subir.Infelizmente nem todas as pessoas pensam assim,e podemos mesmo dizer que são raras as que o fazem.Odele é uma dessas raras pessoas, que mesmo quando está no fosso,ajuda os outros a subir.Talvez seja por isso que eu e tantas centenas de pessoas gostam tanto dela.Obrigado Odele por simplesmente existires.
    Raul Rudoisxis

    ResponderExcluir
  12. Odele
    desculpa o abuso mas...queres conhecer melhor a planta que referi a Welwítshia - a planta mais bela que só existe no deserto de Moçãmedes ou Nabímia, em Angola?

    então quando puderes vai aqui:

    http://www.mobot.org/gradstudents/olson/welwitschia.html

    ResponderExcluir
  13. Odele, cheguei aqui atraves da blogagem coletiva da Luma e me surpreendi com a historia de vcs!! Gostaria de poder ajudar... vc disse q precisa de divulgaçao?!!?
    Beijos, Dani

    ResponderExcluir
  14. Amiga Odele,

    Comentei as belas palavras de sensibilização da amiga Maurette.

    Desejo, sinceramente as melhoras, um beijo

    ResponderExcluir
  15. Odele querida, hoje pela manhã eu e João Pedro, fomos ao clube. Enquanto conversava com alguns pais sobre o blog de Flavia, muitos disseram conhecer e realmente relataram a história de Flavinha. Vc já pensou em fazer uma nova blogagem lá pelo final de março/abril? Como curso Universidade virtual -Unifran, em Pedagogia, posso dar um toque nos colegas. Beijos, ótima semana à vcs!!! Eliana -Mogi Guaçu -SP

    ResponderExcluir
  16. Querida Odele um excelente inicio de semana.
    Big Kiss

    ResponderExcluir
  17. Já lá vou minha querida...para vocês, um abraço...

    ResponderExcluir
  18. Odele
    Deixo-lhe aqui a minha solidariedade e a certeza que me encontrará sempre que me procure.
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  19. Léa - aurilea@terra.com.br19 fevereiro, 2008

    Odele
    fiquei comovida com seu depoimento e a situação da Flávia.
    tenho um blog super visitado que fala de bordados e afins. O que posso fazer para ajudar?

    ResponderExcluir
  20. Odele, boa Tarde!
    Sou a Sol, que está entre teus amigos do orkut, preciso falar com vc, tenho máxima urgência...
    Consegui com uma pessoa, um contato em uma revista de grande circulação, estão interessados no caso de Flávia. Me procure urgente. MontedebeijOs, Sol...

    ResponderExcluir
  21. Odele, acessei, por acaso, o blog da Flávia. Quero dizer que me solidarizo com a sua dor e te parabenizo pelo espírito de luta e coragem empreendidos na incansável luta de alertar a todos do perigo oculto dos ralos de piscina. Confesso que desconhecia o perigo, bem como dos vários incidentes relatados, dentre eles, infelizmente, o ocorrido com a sua querida filha. Estarei orando para que Deus a cada dia renove suas forças e quanto à Flávia, a energia que do seu amor emana, Odele, é um dos principais fatores que a mantém entre nós. Sou de Porto Alegre e conte comigo para transmitir o alerta. Meu email usual é claupdv@yahoo.com.br. Bjs para ti e para a Flávia, fiquem com Deus.

    ResponderExcluir
  22. Odele... tenho uma linda filhinha de 1 ano e 3 meses nem imagino o que seria de mim se isso acontecesse com minha filha.. mas eu vou pedir a Deus para te ajudar de um modo que só Ele pode fazer....e já adicionei o blog de Flávia em meu links no meu blog. http://compartilharparacrescer.blogspot.com Eu sei que Deus tem um lugar muito especial para a Flávia e Ele irá enxugar as suas lágrimas e sua dor se extinguirá..
    Com imensa tristeza.
    Beijos Michelli

    ResponderExcluir
  23. Fiquei comovida ao extremo com tudo o que acabei de ler.Nem sequer imaginava que pudesse acontecer o que você relata como experiência pessoal e que já acometeu a vida de outras pessoas também.Deixo aqui a minha solidariedade.Dentro de tudo isso,é muito pouco,eu sei.Mas tenha certeza,que nas minhas orações diárias,todos vocês estão fazendo parte e que ficarei na torcida para que vocês consigam vencer essa luta com serenidade ,equilíbrio e muita força.Um beijo no coração de todos vocês.

    ResponderExcluir

Related Posts with Thumbnails