Este blog, criado em janeiro de 2007, é dedicado à minha filha Flavia e sua luta pela vida. Flavia vive em coma vigil desde que, em 06 de janeiro de 1998, aos 10 anos de idade, teve seus cabelos sugados pelo sistema de sucção da piscina do prédio onde morávamos em Moema - São Paulo. O objetivo deste blog é alertar para o perigo existente nos ralos de piscinas e ser um meio de luta constante e incansável por uma Lei Federal a fim de tornar mais seguras as piscinas do Brasil.

ORAÇÃO E PAZ.

- 17 de abril de 2007

Meus visitantes,

Minha amiga Isabel Filipe, do Art & Design, no primeiro comentário que fez a este post, antes com o título VISITAS HOSPITALARES", falou da sensação de paz que uma destas visitas poderia ter me trazido. E trouxe.

Por causa do comentário de Isabel, não mudei o contéudo deste post mas mudei o título, por achar que este acima, tem uma conotação mais positiva. Uma de minhas preocupações desde que iniciei este Blog para Flavia é de não passar, através de minhas palavras, auto-comiseração.

Algumas situações que descrevo são mesmo difíceis de torná-las mais leves, mas tanto quanto possível, pretendo contar a história de Flavia mencionando e valorizando episódios positivos, que certamente me serviram de aprendizado desde o acidente que deixou minha filha em coma.

Este Blog, além de ser um ALERTA e um PROTESTO é também uma homenagem à minha filha, que até os 10 anos, foi uma criança, muito feliz e muito alegre. Devo isto à Flavia, tanto quanto possível, botar um pouco de alegria em sua história. E para iluminar o seu dia, deixo com vocês o sorriso de Flavia. (Esta foto foi tirada quando Flavia estava com 9 anos, portanto, um ano antes do acidente.)
Abaixo, o texto original do post comentado por Isabel:
"Após uma Declaração de Amor e um Premio, - ah! que coisas boas! - mencionados nos posts dos dias 12 e 13 de Abril, voltemos ao hospital com Flavia.

Continuávamos a receber visitas. Pessoas conhecidas queriam mostrar solidariedade e afeto e não raro, alguns desconhecidos também apareciam por lá, como por exemplo, num sábado à tarde em que um homem apareceu à porta do quarto de Flavia. Não o reconheci e fiquei imaginando quem poderia ser. Era um homem alto e magro, farta cabeleira grisalha e trazia no rosto uma expressão de doçura. Reparei então em seu colarinho eclesiástico. Era um padre. Pediu licença, se apresentou e começou a rezar ao lado da cama de Flavia. Não me fez perguntas sobre o que havia lhe acontecido e silenciosamente, lhe agradeci por isso.

Sem que se ignore o lado de apoio e conforto que representam, visitas à pessoas hospitalizadas devem ser feitas sempre com muito critério. Nem sempre é uma boa idéia fazer visitas hospitalares, principalmente sem prévio aviso. O paciente pode estar com dores, ter dormido mal e preferir ficar só com seus familiares. E nesse caso, por melhor que seja a intenção, a visita incomoda. Se a vontade de ir ao hospital for muito grande, um telefonema antes é indispensável.

Meu nome não é Odete, como algumas pessoas escrevem nos comentários, é Odele, com L e não com T.
Obrigada.

7 comentários

  1. Bom dia querida Odele,

    Imagino como esta visita específica lhe dev ter trazido uma grande Paz ....

    Beijinhos para ti, Flávia e Fernando

    P.S.: já fui ao Blog do Fernando...

    ResponderExcluir
  2. Que linda!
    Odele, a tua filha é linda!...

    Sobre o teu post e as visitas inesperadas.
    Algumas, e parece ter sido este o caso, não sendo esperadas, não deixam de ser bem-vindas. Outras, porém...

    Um beihjo para a Flávia.
    Um abraço

    ResponderExcluir
  3. Olá Odele, que linda a Flávia, muito linda, como lindo é o seu amor.

    Obrigado pelo e-mail.

    Vou escrever algo em breve.Vou falar do autismo. Da vida, do amor, da beleza na tristeza.

    Venho dar-te um apoio.

    Ah, o teu blog está lnkado no Aromas e obrigado pelo meu ter a honra de estar neste magnífico blog, ao lado de amigos tão bons como a Alexandra, a Isabel o Victor.

    Um beijinho grande para si e para a Flávia um beijão, com muito carinho.

    Mário Relvas
    Braga- Portugal
    mrelvas@bragatel.pt

    ResponderExcluir
  4. Oi Odele

    Sua missao e forte.

    Vc guerreira.

    Sua filha esta bem amparada.

    Beijinhos em vc e nela.

    Fiquem com Deus

    ResponderExcluir
  5. Odele

    Aqui esta o meu email lucipeter@comcast.net

    Se puder, entre em contato comigo, gostaria de perguntar algo.

    Beijinhos

    ResponderExcluir
  6. Minha querida Odete, enquanto olhava a foto da sua filha, a Líndissima Flavia, a comoção foi tal... Não tenho palavras, apenas lhe desejos as maiores das felicidades á sua querida menina, e que se faça justiça.

    Espero sinceramente que ela fique boa, e que possa disfrutar da sua beleza por muitos anos da sua vida.

    Beijos sentidos do Beezz

    ResponderExcluir
  7. peço permissão para guardar uma foto de sua filha em meu micro. desejo, em minhas orações, rezar[orar]por ela, pela senhora e, todos da família.
    sou novo no mundo de blog e internet mas, me sinto abençoado em Deus me permitir conhecer sua iniciativa e luta. conte comigo!

    ResponderExcluir

Related Posts with Thumbnails